dezembro 25, 2003

Natal Ardente

Nem eu, o Pirómano da blogosfera, estava à espera disto.
Depois de uma noite perfeita, com um jantar divinal (diria mesmo, do outro mundo) e bem regado (com um mui excelso Porta da Ravessa branco), tudo para a cama. Era cedo, à volta de umas 3, 4 da manhã.
Às 7, alvorada. Mas pelos piores motivos.
A minha mãe tinha adormecido no sofá, com o ventilador ligado. Nada a tapar a saída de ar; sabemos os riscos que daí podem decorrer e nunca a tapamos. No entanto, a ventoinha do ventilador, pura e simplesmente, parou. Resultado: começou a arder. Mesmo em frente à minha mãe. Mesmo em frente à televisão e à aparelhagem, coisas que poderiam também começar a arder e daí, partir para um fogo incontrolável.
Como nos safámos? Nem eu estava à espera. Os nossos gatos (temos dois) adormeceram em cima do colo da minha mãe. E foram eles que a acordaram, indo ela depois acordar-me a mim. Juntos, resolvemos a situação; pegámos numas calças (velhas, para deitar fora) encharcadas e pusemo-las por cima do ventilador em chamas. Deu para abafar; a partir daí, foi metê-lo na sanita e despejar-lhe uma boa bacia de água em cima para acabar com o fogo de uma vez por todas.
Tivemos sorte... Mas por pouco o meu Natal não ia acabando em tragédia. Nunca eu tive tanto medo do fogo...

Publicado por aShBuRn em dezembro 25, 2003 07:01 PM
Comentários

São este tipo de coisas que nos fazem acreditar no destino.

Afixado por: Luís Rijo em dezembro 25, 2003 08:38 PM

De facto, um pirómano como eu com medo do fogo... Mas é em situações destas que se vê de que é que somos realmente feitos...

Afixado por: aShBuRn em dezembro 26, 2003 12:47 AM

Eu já tive uma situação dessas quando tinha 15 anos. Deixei o óleo da frigideira ao lume com as batatas. Aquilo incendiou tudo, o óleo, a frigideira, o exaustor, as batatas desapareceram.


Eu mandei um pano sem água por causa do óleo para tentar abafar o fogo mas não consegui. A única solução que me ocorreu e não sei como que os bombeiros até me convidaram para ir trabalhar com eles.

A solução foi a seguinte, mandar o óleo para o chão e ele apagou-se sozinho porque perdeu força e apanhou o chão frio. Vá lá! Isto é claro depois de ligar para os bombeiros e cortar o gás canalizado. Para te dar uma ideia de como foi: Eu fiquei preto dos pés à cabeça inclusivé as paredes cá de casa, o meu cão que é branco ficou com a cauda preta. E eu só deixei de estar completamente preto passados 2/3 banhos.

Ainda me cheguei a queimar, quando peguei na frigideira mas não foi nada, uma bolha grande do tamanho do dedo maior que tens no pé, do mais gordo que depressa rebentou e deitou um líquido que assemelha-se a água, pura água.

E é assim... aqui fica a história :P

Afixado por: Luís Rijo em dezembro 26, 2003 01:05 AM

Deitar um ventilador para a sanita... a isso sim, se pode chamar uma granda cagada. Mas deves ter apanhado um susto valente.

P.S. Passa a alimentar melhor os teus gatos, eles merecem.

Afixado por: HeartLess em dezembro 26, 2003 02:57 AM

Luís: Essa situação ainda podia ter dado pior que a minha... Vê lá tu, que também me ia acontecendo uma dessas; só que no meu caso, como não tinha gás canalizado (era em botijas =P), foi apenas uma questão de deitar fora o óleo depois de ter desligado o bico do fogão... E eu tinha 10 anos. =XX

Afixado por: aShBuRn em dezembro 26, 2003 10:48 AM

Caro HeartLess: Não eras tu, que há uns meses, me chamavas parvo por ter gatos em casa?!? =PPP E a ideia de mandar o ventilador para onde foi não foi minha... A minha velhota é que tem o intestino grosso ligado ao cérebro!!! =PP

Afixado por: aShBuRn em dezembro 26, 2003 10:50 AM

Quem brinca com o fogo...
Pela boca...

um abraço e não ligues, pois não podemos perder um pirómano/bombeiro e sua mãe e os gatos e o ventilador,...com tal envergadura...(NÃO ÉS PRIMO DO NERO?)

morfeu

Afixado por: morfeu em dezembro 26, 2003 10:36 PM

LOL!!!! Talvez seja um descendente muito afastado... Mas concerteza que não vou incendiar cidade nenhuma!!! Sou Pirómano, mas de alma e mente, nunca de corpo... =)

Afixado por: aShBuRn em dezembro 26, 2003 11:19 PM

Não. O que eu disse mais exactamente foi que ter gatos era uma coisa algo gay, mas também nunca disse que tinha algo contra as tuas possíveis orientações sexuais. :)

Afixado por: HeartLess em dezembro 27, 2003 02:04 AM

Ó HeartLess... Agora é que me partiste todo. Nunca disseste que tinhas algo contra as minhas orientações sexuais?!? Então dou-te razão para não teres... Ou melhor; razões:
1 - Os gatos são da velha (eu não curto muito bichos em casa... Cagam tudo. =\ )
2 - Eu nunca me senti sexualmente atraído por nada que não o sexo oposto (bolas... Estou farto de repetir isto. =P)

Afixado por: aShBuRn em dezembro 27, 2003 02:08 AM