« MAIS SOBRE CUISINE INTERNATIONALE | Entrada | ELE VAI MESMO VOLTAR »

março 14, 2005

PALAVRÃO

O poeta ecológico sentia falta de um sítio onde pudesse deixar, para serem recicladas, as palavras gastas.

Publicado por José Mário Silva às março 14, 2005 11:36 PM

Comentários

Exelente blog, parabéns!
Já agora dá uma vista no meu http://souburro.blogspot.com

Publicado por: Pedro Oliveira em março 15, 2005 02:01 AM

Um aforismo.

Publicado por: hfm em março 15, 2005 11:48 AM

Excelente! :-)

Publicado por: Sofia em março 15, 2005 11:58 PM