« CONFRONTOS | Entrada | FUTEBOL & MELANCOLIA »

julho 06, 2004

A CANALIZAÇÃO MAIS AUDÍVEL

Adoro ouvir vozes na casa de banho: os ruídos do prédio, alguma confidência do vizinho. Porém, todos os dias, à mesma hora, ouço exactamente os mesmos risinhos, os mesmos diminutivos, o mesmo chapinhar de água, a mesma birra. É uma mulher que dá banho a um bebé e me exaspera com aquela maneira muito pouco sóbria, muito pouco pessoa e estranhamente vulgar entre os adultos, de se falar com as crianças como se fossem extraterrestres.
Marta Lança

Publicado por José Luís Peixoto às julho 6, 2004 03:33 AM

Comentários

Em sentido contrário, gosto muito de ver o ar de respeito com que os bebés nos miram, quando lhes falamos num tom de voz "normal".

Publicado por: José Mário Silva em julho 6, 2004 09:21 AM

Cá no prédio não há bebés. Ou melhor, há, mas os extraterrestres são os pais. O porquê seria demasiado longo para explicar aqui.

Publicado por: Pintelho em julho 6, 2004 10:06 AM

olá marta!

Publicado por: guictx em julho 6, 2004 10:53 AM

Paulo Pedroso ao poder , já.
estou conbosco.
pá frente popular .
coligaçom PS BE PCP já

Publicado por: Afonso Henriques em julho 8, 2004 01:44 PM

Paulo Pedroso ao poder , já.
estou conbosco.
pá frente popular .
coligaçom PS BE PCP já

Publicado por: Afonso Henriques em julho 8, 2004 01:48 PM