« Boas Férias | Entrada | Efeitos positivos do santanismo (cola...) »

julho 17, 2004

Efeitos positivos do santanismo (mens sana...)

A manutenção do Ministro Luis Filipe Pereira à frente da Pasta da Saúde foi recebida com compreensível alívio em muitos lares portugueses (independentemente de clubites e afectos políticos).
Não foi esquecida a forma determinada como contra os profetas da desgraça, o Ministro fixou em quatro o número de mortos registados na vaga de calor que assolou Portugal no passado Verão, assim arrancando às garras de uma cruel morte administrativa alguns milhares de portugueses já suficientemente penalizados pela morte física inexorável.

Publicado por tchernignobyl às julho 17, 2004 05:20 PM

Comentários

caro Tchernignobyl, adorei esta tirada sarcástica digna do melhor de um gato fedorento. nao resisti em coloca-la no meu blog, com a devida vénia.

Publicado por: sacha em julho 18, 2004 12:14 AM

Muito bom! Muito bom!Lol!!

Publicado por: lucrecia em julho 18, 2004 03:54 AM

Memorável! De facto, se para reduzir o número de mortos basta manter o Ministro, será que ele descobriu o segredo da juventude enterna? A pedra filosofal? O génio da lâmpada...
Não, não pode ser porque os cadáveres lá estão... Bom, então deve ser xamã e conseguir chamar os mortos à vida, podendo assim não os contabilizar! É isso, claro...

Publicado por: Prometeu em julho 18, 2004 04:00 AM

Irra, que o primarismo é teimoso! Na altura, ficou claro quo o homem se limitou a aplicar definições legais de "morte por calor" para chegar a esse número grotesco. A culpa é do enquadramento legal; passá-la para o ministro é coisa de tonto. Nem tudo vale, pá!

Publicado por: Troll em julho 18, 2004 12:48 PM

O primarismo é sem duvida teimoso mas nada chega aos calcanhares do fanatismo.
se "ficou claro" ficou para ti e para quem quiz aceitar uma manobra desonesta para fugir às responsabilidades.
agora percebo a ânsia pela tal "análise de fundo".

Publicado por: tchernignobyl em julho 18, 2004 04:05 PM