« MAS CLARO QUE O CULPADO SÓ PODIA MESMO SER O SAMPAIO! | Entrada | O GATO É QUE SABE »

julho 06, 2004

ADENDA AO POST ANTERIOR

Não te amofines tanto, Luis. A sério. Deixa-os estrebuchar.
Já devias saber que a nossa direita é mesmo assim: quando as coisas se complicam, toda ela treme, toda ela vacila, toda ela disparata. É uma coisa lá deles. Herança sanguínea. Um fardo genético.
Por isso, peço-te que sejas mais compreensivo, para não dizer magnânimo. Lembra-te que não é fácil ser racional quando se tem medo.

Publicado por José Mário Silva às julho 6, 2004 08:17 PM

Comentários

Está bem: eu tomo os comprimidos e acalmo-me.
Mas tens de conceder que o Ratbert que encontrei parece feito de propósito para ilustrar a coisa, não é?

:-)

Publicado por: Luis Rainha em julho 6, 2004 08:21 PM

Está na "mouche".

Publicado por: José Mário Silva em julho 6, 2004 08:25 PM

A nossa direita é rigorosamente igual a nossa esquerda, da-me a impressão que o fardo genetico dos portugueses é igual para todos.
Intolerantes e sempre prontos para "amarfalhar" o poder custe o que custar, desde que encontrem, tanto uns como outros, uma brecha para entrar eles aproveitam.

Publicado por: provocador em julho 7, 2004 09:00 AM

Questiono-me há longos anos sobre o assunto: "esquerda/direita?" será que existe mesmo alguma diferença, em termos de prática política, entre estas ditas diferentes correntes teóricas?
Ainda não vi um político realmente interessado em resolver os verdadeiros problemas do país e do mundo, mais tarde ou mais cedo entram naquela monotonia em piloto automático de apenas defender os seus interesses, como se eles fossem imutáveis e não pudessem ser modificados ou substituidos porque outros possam dizer. Isso não, isso é dar o braço a torcer.
Uma das grandes falácias deste mundo moderno em que vivemos, os ocidentais diga-se de passagem, é assumirem-se como de esquerda ou direita. é indiferente, eles apenas escolhem estéticas não ideologias ou interesses dos outros, apenas estéticas pessoais.

PS: alguém que se considera de "esquerda" mas sem nenhum partido político que o represente ou que o possa representar.

Publicado por: Onun em julho 7, 2004 02:29 PM

a direita nunca será igual à esquerda.vocês já viram bem aquela roupinha do paulinho das feiras?
parece tirada dos Maias.só se vêem os dentes e a arrogância.que diferença do irmão.

Publicado por: ANTONIETAPAULO em julho 8, 2004 10:08 AM

Paulo Pedroso ao poder , já.
estou conbosco.
pá frente popular .
coligaçom PS BE PCP já

Publicado por: Afonso Henriques em julho 8, 2004 01:04 PM