« TIRO AO LADO | Entrada | CÉU DE FEVEREIRO »

fevereiro 06, 2005

SERVIÇO PÚBLICO

Enquanto os outros jornais de referência se perderam em detalhes irrelevantes sobre o debate Sócrates-Santana, o semanário «Expresso» foi o único a descobrir o que realmente distingue os dois candidatos a chefe do governo. Atentem nesta notícia breve, publicada na primeira página da edição de ontem:

«Santana Lopes e Sócrates, mal saíram do seu frente-a-frente televisivo de 5.ª-feira, foram jantar em restaurantes 'in' de Lisboa. O líder do PSD foi com colaboradores e amigos à A Travessa, tendo o líder do PS optado pelo pós-moderno Bica do Sapato.»

Isto sim, é jornalismo de investigação. Aprendam.

Publicado por José Mário Silva às fevereiro 6, 2005 12:48 PM

Comentários

Senhora Dona Brigada Bajoulo,

Deve saber - e, se não sabe, aqui vai - que uma obsessão com a homossexualidade alheia é sintoma muito sério de uma homossexualidade própria recalcada. No que não há mal nenhum. Na homossexualidade, entenda-se.

Publicado por: fernando venâncio em fevereiro 6, 2005 03:28 PM

oh fernando ainda dás troco a este idiota?

Publicado por: tchernignobyl em fevereiro 7, 2005 11:48 AM

O Tcher, não é por causa do idiota...

Publicado por: fernando venâncio em fevereiro 7, 2005 12:04 PM