« Seu amigo quem? | Entrada | Crime e Castigo »

January 18, 2007

O preço da vida

Dizer que tudo nesta vida tem um preço, é exagero? Melhor ter uma posição poética, idealista, dizer que há coisas nessa vida que não tem preço! Fica mais bonita a afirmação, embora não saiba se mais verdadeira.

Os exemplos são sempre os mesmos, e são sempre fracos. Logo vem alguém e fala que a saúde não tem preço. Estranho, nessa hora ninguém lembra de outros valores, da virtude, por exemplo. A antítese é a de praxe: melhor ser doente com dinheiro, ao menos pode pagar o tratamento.

Quem tem o vil metal é tratado e considerado - sempre! - melhor. O dinheiro compra atenção, olhares, consideração. Para os pobres resta a pecha de serem simpáticos, de serem bonzinhos...

Publicado por Renato Souza às January 18, 2007 08:17 PM

Trackback pings

TrackBack URL para esta entrada:
/g/tb/150743

Comentários