« SUSAN SONTAG (1933-2004) | Entrada | DE NOVO O PLÁGIO MADE IN "SEMIRAMIS" »

dezembro 28, 2004

QUEM PRECISA DA REALIDADE?

Recordo-me bem do espanto com que vi, pela primeira vez, um jogo electrónico. Era um ingénuo simulacro de ténis de mesa: dois traços luminosos, um ponto quadrado a fazer de bola, números mais que rústicos a afixar o avanço do marcador. Foi há 24 anos.
Hoje, passei longos minutos imerso no mundo de "Jak 3", um viciante jogo para a PlayStation. "Jogo" talvez seja minimizar a coisa. Aquilo é mais um desenho animado em que controlamos duas personagens irrequietas, balizadas apenas por umas vagas missões que têm de cumprir. A liberdade de movimentos de que desfrutam no seu mundo hiper-colorido é quase ilimitada. E já vi animação de autor com muito menos apuro formal. Comandar aquela narrativa é um entretém hipnótico, quase alienante.
Depois, o meu filho apresentou-me o "Burnout 2". Uma escola de delinquentes automobilizados, em que se ganha pontos por causar vistosas colisões. Mas, acima de tudo, trata-se de uma simulação do mundo real assustadoramente eficaz: os cenários, os reflexos, a cinética dos bólides desvairados... tudo está a um curto passo de um realismo convincente.
Será que, daqui a 24 anos, teremos "jogos" que combinem, sem costuras à mostra, estes dois vectores, a ilusão de liberdade e a ilusão de verdade? Será que poderemos a qualquer momento emigrar para longe das nossas vidas unidimensionais e tão aborrecidas, mergulhando em fantasias verosímeis, imaculadas, irresistíveis? Convivendo com personagens digitais muito mais interessantes do que as prosaicas criaturas de carne e pele que nos rodeiam. Tudo sem limites, moral, leis ou peias de qualquer ordem.
Nessa altura, alguém quererá saber do mundo "real" para alguma coisa? E haverá mesmo alguma distinção importante entre realidade e ilusão?

Publicado por Luis Rainha às dezembro 28, 2004 11:55 PM

Comentários

Desculpem o incómodo, mas dado que o bde é um blogue visitado pelos barnabés não é descabido deixar aqui este pedido de informação. Ontem deixei um comentário no post do Daniel sobre a «varinha mágica», passadas várias horas o comentário não apareceu pelo que voltei a inserir outro comentário em jeito de pedido de esclarecimento. Esta manhã(dia seguinte) ainda não há rasto do(s) comentário(s). Tendo em conta que já efectuei o meu registo e já comentei sem problemas no novo sistema de caixas, e que no post em causa comentários posteriores ao(s) meu(s) já foram publicados, alguém que me explique por que razão os meus comentários não aparecem. Sim, porque depois de tudo, só faltava começar a ficar com suspeitas surrealistas.

Publicado por: wuz em dezembro 29, 2004 09:14 AM

A realidade será sempre única. O problema virá quando as gerações próximas tiverem grandes dificuldades em perceber o que é a ilusão e todos aqueles mundos que visitam cada vez que se ligam a um qualquer dispositivo, e a realidade que permite a existência dessa ilusão. E os bebés que nascerem na era hi-tech terão de certeza mais alguns estágios de desenvolvimento cognitivo do que nós, os primitivos. Porque as ilusões que nós vivemos desde que nascemos não passam de ecrãs coloridos. As ilusões que as crianças têm que assimilar, hoje em dia, e que terão de assimilar daqui a 24 anos são serão de tal forma potentes que o cérebro terá de encontrar mais uns espaçozitos para lidar com este novo tipo de informação. Será que mais uma vez Darwin vai entrar em acção, em que só os mais aptos conseguirão sobreviver sadiamente num mundo tão complexo do ponto de vista cognitivo? Para já não falar do ponto de vista dinâmico...

Publicado por: Zangalamanga em dezembro 29, 2004 10:26 AM

É com alguma nostalgia que recordo o famoso Tv brinca :) o tal simulador de ténis.

Ainda o tenho,não sei é se ainda terá em condições, acho que logo vou ao baú das recordações :)

Publicado por: cachucho em dezembro 29, 2004 11:43 AM

Os melhores jogos serão sempre os mais antigos

Publicado por: vitor matos em dezembro 29, 2004 12:49 PM

O meu livrinho é precisamente sobre isso... :)

Ó Luis, a propósito: manda-me o teu endereço e eu mando-te um presente. O meu email tá na Lâmpada.

Publicado por: Jorge em dezembro 29, 2004 05:50 PM

Queres que te mando o jogo por e-mail?????? Descobri um site onde estão quase 200 jogos desse tempo. O que tens na imagem, o 1º pacmam, jogos de futebol, bowling and so one and so one.

Já agora podes também visitar o meu blog e se o achares mercedor de por um link aqui da vossa página
www.troll-urbano.weblog.com.p

Publicado por: Daniel Arruda em dezembro 29, 2004 11:12 PM

pá se é jogos antigos o que os faz mover:

www.the-underdogs.com

Publicado por: Vitor Matos em dezembro 30, 2004 09:59 AM