« ITÁLICO MILITANTE | Entrada | PARADOXO »

março 28, 2005

ORFEU & EURÍDICE

Juntos passavam no cair da tarde
Jovens luminosos muito antigos

Sophia de Mello Breyner Andresen (in «Musa», 1994)

Publicado por José Mário Silva às março 28, 2005 02:55 PM

Comentários

Juntos passavam, na brisa da tarde, alheios à criação, como estorninhos levados pelo vento e condenados como Francesca da Rimini e Paolo Malatesta no círculo da lúxuria...

Publicado por: Manuel Anastácio em março 28, 2005 05:44 PM