« ESQUERDA PLURAL E RESPONSÁVEL (OH COMO EU GOSTARIA) | Entrada | IDEOLOGIA »

fevereiro 18, 2005

IMPRESSÕES DE CAMPANHA

Pelo Nuno Anjos.

Publicado por Filipe Moura às fevereiro 18, 2005 06:50 PM

Comentários

As melhores impressões de campanha da blogosfera são do Gato Fedorento. Ora vai lá ver.

Publicado por: ZeroAesquerda em fevereiro 18, 2005 09:48 PM

Nuno quê? Mas que interesse podem ter estes disparates mal-alinhavados e até com erros de ortografia? Para escrevinhar banalidades, já te temos a ti, Filipe.

Publicado por: Pensativo em fevereiro 19, 2005 12:36 AM

Ó meu ganda maluco, então agora passaste de Ai Ai para Pensativo? Mas as tuas opiniões continuam as mesmas...
Quanto à opinião do Nuno, que eu chamei a atenção: entre muitas outras coisas, o Nuno compara o caso do polícia morto na Cova da Moura com o escarcéu que se fez com o assalto à Lídia Franco, era o PS poder e o Fernando Gomes ministro. Para mim faz todo o sentido. Mais: o Nuno repara que oOs jornalistas olhavam Santana como se olha um doente mental, quando Santana repetia múltiplas vezes que não achava ter cometido erros graves. Eu gostei muito deste reparo, e só isto vale a chamada de atenção, ok?
Bacano, quanto às minhas banalidades. Epá mete na tua cabeça, eu já aqui o afirmei várias vezes. Eu sou vulgar, eu sou banal, eu sou pop, tudo o que me queiras chamar. Devias dar uma vista de olhos pelo Seinfeld, se não conheces, para veres o que é a banalidade no seu expoente máximo. É bastante original. Nunca se viu nada assim. Para mim é uma referência, como o Caetano. Sabes, à custa de se querer ser muito original, não se faz o óbvio, o ovo de Colombo. Há quem diga que o sucesso do Miguel Sousa Tavares baseia-se nisso: em dizer coisas que toda a gente pensa mas mais ninguém diz. E tu também disseste que a crónica dele eram banalidades. Para ti o que é que não é banalidade, caraças? Olha, dizeres de mim o mesmo que disseste do Miguel Sousa Tavares é para mim uma honra.
Leste a explicação do "ar quente" que eu te dei? Também a achaste banal?
Finalmente, se achas que tens melhores coisas para escrever que as minhas banalidades, e se quiseres, manda-nos uma contribuição itálica. Escreve um texto e manda-no spor email. Sempre era mais construtivo...
Porta-te bem, um abraço.

Publicado por: Filipe Moura em fevereiro 19, 2005 03:14 AM

Se te queres comparar a alguém, talvez seja melhor escolheres a Lídia Franco. O que já afirmaste "aqui várias vezes" só mesmo na tua cabecinha é que tem relevância ou é recordado. E não, não te comparo com o MST, que escreve bem e por norma diz coisas acertadas; o que não era o caso no outro dia. E nunca é o teu.

Publicado por: Pensativo em fevereiro 19, 2005 05:44 PM

Bacano, eu não posso ser comparado à Lídia Franco, até porque não falo tão bem o francês.
Quanto à "relevância" do que eu escrevo: alguma há-de ter, para merecer os repetidos comentários que me dás a honra de fazer. Se é assim que queres continuar, tudo bem. Eu é que posso nem sempre dar relevância aos teus comentários.

Publicado por: Filipe Moura em fevereiro 19, 2005 11:48 PM