« UM LANDAY POR DIA | Entrada | MEMÓRIAS DE INFÂNCIA (4) »

abril 10, 2005

A TRÊS PONTOS, APENAS TRÊS PONTOS, TRÊS PONTITOS SOMENTE

6-3=3. Ou de como a aritmética é uma ciência alegre, quando os minutos finais nos correm de feição.

PS- Caro Filipe, imagino que em 2000 a tua euforia foi dupla, com o Sporting campeão e o Beira Mar de regresso ao "convívio dos grandes" (esse adorável cliché futebolístico). Pois para mim foi agridoce, ao ver o SCP a quebrar o enguiço enquanto o Vitória descia, injustamente, ao inferno da Divisão de Honra.

Publicado por José Mário Silva às abril 10, 2005 11:17 PM

Comentários

6-3, caro Zé Mário: é a magia de um número benfiquista... ;)

Publicado por: Marujo em abril 11, 2005 12:29 AM

Se é. Nem me fales nisso...
;)

Publicado por: José Mário Silva em abril 11, 2005 12:35 AM

Ou de como um golo limpo e mal anulado ao Beira Mar também ajuda a aritmética...

Publicado por: Tenente Blueberry em abril 11, 2005 05:09 AM

Não vás por aí, Blueberry. Assim de repente, estou a lembrar-me de um golo limpo e mal anulado ao Sporting (contra o Braga, em Alvalade) e de golos irregulares assinalados a favor do Benfica. Erros destes beneficiam e prejudicam os grandes, à vez. Não é por aí...

Publicado por: José Mário Silva em abril 11, 2005 09:25 AM

Zé Mário neste caso 6-3=0

Porque se queremos ser campeões temos de ganhar ao SLB ou seja serão mais 3 pontos e o empate dá-nos a vitória... a ver vamos! Os dois dependem apenas de si próprios para ganhar... vamos a ver quem será o mais forte... naaaaaa!!!! Estamos quase lá!

[ ]

Publicado por: Farpas em abril 11, 2005 05:32 PM

Continuo a achar que a contabilidade deste deve e haver de golos-assim-e-assado pende mais para o Sporting. E o Dias da Cunha bem que avisou do "sistema" antes do jogo, mas - nestas contas - o (meu) Beira-Mar também se tramou, e em vez de 3 ou 1 ponto precioso para uma eventual manutenção ficou com 0. Não foi o Benfica prejudicado, foi o Beira-Mar.

Publicado por: Marujo em abril 12, 2005 12:49 AM