« A CASA DA NOSTALGIA (5) | Entrada | MAIS PIEDRA DE TOQUE »

julho 30, 2004

NERUDA POR VARGAS LLOSA

Não falámos aqui do centenário de Pablo Neruda. Colmatamos agora esta falha (muito atrasados, mas antes tarde do que nunca) da melhor maneira: sugerimos a evocação do grande poeta por Mario Vargas Llosa, que nos apresenta, em mais uma das suas excelentes crónicas, a sua visão pessoal de Neruda, baseada na convivência que tiveram. A não perder.

Publicado por Filipe Moura às julho 30, 2004 11:32 AM

Comentários

Se alguns poemas são muito bons, outros (as "laudas" a Estaline, etc.) são uma vergonha. Abraço

Publicado por: francisco curate em julho 30, 2004 03:02 PM