« Esperada | Entrada | Desemprego »

outubro 17, 2005

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

A fortuna acumulada de Belmiro de Azevedo, Américo Amorim, José Manuel de Mello, Patrick Monteiro de Barros, João Pereira Coutinho, Joe Berardo e das famílias Violas, Queiroz Pereira, Moniz Galvão Espirito Santo e Alves Ribeiro, tal fortuna, avaliada em 7.552 milhões de euros, corresponde ao rendimento anual de cerca de 2 milhões de pensionistas e reformados do sistema público de segurança social.

Enquanto os salários, pensões e reformas garantem a sobrevivência de cerca de 76,4% da população portuguesa, a estes rendimentos do trabalho é apenas atribuído cerca de metade da riqueza produzida no País e o restante alimenta, directa ou indirectamente, os cofres do grande capital nacional e multinacional.
(Jerónimo de Sousa)

Arre, que é de mais!

Publicado por rpx às outubro 17, 2005 10:17 PM

Comentários

Comente




Recordar-me?