« DA POUCA FIABILIDADE DAS PREVISÕES TECNOLÓGICAS | Entrada | PALAVRÃO »

março 14, 2005

MAIS SOBRE CUISINE INTERNATIONALE

Depois dos oeufs brouillés à la portugaise, descobri hoje ao almoço que o arroz refogado em azeite, cebola e alho, com tomate, feijão encarnado e muitos coentros, o meu arroz de feijão, chama-se aqui... arroz à mexicana. (Verdadeiramente surpreendente é estas iguarias não se chamarem todas à provençale ou coisa que o valha. Deve ser para agradar à enorme variedade de nacionalidades dos utentes da cantina.)

Publicado por Filipe Moura às março 14, 2005 06:04 PM

Comentários

Pois, culinariamente correcto. Mas voltando à ideia da fast food portuguesa, acho que uma verdadeira cadeia devia ter em conta a bela bifana de Vendas Novas e o pastelinho de Belém. Depois, para dar um toque de diáspora, a chamussa, claro.

Publicado por: Margarida Gato em março 14, 2005 08:04 PM

Devo dizer que muitas das coisas que nós pensamos só Portuguesas por vezes não o são, e que certas coisas que pensamos que são estrangeiras são de facto Portuguesas. Confuso? Passo a explicar, ou melhor, exemplificar:

-Frango piri-piri ou frango no churrasco - Tipicamento Tuga certo? Não, na realidade é uma receita retirada do Sul de África, a única diferença sendo que em vez de azeite ou óleo eles usam óleo de Palma.

- Conhecem os vegetais ou camarões fritos em óleo estilo Tempura, da cozinha Japonesa? Se sim, então vou-vos contar, por admissão de um colega Japonês, que a tradição do Tempura foi introduzida pelos Portugueses no século XVI.

Estes não só dois exemplos. Uma coisa é certa, Portugal, ao contrário dos Britânicos (onde o culminar da sua Culinária é o Haggis oriundo da Escócia, ou dos holandeses (cozinha tradicional deles é a cozinha Indonésia... enfim!), e a par e passo com os Franceses ou Italianos, nós fomos sempre capazes de incorporar na nossa Gastronomia elementos de outras civilizações ou povos, o que faz da cozinha Portuguesa uma das mais apreciadas por este mundo fora (Aqui em Canberra, este lugar insólito, o restaurante Português está cheio todos os dias...vá-se lá perceber porquê).

Saudações Antípodas,

Raúl

Publicado por: Raúl em março 14, 2005 11:01 PM

O Nando's, cadeia internacional de frango no churrasco começada por um Português radicado precisamente na África do Sul, tem algo que se assemelha a um pastel de nata e inclui o "prego" no seu menu (isto para além de vender Compal e Sagres). Só é pena porem-lhe mayonnaise... :-)
http://www.nandos.com/
(atentem no galo de Barcelos estilizado)

Publicado por: Nuno Morais em março 15, 2005 12:21 AM