« MAC MEETS PC | Entrada | CARTAS DE RECOMENDAÇÃO PÓS-GOVERNAMENTAIS »

abril 18, 2005

A TV QUE NOS FEZ (v. 1.5)

(Versão deste post actualizada com comentários dos leitores e meus. Exclui eventos repetidos ou que não me pareceram muito aplicáveis.)

Era interessante partir daqui para fazer um Top Ten dos momentos mais traumatizantes da TV em Portugal.

Momentos marcantes da televisão portuguesa:

- Lili Caneças a tentar explicar a uma menina de uma barraca a importância de uma tigresse ser do Jean-Paul Gautier.

- José Rodrigues dos Santos a forçar um ataque de riso após uma equipa da RTP ter escapado por pouco a um acidente fatal de balão.

- Vasco Pulido Valente no Parlamento.

- Francisco Assis a levar uma sucessão de tabefes e calduços em Felgueiras.

- Júlio Isidro de joelhos a explicar aos telespectadores as maravilhas do aeromodelismo (repetida ad nauseam).

- Marcelo Rebelo de Sousa a dar um beijinho ao neto em directo para o Jornal Nacional.

- Toda a trupe da Noite da Má Língua, mais o Herman José, a encenar uma micção colectiva contra o cenário do programa.

- Miguel Sousa Tavares quase a chegar a vias de facto com a Manuela Moura Guedes.

- Os candidatos do CDS/PP a dançarem “É o bicho”.

- As poses do professor Júlio Machado Vaz no seu programa televisivo.

- Um senhor de meia-idade à beira de um achaque enquanto lhe põem um camaleão na careca e ele berra: “Ponha ponha ponha ponha ponha…”
(Corrigido)

- Uma brasileira, com a dúbia distinção de ter aparecido nua da cintura para baixo junto do então presidente do Brasil, a fazer strip-tease em horário nobre para a SIC depois de ter sido entrevistada pelo Victor Moura Pinto.

- O Artur Albarran de camuflado no Kuwait.

- O Artur Albarran de camuflado na Bósnia.

- Uma equipa da RTP sob fogo na Bósnia, após o Artur Albarran ter fugido para Portugal quando viu que a coisa estava séria.

- Santana Lopes na Cadeira do Poder.


Marujo:

- A repórter da SIC pergunta a vários habitantes da aldeia de que se queixavam eles. As pessoas referem-se à falta de estrada em condições. Um deles, porém, pára para pensar e depois diz: "queixo-me aqui de um ombro..."
- O repórter da SIC Nuno Luz a entrevista em francÊs o guarda-redes do Benfica, Preud`homme.
- O inefável Nuno Luz num "vivo" final da sua reportagem, dizendo que o que faltava à equipa era pontaria para acertar na baliza, vira-se e remata, ele próprio, à baliza... e falha.

Pedro Oliveira:

- O major Durant Clemente a arengar ao povo, na RTP 1, durante o 25 de Novembro de 1975.

(Eu só me lembro de o mandarem calar.)

- O maduro Marcello Caetano e as suas intermináveis «Conversas em Família».

- Os "8% - ummm annn é só fazer as contas" de Guterres.

João Norte:

- Paulo Portas a meter o dedo no nariz perante a televisão.

XM

- O Nuno Rogeiro a meter os dedos na boca enquanto comenta.


Pedro Vieira

- Fernado Nogueira a ser enxovalhado e vaiado quando fazia campanha na Feira da Ladra

- Um maduro de fato-de-macaco laranja a cair ravina abaixo na zona do Porto, ao mesmo tempo que gritava "PS!" "PS!"

- Um repórter da RTP a ser ameaçado no estádio das Antas depois de um FC Porto 0 - Famalicão 1, ao mesmo tempo que testemunhava "já estou a ser cuspido"

- A primeira aparição do professor Alexandrino, a tentar o número do "firme e hirto como uma barra de ferro"

- Júlio Isidro a partir uma clavícula, depois de levar uma valente palmada de cumprimento do professor Carvalho Rodrigues

- Luis Filipe Menezes a chorar depois de acusar os "sulistas, elitistas e liberais" no congresso do PSD

- Uma repórter de TV a avançar para o terreno logo após um bombardeamento na guerra civil de Angola, que acaba por encontrar um homem semi-enterrado em escombros e que lhe pergunta "como é que se sente?"

- O repórter da SIC Reinaldo Serrano a ser engolido por uma multidão à porta da sede do CDS enquanto tentava um directo numa noite eleitoral

- Tarzan Taborda a derrotar o cantor Axel num ringue de luta livre

- Paulo Futre a questionar Manuela Moura Guedes sobre o seu salário nestes termos "E tu, Manela, quanto é que tu ganhas?"

- Mário Crespo a andar às arrecuas num montinho de terra e a cair para trás enquanto grita "F***-se!"

(Ao contrário da televisão portuguesa, isto é um blog para toda a família.)

- Manuel João e Ferro dos Ena Pá 2000 a serem entrevistados por Carlos Ribeiro no Made in Portugal, entrevista durante a qual Ferro passou o tempo a ler um álbum do Michel Vaillant sem ligar patavina ao entrevistador

- Nuno Luz à procura de VIP's à porta do Estádio de Alvalade, a identificar Badaró que, ao aproximar-se, acaba por confessar ser um anónimo parecido com o verdadeiro Badaró, enquanto manda cumprimentos ao pessoal do Bombarral

- Cicciolina a mostrar a mamoca em S. Bento

Paulo Almeida

- Os prognósticos só no fim do jogo, do João Pinto.

(E porque não o: "o meu coração só tem uma cor: azul e branco" ou o "o FCP estava à beira do abismo e tomou a decisão certa: deu um passo em frente"?)

tb:
- Mário Soares a levar uma cuspidela duma peixeira na Figueira da Foz.
- O Fernando Tordo, depois de ganhar o festival da canção com a "Tourada", a responder a um gajo de microfone na mão que lhe perguntou:"Neste momento,o que é que lhe ocorre?" Resposta:"Ocorre-me uma grande vontade correr."
- O professor Herrero a passar um fio entre a boca e uma narina
- Um maluco a dizer e a querer provar que era o príncipe da Fuzeta, todo tão sério que o Herman rebentou à gargalhada, por várias vezes, no meio da entrevista.


João Pedro:

- Os transes e pragas de Linda Reis nos programas do Herman

(O HermanSic deve ser o mais traumatizante programa televisivo português.)

- A reconstituição feita por Mário Crespo da prisão de Pedro Caldeira

- A gaffe de Valentim Loureiro ao gritar "Guterres", corrigindo para "Gondomar".

- O mesmo Valentim, à porta do Coliseu, aos gritos de "É nosso, é nosso".

- Torres Couto a apanhar com uma moeda na cabeça

- Ferreira Torres quase à pancada com um delegado da JP,no congresso do CDS.

- Um jogo do Porto em Campomaior, em que acabou tudo ao estalo

- A nível internacional, Jirinosvsky a atirar um copo de água ao seu oponente num debate.

Sacha:
- João César Monteiro a berrar "- Eu quero que o público português se foda!"

Publicado por Jorge Palinhos às abril 18, 2005 12:19 PM

Comentários

O que a TV nos fez está patente nessa lista.

O simples aparecimento da D. Caneças no topo da lista é sinal do quão baixo chgámos.

.

Publicado por: Range o Dente em abril 18, 2005 04:59 PM

O Paulo Catarro, ao dar uma notícia sobre o estádio de Alvalade e respectivo concerto de Tina Turner, diz lacona em vez de lacuna.

O Augusto Madureira, em vez de dizer que a Nasa lançou mais um foguetão para o espaço, diz que a Nasa lançou mais um fogão para o espaço.

O Humberto Bernardo anunciou a vencedora do concurso Miss Portugal, quando a vencedora era a outra.

Publicado por: paulo em abril 18, 2005 06:39 PM

Adília Lopes a pesar a empregada para o Zapping, da RTP2. " A Lurdes pesa 80 Kg, mas para mim, tem um peso muito maior"

Publicado por: paulo em abril 18, 2005 06:43 PM

Mas o que é mais impagável é a Anabela Neves da SIC a fazer reportagem na SIC, em directo, quando acontece alguma coisa que meta muita gente ao barulho. acaba sempre por tropeçar e cair, ou deixar cair o micro, ou re-aparecer à frente da câmara despenteada. Estes actos são acompanhados por risos e por " bom, de facto está a ser muito difícil conseguir fazer o trabalho nas melhores condições... vou tentar chegar....não, de facto não é possível....pedia ao nosso reporter de imagem... bom e agora, tenho aqui uma colega da TSF a meter um dedo no meu nariz..."

Publicado por: paulo em abril 18, 2005 06:48 PM

Ou Ver o Reinaldo Serrano da SIC, na noite da vitória de Guterres, à porta do Hotel Altis. É verdade que R.Serrano não estava com muito espaço para trabalhar, mas nunca pensámos que pudesse ser engolido pela multidão, da maneira cómica como desapareceu enquanto gritava. A câmara registou tudo.

Publicado por: paulo em abril 18, 2005 06:52 PM

Ou Ver o Reinaldo Serrano da SIC, na noite da vitória de Guterres, à porta do Hotel Altis. É verdade que R.Serrano não estava com muito espaço para trabalhar, mas nunca pensámos que pudesse ser engolido pela multidão, da maneira cómica como desapareceu enquanto gritava. A câmara registou tudo.

Publicado por: paulo em abril 18, 2005 06:53 PM

« E porque não o: "o meu coração só tem uma cor: azul e branco" etc »

Bom, se formos entrar por aí, há dezenas. Eu escolhi a mais emblemática do João Pinto, mas o Gabriel Alves também merecia estar na lista. Não sei se esta é verdadeira, mas está entre as minhas preferidas:

"Lá vai Vítor Paneira, no seu estilo inconfundível... não, afinal era Veloso".

Publicado por: Paulo Almeida em abril 18, 2005 07:31 PM

Reinaldo Serrano numa feira do livro a andar para trás enquanto fala e diz "e por fim temos aqui este livro do autor X... bom não é este, mas o autor...."

Gabriel Alves (o magnifico) sobre o Stade de France: Bonito, moderno, arejado...

Saramago para a repórter da sIC: "Retire-se, Retire-se já"

Pinheiro de Azevedo, numa manifestação em que se ouviam tiros: É so fumaça, é só fumaça.

Pinheiro de Azevedo á saída de um Conselho de Ministros em que o seu governo decidiu entrar em greve (caso único na história mundial!): pá, não gosto que me sequestrem, não gosto, é uma coisa que me chateia pá!

Vasco Gonçalves, primeiro-ministro: Este país está á beira do abismo, mas este governo vai dar um passo em frente...

Publicado por: Gabriel Silva em abril 19, 2005 12:25 AM

Atlanta 1996. Para celebrar a medalha de ouro de Fernanda Ribeiro o governo decide mandar o ministro Jorge Coelho cumprimentar a atleta à aldeia olímpica. Depois dos cumprimentos da praxe cria-se um silêncio constrangido. A Televisão aproxima-se, o silêncio é profundo e Coelho, para salvar a situação: - Sissenhor... Sissenhor...

Publicado por: A.Teixeira em abril 19, 2005 04:17 PM

Ou ainda, no jornal da NTV, aquando da independência de Timor, o pivot do jornal engasga-se e sai-lhe um "o car#$%& que o f$%&". A emissão é cortada uns segundos depois. Pensei que o tipo fosse despedido, mas não. Agora tá na RTP e costuma aparecer na sucessora da NTV, a RTPN. Quem quiser ver, tenho o vídeo. Não sei o nome do jornalista.

Publicado por: Nelson em abril 20, 2005 04:21 PM