« MANIFESTO DE FIM-DE-SEMANA | Entrada | EU QUERIA UMA SECRETÁRIA DESTAS, MAS NO IKEA NÃO HAVIA »

março 19, 2005

SEMPRE A ABRIR

É altura de eu arranjar uma solução que poupe a minha escoliose causada pelo peso dos livros e revistas que carrego continuamente.
Mesmo em ocasiões mais sociais que de todo desaconselham a presença da mochila, como jantares de blogs, apresentação de cumprimentos aos membros dos novos governos, entrega de prémios literários ou artísticos ou quando concedo audiências ao Papa ou a algum astronauta, esgaço os bolsos do meu sobretudo ou deformo os meus tuxedos com volumes suspeitos devido ao vício compulsivo de andar sempre com um livro perto de mim.
Os japoneses encontraram a resposta a este problema derrubando também de uma penada as minhas últimas resistências à adopção de um telemóvel ao popularizarem-no não apenas para comunicar ou reproduzir barulhinhos imbecis, mas como e-book, finalmente uma forma racional de utilizar o ubíquo aparelhómetro.
Vou ficar ainda mais vesgo mas pelo menos andarei muito mais leve.

Publicado por tchernignobyl às março 19, 2005 11:56 AM

Comentários

Os japonese são uns carolas. O nosso choque tecnlógico está a anos luz. estrelinha ajuizada

Publicado por: vermelhofaial em março 19, 2005 01:38 PM