« NA PRAIA DA NAZARÉ | Entrada | O REALITY SHOW PERFEITO »

abril 04, 2005

UM LANDAY POR DIA

«A minha boca é tua, devora-a, não receies nada
Ela não é de um açúcar que se dissolva»

in «A Voz Secreta das Mulheres Afegãs — o Suicídio e o Canto» (compilação de Sayd Bahodine Majrouh, traduzida do francês por Ana Hatherly), Cavalo de Ferro

Publicado por José Mário Silva às abril 4, 2005 12:02 PM

Comentários