« DEBATE? QUE DEBATE? | Entrada | DISCLAIMER »

fevereiro 03, 2005

AS LEITORAS MAIS BONITAS SÃO AS DO BdE

De vez em quando vem à baila a questão de qual é o blogue português mais lido. Mais precisamente, a grande dúvida é saber qual tem mais leitores: o Abrupto ou o Barnabé?
Como toda a gente, Pacheco Pereira já admitiu que gosta de ter muitos leitores mas, pelo menos que eu tenha dado por isso, nunca afirmou taxativamente que era "o mais lido". Já o Barnabé afirma isso várias vezes: no lançamento do livro e, mais recentemente, neste texto do Pedro Oliveira.
A questão é que não se pode comparar directamente as audiências do Abrupto e do Barnabé, uma vez que usam contadores diferentes: o Abrupto, o Sitemeter; o Barnabé, o contador do weblog. E blogues que tenham ambos os contadores (como é o caso do BdE) sabem perfeitamente como as contagens são totalmente díspares, com o contador da weblog a acusar sempre mais visitas do que o sitemeter.
A única maneira de resolver a questão (para quem ela for tão importante) seria comparar ambos os blogues com o mesmo critério, o mesmo contador. Ou o Abrupto se mudaria para a weblog ou, mais facilmente, o Barnabé instalaria o sitemeter. Enquanto tal não for feito, o máximo que podemos fazer são adivinhas. E frases tão categóricas como a do Pedro Oliveira não devem, a meu ver, ser ditas com base em meras adivinhas. Até porque, como procurarei demonstrar a seguir, estas adivinhas não têm em geral credibilidade nenhuma.
Olhando para as tabelas ordenadas de acordo com ambos os contadores, o Xupacabras tem mais visitas do que o Barnabé e menos que o Abrupto. Se houver um mínimo de credibilidade ou consistência em ambos os contadores, daqui se conclui (em Matemática chama-se a isto transitividade: se a é menor do que b e b é menor do que c, então a é menor do que c; é axiomático) que o Abrupto tem mais visitantes do que o Barnabé, a propaganda do Barnabé é enganosa e a questão está resolvida. É este o argumento de muita gente, principalmente de blogues de fora do sistema weblog que querem comparar a sua audiência com a do Barnabé.
O argumento destes blogues é que deve haver uma conversão entre as medições dos dois contadores, um número tal que, multiplicando a contagem do sitemeter, permitiria estimar a contagem do weblog e vice-versa. Uma "regra de três simples", uma proporcionalidade directa. Só que, isto a ser verdade, este "número" deveria ser o mesmo para todos os blogues que têm ambos os contadores instalados. A referida propriedade da transitividade deveria ser mantida, que é como quem diz: se no sitemeter o blogue x tem menos audiência que o blogue y, tal tem de ser válido igualmente no weblog. As "classificações" relativas de ambos os contadores deveriam ser as mesmas. Mas uma análise minimamente atenta destas classificações revela que tal não é o caso. Analisemos a ordenação de blogues que têm ambos os contadores instalados, em ambas as tabelas:

Visitas de ontem (estimativa) - SITEMETER
Xupacabras 2900
Afixe 1800
Blogue de Esquerda 1200
Semiramis 1150
Renas e Veados 850
O Vento Lá Fora 380
Adufe 230
Ma-Schamba 205
Fumaças 160
Último Reduto 155
O Observador 115

visitas de ontem - WEBLOG
Xupacabras 8818
Afixe 3583
Blogue de Esquerda 3511
Fumaças 1809
O Vento Lá Fora 1804
Renas e Veados 1656
Adufe 1479
Semiramis 1452
Último Reduto 932
O Observador 771
Ma-Schamba 600

Ontem não sucedeu (e nem tem vindo a suceder recentemente), mas até há duas semanas o típico seria o Semiramis ter mais audiências no sitemeter, seguido do Afixe e do BdE; o BdE ter mais audiência no weblog, seguido do Afixe e (bem atrás) o Semiramis. Mas mais do que as diferenças entre o ordenamento, compare-se a diferença entre as audiências relativas dos diferentes blogues. Por exemplo, compare-se a razão entre as visitas do Semiramis e do Observador: um factor de 10 segundo o Sitemeter; um factor de 2 segundo o Weblog.
Temos aqui duas alternativas: ou pomos em causa o axioma da transitividade (e toda a Análise Matemática), ou pelo menos um dos contadores (quiçá os dois...) não é minimamente credível. Daí que não se possa tirar conclusões válidas sem comparar todos os blogues com o mesmo critério.
Esta questão faz-me lembrar outra, há uns dez anos ou mais, ainda Sousa Cintra (esse exemplar único e carismático de um certo tipo de cidadão português) era presidente do Sporting e Manuel Damásio do Benfica. Durante uma altura, tudo o que era jornal publicava estudos sobre qual dos três grandes clubes de futebol tinha mais adeptos (tendo tudo começado com o famoso estudo encomendado pelo Benfica, segundo o qual este clube teria seis milhões de adeptos). Embora os resultados relativos variassem de estudo para estudo, todos davam invariavelmente o Benfica como o clube mais popular. A razão para tal parece ser a maior quantidade de mulheres benfiquistas (na população masculina a distribuição seria mais equilibrada). Sousa Cintra teve uma reacção também muito famosa: "o Benfica pode ter mais adeptas, mas as mulheres mais bonitas são do Sporting".
Pessoalmente, não tenho grandes dúvidas de que quer o Barnabé, quer o Abrupto são mais lidos do que o BdE; não tenho nada a ver com esta competição e nem quero entrar nela. Mas se eu leio frases tão categóricas (e tão fundamentadas) como a do Pedro Oliveira, também eu reajo como Sousa Cintra: o Barnabé pode ter mais leitoras, mas as mais bonitas lêem o BdE.

NOTA BENE: Depois de ter escrito este texto, reparei que, nos comentários ao texto do Pedro Oliveira, o Rui Tavares presta alguns esclarecimentos importantes. De acordo com o Rui, o contador que não é minimamente credível é o do Sitemeter, e ele justifica porquê de uma forma bem fundamentada. Remeto os leitores interessados para lá. Nesta perspectiva, a contagem de audiências do Barnabé é credível. Agora, como compará-la com o Abrupto? Sendo o sitemeter tão pouco credível como diz o Rui, não adianta instalá-lo no Barnabé. O Rui baseia-se numa sondagem da Marktest sobre qual é o blogue mais conhecido para concluir que o Barnabé é mais lido que o Abrupto. Reconheço que a sondagem trata os dois blogues da mesma maneira, mas por um blogue ser mais conhecido não se pode necessariamente concluir que é "o mais lido". Mantenho a minha posição: as leitoras mais bonitas são as do BdE.

Publicado por Filipe Moura às fevereiro 3, 2005 08:24 PM

Comentários

Mas o que é q interressa quem é o mais lido??? O que interessa nos blogue é espalhar o que se pensa e mais nada... PARECEM PUTOS.

Publicado por: polittikus em fevereiro 3, 2005 09:29 PM

já tinha pensado nesta questão mas nunca poderia descrever as minhas ideias de forma tão clara...

Publicado por: Francisco Curate em fevereiro 3, 2005 09:54 PM

Francisco, obrigado pelo que me toca.
Politikus: exactamente, pá, o mais lido não interessa para nada. Como eu digo, o que interessa é quem tem as leitoras mais bonitas.

Publicado por: Filipe Moura em fevereiro 3, 2005 10:03 PM

Boa análise. Mas claro que estás enganado, as nossas leitoras são MUITO mais bonitas - "Se queres ser uma leitora bonia, vem ler o Afixe".
;)

Quanto ao polittikus: deixa cá ver se me lembro, como é que é aquela expressão? Bar...qualqer coisa. Bardamerda! Bardamerda para essa conversa! É isso! Claro que interessa ser lido, ser o mais lido possível, quem for blogger e disser o contrário, das duas uma: ou está a mentir ou começou a escrever num blogue já feito e com medições altas ou escreve num blogue que ninguém lê.

Pegando nas palavra dele, nada doutas, "O que interessa nos blogue é espalhar o que se pensa e mais nada". E como se faz isso se não tiveres ninguém a ler-te?

Deixem-se de hipocrisias e blogosfericamente correcto, pás.

Publicado por: Monty em fevereiro 3, 2005 10:32 PM

"Esse exemplar único e carismático de um certo tipo de cidadão português"... que raio quererá isto dizer?
Nada, suponho, tal como o resto do texto. Mas conhecerás tu outro assunto para além do teu umbigo?

Publicado por: Ai ai em fevereiro 3, 2005 10:52 PM

Bom, eu como leio estes todos estou protegida! Tu que sabes matemática, Filipe, não se pode acumular? Tás a ver o resultadão??? Eu seria mesmo uma verdadeira estampa ( e do Sporting para ajudar...)
Tudo isto acaba por ser uma brincadeira; seja qual for o método de contagem, é muuuuita visita, e faz-me alguma confusão. O polittikus respondeu a sério. Mas, ó homem, é claro que não se está a comparar assim, mais 10, menos 20, mas dá gosto saber que somos lidos e repara que só se pode «espalhar o que se pensa» se formos visitados, ou não será?

Publicado por: Emiéle em fevereiro 3, 2005 10:54 PM

ná, ná! as mais bonitas são as nossas!
:-p

Publicado por: Animal em fevereiro 4, 2005 12:52 AM

obrigado, filipe, por teres citado os comentários. acho que estão lá todos os esclarecimentos necessários. e este dado que diz tudo:

o abrupto teve, desde o seu início, 1168347 pageviews.
o barnabé é cinco meses mais novo. teve 2240535 pageviews.

é praticamente o dobro, mas se pensarmos que o abrupto teve mais cinco meses, é mais do dobro das pageviews.

só dá direito a dúvidas se supusermos que o sitemeter do abrupto, que é logo a primeira coisa a carregar na página, conte apenas metade das visitas. e isso parece-me muito improvável.

Publicado por: rui tavares em fevereiro 4, 2005 02:14 AM

desculpa fazer outro comentário. vejo agora que me enganei e que as 2240535 pageviews que tivemos não são todas, mas apenas as que ocorreram desde março de 2004 até hoje, não contando com as que tivemos entre setembro de 2003 até fevereiro de 2004. a diferença é, portanto, maior ainda.

os detalhes estão em http://barnabe.weblog.com.pt/webstats/

um abraço

Publicado por: rui tavares em fevereiro 4, 2005 02:18 AM

O Barnabé pode ter mais leitoras, as do BdE podem ser mais bonitas, mas as minhas são mais charmosas. Nem duvidem!!!! :)

PS - já me esquecia do "pá"!

Publicado por: João André em fevereiro 4, 2005 08:59 AM

Que treta!

Publicado por: isabel Prata em fevereiro 4, 2005 09:18 AM

http://filhoespancado.blogs.sapo.pt/

Publicado por: http://filhoespancado.blogs.sapo.pt/ em fevereiro 8, 2005 11:17 PM