« PRIORIDADES | Entrada | REGRESSO »

março 22, 2005

E QUAL É O ESPANTO?

Ainda mais se percebe que o escândalo da direita portuguesa com as afirmações de Freitas tem mais a ver com um apelo ao respeito pela discrição e privacidade de cada um do que com hipotéticas "preocupações" "de Estado" quando se sabe que ele (talvez até ingenuamente...) acertou na mouche.
Então alguém duvida ainda das ligações assumidas e de longa data entre os USA e o venerando ancião Pinochet, agora também conhecido aforrador compulsivo, émulo do sobrinho do Isaltino?
Segundo a MO JOnes, o esquema da privatização da Segurança Social que o Bush tenta pôr em prática terá sido inspirado por um antigo "Ministro do Trabalho" (nem mais! esta gente adora o trabalho) de Pinochet nos bons tempos da ditadura.
Não que seja fácil de se acreditar que o Bush avance para algo de tal dimensão influenciado por um torcionário qualquer de meia tigela de um país do terceiro mundo. O que interessa aqui referir é que este pessoal se "dá" todo uns com os outros. Não gostam é que se fale muito disso publicamente. O segredo é a alma do negócio e da correcção das distorções do mercado.

Publicado por tchernignobyl às março 22, 2005 01:40 PM

Comentários

É a hipocrisia em todo o seu esplendor. A minha consideração, Freitas do Amaral conquistou, para sempre, quanto a esta matéria. Quanto aos outros (da direita retrógrada) são mentirosos e hipócritas compulsivos.

Publicado por: Biranta em março 23, 2005 10:32 AM

Talvez que daqui a uns tempos, o escândalo da esquerda portuguesa seja ver essas declarações esquecidas.

Publicado por: ASD em março 23, 2005 01:02 PM

Pelo próprio.

Publicado por: ASD em março 23, 2005 01:03 PM