« E, PROVAVELMENTE, TAMBÉM A FAVOR DA DESPENALIZAÇÃO DO ABORTO | Entrada | COISAS SIMPLES (2) »

março 22, 2005

HERÓIS DO MAR, NOBRE POVO...

O cavalheiro na mesa ao lado da minha estava profundamente embrenhado na leitura da «Revista de Vinhos».
À sua frente, com ar atilado, uma garrafa vazia de Água das Pedras.

Publicado por tchernignobyl às março 22, 2005 03:34 PM

Comentários

Grunho!
É um grunho!
Deve estar à espera de algum gajo de papel para lhe meter uma cunha, enquanto a mulher se embebeda num restaurante caro com o patrão, para depois passarem o resto da noite num motel à beira da estrada.
Valentes tugas!

Publicado por: João Tilly em março 22, 2005 04:17 PM

Devia ter visto recentemente o Sideways :-)

Publicado por: Cristina em março 22, 2005 05:50 PM

Água? Blasfémia!

Publicado por: Mariana Pereira da Costa em março 22, 2005 05:53 PM

Ainda se fosse Castelo...

Publicado por: francisco curate em março 22, 2005 06:00 PM