« MONDO FEMININO | Entrada | NEVE EM PARIS (CONCLUSÃO) »

março 20, 2005

EQUINÓCIO

É agora, neste preciso minuto. A palavra Primavera a romper debaixo dos dedos, lá fora finalmente uma promessa de chuva.

Publicado por José Mário Silva às março 20, 2005 12:34 PM

Comentários