setembro 28, 2004

UM ANO

O Alandro al fez um ano no passado dia 26 de Setembro.

Publicado por tata em 09:43 PM | Comentários (14)

setembro 26, 2004

Futebol local

Escoural 0 Alandroal 3

Golos: Ivan; Oscar (2)

Fabuloso!

Publicado por tata em 07:52 PM | Comentários (4)

setembro 25, 2004

FUTEBOL LOCAL - Campeonato Distrital – Divisão de Honra

ÉPOCA 2004-2005
ANTEVISÃO

Inicia-se já este fim-de-semana o Campeonato Distrital da Divisão de Honra do Distrito de Évora, no qual o “nosso” JUVENTUDE SPORT ALANDROALENSE, marca presença.
Após um defeso um tanto ou quanto atribulado, devido a questões de substituição do treinador. Todos nós ALANDROALENSES confiamos numa boa prestação da nossa equipa, não só a nível competitivo, como tão bem de disciplina, esperando que quer na Taça do Distrito de Évora, na qual da primeira eliminatória ficamos isentos, como acima de tudo numa melhor classificação no Campeonato. Digamos que ficar classificado entre os primeiros sete (meio da tabela) é por nós considerado um bom campeonato.
Não se poupou a esforços a actual Direcção no intuito de nos proporcionar “uma boa equipa” e numa consulta ao site do Juventude Sport Alandroalense, é-nos dado a conhecer que a equipa técnica comandada por AUGUSTO CABEÇAS, antigo treinador do Escoural, e que muito projectou tal equipa, guindando-a a uma possível campeã, coadjuvado por JOÃO LUÍS GARCIA e tendo como massagista MATUTO, nos faz prever que é homem conhecedor da matéria e com provas dadas.
Do plantel, e segundo a mesma consulta, verificamos com agrado que a espinha dorsal da época passada se manteve e destacamos a continuação de LITOS, CADETE, GRENHO, JORGE PINTO, RENTE e JOÃO BALSANTE, que já deram provas de elementos de grande valia. Lamentamos a saída de João Barreiros, Cavacas e principalmente Rui Almeida, que nos parece um atleta de bom futuro.
Das novas contratações salientamos: NUNO PARDAL, JOSÉ CRISTO, VICTOR TEIGÃO, LUÍS SILVA, IVAN e FANICA. Citamos apenas estes por serem Atletas que já nos foi dado ver jogar, em outras equipas, principalmente no Escoural, confiando no entanto que CARLOS TRAVANCAS, RICARDO PAULINO, JOSÉ NAVALHAS, GONÇALO MAGALHÃES E RICARDO sejam ou possam vir a ser atletas de grande valor e possam projectar-se no futuro.
Vamos então agora divulgar o Calendário dos jogos para a época 2004-2005, no que concerne ao Alandroalense

26/09/2004: G.D.ESCOURALENSE – JUV. ALANDROALENSE
03/10/2004: JUV. ALANDROALENSE – PORTEL
17/10/2004 ATLÉTICO SPORT CLUB (Reguengos) – ALANDROAL
24/10/2004 ALANDROAL- REDONDENSE
31/10/2004 ESTREMOZ ALANDROAL
07/11/2004 ALANDROAL- BENCATEL
21/11/2004 GRUPO UNIÃO SPORT (Montemor) – ALANDROAL
28/11/2004 ALANDROAL – ORIOLENSE
05/12/2004 VALENÇAS (Ciborro) – ALANDROAL
12/12/2004 ALANDROAL – MONTE TRIGO
19/12/2004 RIO DE MOINHOS – ALANDROAL
09/01/2005 BORBENSE – ALANDROAL
16/01/2005 ALANDROAL- CALIPOLENSE
30/01/2005 ALANDROAL – ESCOURAL
06/02/2005 PORTEL – ALANDROAL
13/02/2005 ALANDROAL- ATLÉTICO REGUENGOS
20/02/2005 REDONDO – ALANDROAL
27/02/2005 ALANDROAL-ESTREMOZ
06/03/2005 BENCATEL – ALANDROAL
13/03/2005 ALANDROAL- UNIÃO DE MONTEMOR
27/03/2005 ORIOLA – ALANDROAL
03/04/2005 ALANDROAL- VALENÇAS~
10/04/2005 MONTE TRIGO – ALANDROAL
24/04/2005 ALANDROAL- RIO DE MOINHOS
01/05/2005 ALANDROAL – BORBA
08/05/2005 CALIPOLENSE – ALANDROAL

Reparem quem nos saiu em sorte na primeira e na última jornada!!!!
Isto promete!
Últimas notas, só para vos deixar a pensar:
À Associação de futebol de Évora terá de ser paga uma QUOTA ASSOCIATIVA, por jogo no montante de 200,00 Euros (DUZENTOS EUROS), até às 18,00horas da quarta-feira seguinte ao jogo.
Os clubes visitados ou considerados como tal deverão requisitar o Policiamento (P.S.P. ou G.N.R.).
A Associação de Futebol de Évora suportará os encargos de arbitragem. (Vá lá).
Os Clubes intervenientes na referida prova e de acordo com os mesmos, o preço de cada bilhete não pode exceder os 4 euros.

E chamam-lhe provas amadoras!

Bem...vamos todos à bola, vamos apoiar o nosso Juventude Sport Alandroalense, vamos confiar numa boa época. Vamos a eles, que se for preciso até comemos a terra, já que não temos relva.

Por mim lá estarei no Domingo, pelas 17 horas no Escoural, com a minha bandeirinha, e sedento de vingança dos sete com que me presentearam na época passada.

FORÇA ALANDROAL

Saudações Marroquinas
Xico Manel

Publicado por tata em 12:36 PM | Comentários (3)

setembro 21, 2004

By Night

Alandroal by Night II

alandroal_by_night_II.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 09:44 PM | Comentários (0)

Espaço de opinião

Sobre o início do ano lectivo.

Pode seguir um relato na primeira pessoa no blogue Da Escola.

Citação: "... cá continuo à espera, sentado pois claro, que sou alentejano. Afinal, eu e a minha gente alentejana temos a fama, outros têm por nós o proveito.
tá mal.."

Deixe a sua opinião nos comentários.

Publicado por tata em 12:46 PM | Comentários (15)

setembro 20, 2004

By Night

Alandroal by night

alandroal_by_night.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 10:37 PM | Comentários (1)

Momento de Poesia

Lisboa Perto e Longe

Lisboa chora dentro de Lisboa
Lisboa tem palácios sentinelas.
E fecham-se janelas quando voa
nas praças de Lisboa - branca e rota
a blusa do seu povo - essa gaivota.

Lisboa tem casernas catedrais
museus cadeias donos muito velhos
palavras de joelhos tribunais
Parada sobre o cais olhando as águas
Lisboa é triste assim cheia de mágoas.

Lisboa tem o sol crucificado
nas armas que em Lisboa estão voltadas
contra as mãos desarmadas - povo armado
de vento revoltado violas astros
- meu povo que ninguém verá de rastos.

Lisboa tem o Tejo tem veleiros
e dentro das prisões tem velas rios
dentro das mãos navios prisioneiros
aí olhos marinheiros - mar aberto
- com Lisboa tão longe em Lisboa tão perto.



Lisboa é uma palavra dolorosa
Lisboa são seis letras proibidas
seis gaivotas feridas rosa a rosa
Lisboa a desditosa desfolhada
palavra por palavra espada a espada.

Lisboa tem um cravo em cada mão
tem camisas que abril desabotoa
mas em maio Lisboa é uma canção
onde há versos que são cravos vermelhos
Lisboa que ninguém verá de joelhos.



Lisboa a desditosa a violada
a exilada dentro de Lisboa.
E há um braço que voa há uma espada.
E há na madrugada azul e triste
Lisboa que não morre e que resiste.

Manuel Alegre

do site Poemas sobre Lisboa

Publicado por tata em 10:33 PM | Comentários (1)

setembro 19, 2004

Fonte da Praça

fonte_alandroal_luis_tata_net.jpg
foto luis tata

Publicado por tata em 11:02 PM | Comentários (1)

IR ÀS SORTES

Ainda o Sol não despontava no horizonte, e já “eles” se faziam ouvir!!!
Entravam na “Vila” pelo “Choupal”. Faziam-se transportar em “carros de parelhas”, puxados por magníficos “machos”. Cada carro acomodava aí uns vinte. Todos de pé e abraçados. Cantavam “saias” e cantigas alentejanas sempre acompanhados por uma “concertina”. As “ agarrafas” da água ardente e do “escarchado”, passeavam de mão em mão e de boca em boca.
Eles eram os rapazes que vinham “tirar as sortes”. Ali, muitas vezes se traçava o futuro, e nem mesmo quando se sabia que “ficar apurado”significava ter que enfrentar uma guerra diminuía a alegria contagiante destes jovens.
Chamava-se “TIRAR AS SORTES” o ser presente à inspecção médica, para avaliar a robustez no intuito de se saber se estava ou não apto para o cumprimento do serviço militar.
O ritual durava cerca de uma semana, primeiro os de Santiago Maior, depois Juromenha, os últimos eram os do Alandroal.
A noite que antecedia o evento, era consumida nos preparativos, pelo que a maior parte não chegava a deitar-se. Agora que revejo a cena, parece-me que tão bêbados vinham os protagonistas, como os animais que puxavam os carros.
Era um período e grande negócio para os “taberneiros” e comerciantes, em contraste com as dores de cabeça das autoridades responsáveis pela manutenção da ordem pública.
Chegados à Praça, depois de uma paragem na taberna do Eduardo, começavam as confusões: medição de forças, braços de ferro, saltos das grades da Câmara,”más-lutas”e o culminar das “brincadeiras”, banho completo na Fonte para refrescar as ideias.
Depois de saberem, o resultado da inspecção, enfeitavam-se com metros e metros de fitas, compradas no Valadas, ou no Alexandre, e às vezes no Bernardino, cujas cores simbolizavam a “sorte” de cada um: Vermelhas, se estavam aptos para a tropa (Apurados), Verdes, se estavam inaptos (Livres), Brancas se vislumbrasse que ainda não tinham atingido a maturidade completa, mas que poderiam no ano seguinte atingi-la (Adiados).
Pelo sol-posto, com a mesma alegria e irreverência, com que tinham chegado partiam para as suas Aldeias, para participarem aos familiares o resultado “das sortes”. À noite, no Baile era altura de com a namorada traçar planos para o futuro, agora que uma etapa importante da sua vida se tinha decidido.
Também eu...tirei as sortes...percorri as ruas da Vila cantando saias... fui acompanhado pelo Domingos Cachamela e o seu trombone... matámos uma vitela... comemo-la na casa que ficava por debaixo da Sociedade da Música.... Fizemos um baile com um conjunto do Redondo... a “festa” durou uma semana... e sabem como terminava todas as noites? BANHO NO CHAFARIZ DA FONTE.

Saudações Marroquinas
Xico Manel

Publicado por tata em 10:58 PM | Comentários (3)

EM MONTEJUNTOS JOGOU-SE À MALHA

Malha_2004_Capelins_net.jpg

Na aldeia de Montejuntos (Alandroal), realizou-se hoje dia 19 de Setembro, o III Torneio da Malha deste concelho. Este evento decorreu precisamente na freguesia onde há um maior número de praticantes deste jogo tradicional.
Como é hábito houve uma boa aderência por parte dos jogadores desta freguesia. De salientar também a presença de jovens com idades a partir dos 12 anos, nesta modalidade jogada principalmente por pessoas mais idosas.
Este torneio serviu de ensaio para a representação deste concelho que irá estar presente na Festa da Malha a realizar em Évora no próximo fim de semana.
Organizou este evento desportivo o Município do Alandroal com o apoio da Junta de Freguesia de Capelins.

António Jeremias

Publicado por tata em 10:52 PM | Comentários (1)

Bons vizinhos

bonsvizinhos.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 10:41 PM | Comentários (0)

Finalmente um blogue de Vila Viçosa

Numa altura em que continuam a surgir novos blogues locais, com especial destaque para a cidade de Estremoz, tomamos conhecimento do primeiro blogue de Vila Viçosa.

Chama-se apropriadamente o Calipolense, foi criado em Julho e o seu autor assina-se por cakeman.

Infelizmente o último post data de 25 de Agosto. Esperamos que o seu autor não desista e nos continue a dar uma visão de Vila Viçosa. A sua presença é necessária na net.

O Alandro al dá as boas vindas ao Calipolense e espera que este contribua para uma visão participativa e responsável dessa grande terra que por sorte nos tem como vizinhos.

Publicado por tata em 02:20 PM | Comentários (0)

setembro 18, 2004

Citação

"Uma leitura a fundo dos blogues locais poderia suprir muitas deficiências resultantes da ausência de correspondentes locais e revelar histórias bem interessantes."

Pacheco Pereira no Público.

Publicado por tata em 09:31 PM | Comentários (0)

Campo de golfe no Alandroal

Segundo o EXPRESSO, na sua secção País Real, vai ser construído no Alandroal um dos cinco campos de golfe na zona de Évora.

A informação avançada pela Diário do Sul diz-nos que estão previstos mais dois campos no concelho de Évora e um em Montemor-o-Novo e Redondo.

Curiosamente a nota de imprensa da Região de Turismo de Évora datada de 6 de Agosto apenas refere a candidatura ao programa Piter dos municípios de Évora, Redondo e Montemor-o-Novo.

Desconhecemos em que zona do município se irá situar o referido campo de golfe, mas certamente será perto da albufeira do alqueva.

Publicado por tata em 08:04 PM | Comentários (1)

setembro 14, 2004

Propriedade Privada

propriedade_privada.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 08:41 PM | Comentários (3)

ASSIM... NÃO VAMOS LÁ!!!!

Se há uma coisa que gosto quando visito o Alandroal, é dar uma volta pelo Concelho. Já o demonstrei em escritos anteriores, nos quais tive oportunidade de realçar o que de bom se vai fazendo... gosto de ver os campos cultivados, as novas produções pecuárias, o restauro de Montes, que muitas das vezes até me surpreendem pela magnificência que ostentam, as novas construções de moradias, felizmente a maior parte delas conservando a traça alentejana, e como não, encontrar velhos amigos e com os mesmos confraternizar. Foi assim que numa recente visita à “minha terra”, e após o almoço me dispus a dar uma voltinha “pelas Aldeias”.

Chegado ao Rosário, e mesmo ao fim da localidade, quando se toma a estrada que liga a Ferreira, deparei com uma placa que me indicava: Guadiana 7 km. A estrada, ainda que camarária, estava com pavimento alcatroado, e sem buracos, bermas limpas e placas indicando os Montes que se iam avistando, o que me levou a pensar: “ora aqui está mais um bom serviço prestado pela autarquia”. De um lado e de outro da estrada, o já tradicional arame farpado, coisa que já não estranho, e as malfadadas placas rectangulares a vermelho e preto que nos lembram que tal como dantes, a caça é só para os “abonados”.
De vez em quando, lá se avistava um campo cultivado, uma rega por aspersão, muito rara, umas pachorrentas vacas ou ovelhas pastando... tudo como dantes. Mas o que me chamava a atenção eram umas placas, azuis, com letras brancas, que eu nunca tinha visto. Sinais de trânsito não eram concerteza, toponímicas também não. Parei e fui ver: PROIBIDO APANHAR GOGUMELOS E ESPARGOS”. Até fiquei com pele de galinha... então andaram os meus pais a ensinarem-me a sobreviver da natureza, se algum dia isto corresse para o torto. Eu que aprendi que desde amoras até à água que nasce nas fontes, a natureza tudo nos dá, e que desde que não seja roubado é possível sobreviver com o que brota espontaneamente da terra, como são os cogumelos e os espargos, é agora proibido apanhar? Pergunto eu: lucrará o Estado com tal proibição? Há alguma Lei que permita a fixação de tais placas? E a Autarquia? Arrecada alguma receita? E o concelho do Alandroal que benefícios tira? E o referido produto? É para comercializar ou apenas para ser saboreado pelos privilegiados? Antigamente a GNR dava grandes “enxertos” a quem fosse apanhado a “rabiscar” bolotas ou azeitonas podres, e agora se eu fosse apanhar uns cogumelos? Também me batiam? Só falta um dia dar-me uma dor de barriga, por esses campos fora e encontrar uma placa que diga: É PROÍBIDO CAGANÇAS E MIJADURAS. Onde isto chegou!!!
Continuando... estrada fora e Guadiana nada... ao fim avistei um Monte. A recepção foi dois cães que se não me apresso a fechar os vidros... não saía dali inteiro. E a estrada terminava ali. Uma Senhora que entretanto acudiu informou-me que deveria voltar atrás, e apanhar o primeiro “caminho” à direita. Assim fiz e vi-me metido num “matagal”que já maldizia a altura em que me meti em tal embrulhada. Concluindo: Guadiana... não lhe pus a vista em cima; carro amachucado e todo riscado; vontade de para ali voltar... nenhuma.
Para a próxima, quando quiser ver o Guadiana... vou a Juromenha. Aí sim... cada vez está mais bonito, e a estrada além de transitável, chega mesmo até à água, e se quiser apanhar uns caracóis... ainda não é proibido.

Saudações Marroquinas
Xico Manel

Publicado por tata em 08:38 PM | Comentários (8)

setembro 13, 2004

The Wall

the_wall.jpg
foto luis tata

Quem é da minha geração e frequentava os bailes das Festas de Setembro sabe do que falo!

Publicado por tata em 11:57 PM | Comentários (1)

Viva o Vitória de Setúbal

setubal2.jpg

Segundo fonte do JSA o Vitória de Setúbal irá realizar um jogo particular com o Alandroalense no dia 9 ou 10 de Outubro.

Por isso viva o Vitória!

Publicado por tata em 09:25 PM | Comentários (1)

Torneio de Street Basket

Street_Basq1_net.jpg

O Município de Alandroal organizou durante o III Festival da Juventude, um Torneio de Street Basket. Este evento desportivo decorreu na manhã do passado Sábado, em frente à Fonte das 6 Bicas. Embora não tenha havido a aderência desejada, quer em termos de participantes quer em termos de assistência, como primeira experiência foi extremamente interessante e positiva. Pensamos que devido às características e condições em que se desenrola esta competição, se deve apostar mais nesta modalidade.
Lembramos que esta iniciativa contou com a colaboração da Choupana-APDCA e da empresa Refrige.

Texto e foto por Palancas

Publicado por tata em 08:11 PM | Comentários (2)

EXCELENTE NOCTURNA

Valeu a pena a deslocação ao Alandroal!
Apesar dos mais cépticos duvidarem do êxito desta Corrida de Touros, devido ao excesso de Festas, ao início das Festas dos Capuchos na vizinha Vila Viçosa, e principalmente à realização da Tourada Real em Évora, o certo é que o público não se fez rogado, e mesmo muitos Calipolenses trocaram a “sua“ noite de Festa por uma deslocação à Praça Joel Rosado.
Com as bancadas totalmente preenchidas, foi lidado um curro de seis excelentes touros, com pesos superiores a 500 Quilos, da Ganadaria Dias Coutinho, que proporcionaram retumbantes êxitos aos Cavaleiros em praça: José Luís Cochiço, João Salgueiro e Rui Fernandes, mais uma vez o triunfador da noite. Basta dizer que a “nossa” Banda do Centro Cultural teve uma noite de muito trabalho, pois se viu obrigada a tocar logo ao primeiro curto de qualquer dos Cavaleiros. Destaque para o Director de Corrida, em cujo rosto se via a satisfação, pela maneira como as coisas corriam não sendo quase necessária a petição do público “para mais uma”, sendo o próprio a quase pedir a colocação de mais um ferro.
Emoção a rodos proporcionada pelos moços de cinta vermelha, Aposento da Moita e Aposento do Alandroal, pegando com saber e mestria, e aos quais o Público não regateou aplausos.
Notas à parte: uma negativa – a iluminação é ainda deficiente, no entanto melhorou desde a última corrida. Positivas: o civismo do público, a entrega do mesmo aos Artistas, sendo visível que com a realização de mais corridas a “aficcion” se vai instalando por estas bandas. Agradou-nos sobremaneira verificar que nas trincheiras se instalaram apenas as pessoas necessárias ao evento, não formigando as habituais “melgas”, como temos visto em tantas outras Praças. A excelência da Banda (nossa).
Por fim, uma palavra de apreço pelo método encontrado pela organização (C.M.A.), de mais uma vez e como já vem sendo hábito, proporcionar aos idosos o desconto de 50% no preço dos bilhetes, permitindo assim a uma população predominantemente idosa, poder desfrutar de eventos que de outra forma não estavam ao seu alcance. Assim se mostra que a terceira idade não é esquecida por quem de direito.
A terminar: é altura de rever a realização de touradas por altura da Festa de Setembro: no meu entender uma garraiada a abrir com “promessas”, uma Corrida com primeiras figuras no Domingo e a habitual “ao uso da região” na Segunda à noite seria o ideal. Deixo à consideração dos responsáveis.

Saudações Marroquinas
Xico Manel

Publicado por tata em 07:58 PM | Comentários (9)

setembro 10, 2004

Air Bunjee

airbunjeejuana.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 05:18 PM | Comentários (0)

Grandiosa corrida

Hoje às 22.00 H no Alandroal

Corrida de Toiros

Cavaleiros: José Luis Cochicho; João Salgueiro; Rui Fernandes.

Forcados: Aposento da Moita e Aposento do Alandroal.

Toiros: Ganadaria Dias Coutinho

Publicado por tata em 05:14 PM | Comentários (1)

Kussondulola arrasam o Alandroal

kussondulolanoalandroal.JPG
foto luis tata

Histórico é como pode ser definido o concerto dos Kussondulola no Alandroal.

Felizmente e em boa hora a CMA decidiu realizar o espectáculo no Parque de Feiras e Exposições, uma vez que a Praça da República teria sido pequena para albergar a multidão que acorreu ao chamamento dos discípulos de Bob Marley.

Pelas 21.30 era já difícil estacionar, tal a afluência de público. Felizmente os enormes parques de estacionamento foram suficientes para impedir a desordem do estacionamento caótico que ainda se temeu.

Após enfrentar as filas nos vários pontos de entrada do recinto houve ainda tempo para experimentar os vários divertimentos à disposição (fotos em próximas postas), Air Bunjee, insufláveis e claro escorregas e baloiços, foram os preferidos.

Às 22.30 a multidão gritava já pela presença dos embaixadores do reggae em Portugal, estes não se fizeram rogados e pouco depois ouviu-se o metralhar do animador que insistentemente perguntava à multidão "Tá-se bem?". E como não se podia estar? (ver foto em baixo).

Foi o delírio!!

Uma imponente secção rítmica, acompanhada por um baixo fluído e enebriante levaram o vocalista a um espectáculo apenas comparável, nos últimos tempos, ao concerto dos Black Eyd Peas no Rock in Rio.

Fantástico!

Publicado por tata em 01:15 PM | Comentários (1)

TÁ-SE BEM!!

matapintoskussondulola.jpg
foto luis tata

A população do Alandroal seguiu com entusiasmo a actuação dos Kussondulola.

Publicado por tata em 12:54 PM | Comentários (1)

setembro 09, 2004

Kussondulola no Alandroal

kussondulola_janelo_01.jpg
foto google

Os kussondulola vão estar hoje no Alandroal.

Tá-se mesmo bem!

Publicado por tata em 01:12 PM | Comentários (2)

Cartas dos Leitores

Caro Luís:
Adoro ler e manter-me informada de tudo! (Mulheres!...- dirão alguns.)
Adoro o Concelho do Alandroal! Concelho que viu nascer os meu avós, e destino obrigatório das minhas férias (uma aldeia aí pertinho!) desde os meus 4 ou 5 anos de idade...
Desconfio da Internet....

embora me tenha rendido à sua insubstituível funcionalidade como base de pesquisa, académica e não só. Essa liberdade de auto e hetero divulgação, bem como de todo um espectro de assuntos, é simultaneamente o aspecto que me atrai e me assusta, que me fascina mas que me suscita um certo grau de desconfiança.
Sou uma defensora acérrima da liberdade de expressão, mas tenho a convicção ética que a liberdade é um direito de que devemos usufruir com a responsabilidade que a razão nos confere! E os limites da nossa liberdade estão geograficamente delimitados pelas fronteiras da liberdade do outro... Toda esta divagação para dizer que nada me dá mais prazer que dar ou ler/ ouvir uma opinião sobre um tema (social/ político/ cultural...) escrita de forma irónica, acutilante, divertida (sou uma fã incondicional do Eça!), em que a verdade seja ditadora, mas em que o respeito pelos outros e pelos princípios fundamentais seja mantido!
Ora quando se deu o boom dos blogs, ou para ser mais exacta, quando eu me dei conta da existência desse meio de comunicação no espaço virtual (o que diga-se a abono da verdade, deve representar um intervalo de tempo considerável....) em revistas e outros meios de comunicação, falava-se de opiniões abusivas, facciosas, mentiras vis, comentários difamadores, dados por detrás da confidencialidade que a Internet proporciona. Percebem-se os fundamentos da minha desconfiança...
Foi com muita curiosidade e expectativa que li atentamente os textos divulgados no blog do Alandroal um dia em que uma pesquisa por simples curiosidade aí foi dar. E devo dizer que foi uma agradável surpresa a qualidade e diversidade dos assuntos discutidos e divulgados, o carisma e interesse que me suscitaram os textos de opinião, a originalidade das fotos e dos comentários. Neste momento é com prazer que sigo, mais ou menos assiduamente, a actualização admirável deste blog.
Porque aqui encontro muitas vezes, materializado nos diferentes olhares sobre o Alandroal, algumas das razões que me fazem voltar sempre, e que já ultrapassam os laços familiares e de amizade que me ligam à terra. E posso acrescentar-vos outras à laia de confidência... o céu vejo-o como em mais lado nenhum (moro nos arredores de Lisboa!), a paisagem instala-me quase sempre os mais positivos estados de espirito, a vida, as gentes estão ainda muito próximas de um espirito comunitário que nas grandes cidades se perdeu definitivamente... e podia continuar indefinidamente!
E eu só sou, deixem passar a expressão, neta da terra! Nem é mesmo à vila que mais estou ligada, mas a uma aldeia desse concelho (que como quase todas as aldeias é sempre o parente pobre do investimento político, cultural, etc. – mas isso já são outras andanças!). Contudo admiro e, confesso, apaixonei-me por todo o concelho, pela sua história e pelo seu percurso, pelas suas potencialidades e pelas suas belezas escondidas que quase preferia guardar para mim, de uma forma egoísta, como um refúgio meu.
Mas alegra-me que conhecidos me digam com naturalidade “Fui passear para a região do Alandroal nas férias. Conheces? Acampei no Camping Rosário, fui almoçar ao “Solar dos Ramalhos” (passo a publicidade), vi a ribeira cheia pelo Alqueva... Gostei muito. Aquela zona é porreira!” Alegra-me também que desconhecidos teçam os comentários lisonjeadores que teceu Dupont do Blog O Vilacondense (que aí vi referenciados um destes dias). Alegram-me os projectos anunciados e os há muito prometidos e que vão, lentamente, sendo concluídos.
Alegro-me disso tudo como se a terra fosse minha... e não é! E como explicar-lhe isto, Caro Luís? Parafraseando-o :” Ele há coisas que não se explicam, sentem-se!”
E é bom, neste meio de comunicação maioritariamente impessoal que é a Internet, neste espaço de liberdade onde quase tudo acontece, e onde facilmente se atenta contra valores e princípios fundamentais (a linha que separa o correcto e o incorrecto é facilmente transponível...), encontrar-se formas de efectivamente aproximar as pessoas, entre si, destas à terra, e desta forma levar a terra aos demais! De uma forma simples e despretensiosa! E tudo isto pela mão poderosa da comunicação humana, pela arte inesgotável da escrita e pelo prazer inalienável da leitura!
Por tudo isto, o meu bem haja!

Dina

Publicado por tata em 11:38 AM | Comentários (1)

Os Baloiços III

joanaosmeusbaloicos.JPG


-Os meus baloiços?

Publicado por tata em 11:24 AM | Comentários (2)

setembro 08, 2004

Regras da Blogosfera

Vale a pena ler a Sociologia bloguística no Sexo dos Anjos.

Publicado por tata em 07:51 PM | Comentários (0)

Os Baloiços II

Nas tradicionais férias de família passadas no Alandroal o ponto alto do serão era passado no Jardim da Praça da República com as meninas nos Baloiços.

A minha mais velha batia recordes sucessivos de permanência, deliciando-se no vai vem delicioso sem sentido de que todos nos lembramos e que concerteza guardamos alguma nostalgia.

A minha mulher infrigia mesmo as regras e também ela não resistia à tentação de experimentar o baloiço.

O parque não era seguro, todos o sabíamos, já o tinhamos comentado. O pavimento de areia, os equipamentos, o lancil de pedra.

No Alandroal, nenhum dos equipamentos infantis me parece cumprir as regras de segurança na sua totalidade, resalvando-me a possibilidade de estar equivocado por não ser especialista nesta área.

Mas ao que sei o jardim infantil da Praça da República foi inspeccionado (os outros também o foram?) e pura e simplesmente foi desmantelado. Deixou de existir. No seu local continua agora uma caixa de areia inerte que nestas festas serviu para local de sardinhada.

O Jardim é importante para o Alandroal. Não só para as crianças mas para as famílias terem um local onde possam estar, sentarem-se, conversarem.

As ruas do Alandroal, fora dos dias de festa, estão desertas à noite. Desertas e mal iluminadas e se hoje o chamamento da televisão e da internet cada vez prende mais as famílias em casa o desmantelar do jardim só vem contribuir para este efeito.

Reconstrua-se um novo parque infantil, com um chão actual, com equipamentos de qualidade, com uma vedação adequada, e por que não, se o problema como alguns me avançam for a proximidade das vias de circulação, se impeça a circulação automóvel no núcleo central da Praça da República, reservando-a à circulação pedonal.

Os funcionários da CMA do Alandroal, cujas viaturas são maioritárias no estacionamento na praça concerteza não se importarão e serão os primeiros a deixar os seus veículos um pouco mais longe.

Afinal um pouco de exercício físico até lhes era benéfico (alguns estão a engordar a olhos vistos, atenção ao coração).

luis tata

Publicado por tata em 07:44 PM | Comentários (0)

Os Baloiços?

sofiapedeosbaloiços.jpg

-Quero os meus baloxos!

Publicado por tata em 04:49 PM | Comentários (4)

Sporting/Benfica

matraquilhosinterdito.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 04:43 PM | Comentários (4)

III FESTIVAL DA JUVENTUDE

9 a 12 de Setembro,2004

Dia 9- Abertura
18.00h-Desportos Radicais(Air Bunjee;Escalada;Slide;Matraquilhos Humanos)
22.00h-Grupo Kussondulola
24.00h-Discoteca Móvel


Dia 10
18.00h-Desportos Radicais(Air Bunjee;Escalada;Slide;Matraquilhos Humanos)
22.00h-Corrida de Toiros - Cavaleiros: José Luis Cochicho; João Salgueiro; Rui Fernandes. Forcados:Aposento da Moita e Aposento do Alandroal. Toiros: Ganadaria Dias Coutinho
24.00h-Discoteca Móvel


Dia 11

09.00h-Street Basket(Praça da Républica)
18.00h-Desportos Radicais(Air Bunjee;Escalada;Slide;Matraquilhos Humanos)
22.00h-Orquesta Cubana Mc Clean y las Latin Girls
24.00h-Discoteca Móvel


Dia 12 Encerramento

18.00h-Desportos Radicais(Air Bunjee;Escalada;Slide;Matraquilhos Humanos)
22.00h-“Artistas de Cá” (Actuação de Artistas Amadores do Concelho)

Publicado por tata em 04:33 PM | Comentários (1)

setembro 07, 2004

PASSATEMPO

Complete a frase nos comentários:

"Alandroal, um concelho, três castelos e... "

A proposta mais original ganha uma moedinha.

Publicado por tata em 03:48 PM | Comentários (5)

A Torre Iluminada

torreiluminada.JPG
foto luis tata

Publicado por tata em 03:38 PM | Comentários (4)

Terminaram as Festas de Setembro

luiseclare.jpg
foto luis tata

Chegaram ao fim as tradicionais Festas de Setembro, ponto mais alto do calendário de todos os Alandroalenses que tradicionalmente se reencontram no primeiro fim-de-semana do nono mês.

Foram três dias de intenso "trabalho" da equipa destacada pelo nosso blog para levar a todos os cantos do mundo o evoluir das festividades em todas as suas vertentes (cobertura integral de 24 horas).

Infelizmente um erro, certamente motivado pelo extremo cansaço acumulado, fez-nos perder a maior parte das fotos que perpetuariam para sempre estas que foram, seguramente, umas das melhores Festas de Setembro de sempre (as máquinas digitais têm destas coisas). Resta-nos pois a verve para tentar descrever o que foram as festas. Vamos tentar fazê-lo brevemente.

Sábado as hostilidades iniciaram-se com uma tradicional garraiada na Praça da República. O evento, ao qual apenas se pode aproximar, para terem uma pequena ideia, as Corridas de S. Fermin, decorreu, desta vez, sem grandes percalços. Excepto vasos partidos, caixotes do lixo arrancados e laranjeiras despedaçadas. Pouco civismo por parte do "gado bravo".

Estavam reunidas as condições para à tarde se iniciar a corrida ao uso da região. Com a Praça de Toiros à cunha (refiro-me à antiga) os "cornupetos" não deram qualquer hipótese e os bravos aficionados alandroalenses não consumaram qualquer pega digna de registo. Valeu pelo ensaio para a corrida nocturna que se realizaria na Segunda-feira.

A noite foi animada por Mario DiMoita, filho do famoso fadista Luís Piçarra. Um show honesto e despretensioso. Sem mais comentários.

Animação nocturna no pátio do Castelo e nos bares locais.

Domingo realizou-se a tradicional procissão solene, momento sempre comovente para quem como eu tantas vezes tocou a mais linda música, o verdadeiro hino do Alandroal, o Hino de Nª Sr. da Conceição.

De tarde mais uma tourada (ao que parece alguém pegou um toiro).

Magnífico concerto pela Banda do Alandroal. A nostalgia dos tempos em que também eu pertenci à nossa filarmónica e o orgulho de assitir ao excelente concerto proporcionado, soberbamente dirigido pelo maestro António Alfaiate, invadiu-me. Parabéns.

Era chegada a hora de Roberto Leal. E foi.

Mais animação noturna.

Segunda-feira Sardinhada e tourada noturna.

Fim de festa.

Resumo (piada privada):

-Bela festa!!
-Mais ou menos!

Para o ano há mais e se Deus quiser cá estaremos todos outra vez. Porquê? Ele há coisas que não se explicam, sentem-se.

O Alandroal vai continuar animado e já no próximo fim-de-semana vamos ter o Festival da Juventude. Ponto alto: a presença dos Kussundolola.

Publicado por tata em 03:19 PM | Comentários (2)

setembro 04, 2004

FOTOS DO SHOW DE STRIPTEASE NO ALDRABAR

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS

Publicado por tata em 03:37 PM | Comentários (5)

Ranchos

ranchosfs2004.jpg
foto luis tata

A noite foi animada pela actuação de três Ranchos folclóricos:

Fortios
Benfica do Ribatejo
Serra do Caldeirão - Cortelha-Salir

Já passava das 2 da manhã quando no palco se bailou o Baile Mandado.

Eh marafados!

Publicado por tata em 03:17 PM | Comentários (0)

Simulacro

simulacrobvafs2004.JPG
foto luis tata

As Festas de Setembro iniciaram-se com um simulacro dos BVA no qual demonstraram as suas capacidades na resposta a situações de extrema complexidade.

Desencarceramento de vítimas seguido de imobilizações e transporte de feridos foram algumas das vertentes do trabalho dos soldados da paz que mostraram eficácia e saber.

O simulacro foi seguido por uma população orgulhosa nos seus Bombeiros que não regateou palmas no final da demonstração.

Estão de parabéns os Bombeiros pela iniciativa e pelas capacidades demonstradas.

Espera-se que novos elementos se juntem à corporação para fazer juz ao lema "vida por vida".

Publicado por tata em 03:06 PM | Comentários (0)

INTERDITO

Imagem 025.jpg

"Gostas pouco, gostas!"

Publicado por tata em 02:58 PM | Comentários (0)

setembro 03, 2004

Striptease no ALDRABAR

Pela primeira vez no Alandroal o Bar ALDRABAR vai promover um Show de Stiptease Masculino e Feminino, com as bailarinas do Herman SIC.

Consumo mínimo 5 Euros.

É já esta noite.

Amanhã, Sábado, a noite será animada pelo DJ Pata-Larga.

Publicado por tata em 04:05 PM | Comentários (1)

Roberto Leal no Alandroal

roberto leal.jpg

Rima e é verdade. Roberto Leal vai estar no Alandroal.

José Cid não estava disponível, continua em acampamento numa praia incerta.

Arrebita

Composição: Desconhecido
Ai coxopa se tu queres ser bonita! Arrebita, arrebita,arrebita!!!

G D
Casei com uma Gabriela, por ela Ter muita guita
C G
Agora minha espinhela
D G
Arrebita, arrebita, arrebita!!!

(ref.)

A noite eu vou trabalhar
Na saída ela sempre fica
Mas quando o dever chegar
Arrebita, arrebita, arrebita!!!

(ref.)
Mas que mulher ciumenta
No homem não se acredita
Ai como ela se contenta
Arrebita, arrebita, arrebita!!!

(ref.)

A mulher que tem pelos na venta
Será sempre uma esquisita
E dá nação barulhenta

Publicado por tata em 03:42 PM | Comentários (0)

Programa das Festas de Setembro

Sexta-feira, 3 de Setembro

20.30 H - Celebração Penitencial
21.00 H - Simulacro junto à Fonte das Seis Bicas
22.00 H - Início do Arraial
22.30 H - Actuação dos Ranchos folclóricos

Sábado, 4 de Setembro

10.30 H - Largada de Touros
18.00 H - Tourada ao uso da região
22.00 H - Concerto pela Banda da Escola de Música do Centro Cultural de Alandroal
01.00 H - Espectáculo de pirotecnia

Domingo, 5 de Setembro

09.30 H - Torneio de Tiro ao Alvo
10.30 H - Missa Solene seguida de Majestosa Procissão
18.00 H - Tourada ao uso da região
22.30 H - Concerto pelo consagrado artista Roberto Leal

Segunda-Feira, 6 de Setembro

18.00 H - Convívio aberto a toda a população onde se degustarão a boa sardinha e as deliciosas febras, animado pelo grupo "Pedrinhas de Arronches"
22.00 H - Tourada Noturna, que marcará o encerramento das festividades

Publicado por tata em 03:27 PM | Comentários (0)

Alandroal por Dupont

105_0556.jpg
foto Dupont

Publicado por tata em 03:15 PM | Comentários (0)

O VILACONDENSE NO ALANDROAL

Dupont do Blog O VILACONDENSE veio em visita até ao Alandroal:

"Eis então que, num fim-de-semana deste Verão, comuniquei à família que, em vez de praia, íamos ao Alentejo profundo. Uma confusão, protestos, ameaças de choro, enfim, o costume, mas nada que a minha confortável quota familiar de 51 % não resolvesse num instante…"

A visita agradou:

"E assim se passou um dia fantástico, numa terra linda, simpática e acolhedora. Na rua, com quem falámos, todos foram de excepcional cortesia, perguntando donde éramos e aconselhando esta ou aquela visita."

E Dupont escreve no seu blog um verdadeiro tratado sobre o Alandroal, de visita obrigatória!

Fantástico.

Um grande abraço.

Publicado por tata em 03:09 PM | Comentários (1)

setembro 02, 2004

NO AR

radio_1.jpg

@claré

Publicado por tata em 02:07 PM | Comentários (1)

Já lá vão uns quantos anos

Ainda os Bombeiros Voluntários do Alandroal eram ali para os lados da Taberna do “Piçarra” e aqui o moço fazia parte daquele colectivo. Como muitos outros membros do referido passava muitas das noites em que me encontrava de serviço no quartel, que era uma forma de fugir ao calor que faz por estas bandas em noites de verão, quando certa noite estando a tentar ouvir um relato de um jogo de futebol, talvez um Sporting Benfica, num daqueles pequenos rádios portáteis que só apanham apeadeiros, estações muito poucas, ouviu qualquer coisa que lhe despertou a atenção, parecia ser uma voz conhecida um pouco roufenha, mas conhecida que dizia qualquer coisa do género :
-- Rádio voz do Alandroal emissão experimental, nos 94 MHz do FM, pedimos a quem nos esteja a sintonizar para que nos informe das condições de recepção.
Aviso que era repetido com alguma insistência, depois de algum tempo a ouvir esse aviso e com a curiosidade própria de que tem 17 ou 18 anos aqui o vosso companheiro logo tentou saber de quem se tratava e de que se tratava, e não tardou que não me deparasse com dois ilustres Alandroalenses em frente a um antigo Gira-discos com um prato e um gravador, tinha descoberto os estúdios da que viria a ser a Radio Cá-Tá. Dos ilustres deixo-vos adivinhar de quem se tratava. Palavra puxa palavra e não tardou que o convite surgisse. Com alguma relutância lá me acerquei do micro... E pronto ali estava outro futuro locutor da rádio do Alandroal, não me recordo quantos anos por lá andei o que me recordo isso sim foi das pessoas que por lá passaram e das experiências que com elas compartimos (O Zé Galvão, O Sousa, os Poetas Populares enfim tanta gente ...) Hoje ao lembrar esses tempos e rebuscando no baú das memórias teria tanto para contar mas como uma imagem vale mais que mil palavras, ofereço-vos a ternura do aviãozinho que foi imagem da Rádio por algum tempo. Tratem-no bem pois os filhos devem ser bem tratados...

Fiquem bem!

Claré

Publicado por tata em 02:05 PM | Comentários (2)

setembro 01, 2004

A FESTA DE SETEMBRO (OUTROS TEMPOS)

Tudo começava em meados de Setembro (nessa altura a “Festa” tinha lugar no último Domingo de Setembro e prolongava-se pela Segunda e Terça Feira) com o Mestre BATATA a erguer o Coreto nos Arrequizes, local do evento. A partir dessa altura estava interdito o “jogo da bola”. A seguir erguia-se um palanque na Rua do Rodo, com o propósito de aumentar a capacidade da Praça de Touros. Dizem os mais velhos que uma vez se desmoronou, provocando ferimentos em inúmeros espectadores.
Guardo na memória a equipa de Festeiros que punham mãos à obra. Mestre ZÉ BIGA, JANGA, JERÒNIMO, ZÉ TÁTÁ, CATITA, BATATA, MANUEL ROMA e outros cujos nomes não me ocorrem, assumiam os riscos, para o bem e para o mal.
Aguardavam-se a saída dos prospectos, para confirmar a Banda, o Rancho, as Orquestras...o resto era igual de ano para ano: Fogo de Artificio dos afamados pirotécnicos Alves e Filhos, do Sardoal, Vacas do Caixeirinha ou do Sebastião Cordeiro, feéricas iluminações eléctricas e serviço de tômbola, com o sorteio dos géneros ofertados e as famosas garrafas de escachado “Cristalino”.
Sábado à tarde vinha o “gado bravo”... Íamos esperá-lo ao alto de Carambô, dependurados nas copas dos chaparros, descia a Ladeira das Pedras, e já no Touril apareciam os “valentões” para opinarem da bravura dos cornuptos. Quando comecei a interessar-me por estas “coisas” das touradas, eram ídolos o CHICO PALHA, O SARLICA, O CHICO RIJO... antes haviam sido o JOÃO COLUNAS, O PATO... fizeram também escola o PASSARINHO, o ARMINDO e mais tarde o SOUSA, o ZÉ PEDRO o EXPERIÊNCIAS o MONCHIQUE.
Ainda perduram na memória de muitos os Bailes da Festa, com famosas Orquestras vindas de Espanha: MONTE CARLO, de Setúbal A PARAÍSO, OS CINCO DE PORTUGAL da Moita, etc, etc. Os bailes tinham lugar na Praça e Touros, e a entrada só para ver o Baile e ouvir as Orquestra custava 2$50.
A TÔMBOLA era uma das grandes atracções. Nela se aglomeravam as gentes, aguardando que a sorte os bafejasse, com linguiças, chouriços, pães, descomunais melancias ou quem sabe um bom paio.
Com o ressurgir da Banda Municipal, e com o intuito de angariar fundos, passou a Festa a ser organizada por outra comissão. É de toda a justiça salientar aqui o trabalho desenvolvido pelo JUVENAL. Com novos elementos, surgiram novas ideias: passou a realizar-se no primeiro Domingo de Setembro, foi transferida para a Praça, passou a haver mais ornamentação, mais luz.
Com o desmantelar da Banda, chegou ao fim esta Comissão.
Surgiram então novos elementos apostados em não deixar morrer a Festa. Desta vez em nome da Sociedade Artística, e contando com elementos nos quais me incluo, o ZÈ FONTES, O ANTÓNIO JOÃO, o TOI, os BALSANTES, O MALATO, o ZÉ COLUNAS, o SALVADOR o JOEL, o GRILO, trouxeram sangue novo ao evento: passou a ter a duração de quatro dias, foi alargado o espaço do “ARRAIAL”, passou a incluir provas desportivas. A coincidir com a Festa foi lançada uma revista: “ALANDROAL TERRA MINHA”, era o seu nome, e constituiu na altura um grito de revolta contra o regime vigente.
A Festa viria a atingir o seu auge quando o CARLOS GOMES se lembrou de organizar uma SEMANA CULTURAL, com início no primeiro Sábado de Setembro e terminus no segundo Domingo do mesmo mês. Teve posterior seguimento pela mão de JOÃO NABAIS. Foi pioneira de muitas outras semanas culturais que se realizaram nas redondezas, e deu mote para que se viesse a realizar a tão famosa EXPO-GUADIANA. (Isto no meu entender).
São tempos passados e cada um dá-lhes o valor que quiser. Foram apenas recordações, de alguém que continua a “viver” a sua Festa de Setembro, não admitindo sequer compará-las com outras.
Não há Foguetes como os nossos... Garraiadas como as nossas... Tômbola como a nossa. Há lá PROCISSÃO tão bonita... com SANTA tão linda... com repiques de sinos tão comoventes.... e que lindo que é o HINO da NOSSA PADROEIRA, quando se faz ouvir pela nossa BANDA, à saída da PROCISSÃO!


Saudações Marroquinas
Xico Manel

Publicado por tata em 05:10 PM | Comentários (6)

Espaço de opinião "Fonte da Praça"

Utilize os comentários para nos deixar a sua opinião sobre a polémica do "Barco do Aborto".

Publicado por tata em 05:07 PM | Comentários (2)

Dois dias para a Festa de Setembro

O contador que nos tem feito companhia desde há mais de cem dias diz-nos que faltam apenas dois dias para as Festas de Setembro.

Foi por esta altura, no ano passado, que surgiu o Blog Alandro al, mais precisamente no dia 26 de Setembro, no blogspot em www.alandroal.blogspot.com.pt. Rapidamente nos mudámos para o blogger, depois para o Sapo e finalmente para o weblog.

Um anos depois cá estamos. E deixem-me dizer até para minha própria surpresa.

A explicação para a longevidade é complexa. Concerteza as duas razões que escrevi há quase um ano ainda se mantêm: o gosto pela minha terra e a dependência blogoólica, que felizmente melhorou (um mês de abstinência é obra).

Mas é claro hoje que elas se alargaram e o blog tornou-se em algo mais, algo que pertence ao Alandroal, que os Alandroalenses visitam, comentam, criticam, utilizam e por isso sinto a minha responsabilidade acrescida.

O comentário com que reiniciei as postadelas é disso um bom exemplo. O Alandro al leva o Alandroal a todo o lado preenchendo um vazio para quem pelas mais variadas razões teve que deixar a sua terra ou que com ela mantem ligações afectivas.

Graças ao blog o Alandroal foi falado no Expresso, na TSF, o que os Alandroalenses pensam pode ser seguido por leitores em todo o Mundo, que nos deixam comentários e talvez nos visitem para conhecer esta pequena terra que tem, sempre teve uma grande voz.

Tivemos muitos momentos bons, alguns menos bons. Não poderia ser de outra forma.

Agora vamos para as Festas de Setembro e nada melhor do que um texto do Xico Manel para no apelar à alma.

Um grande abraço para todos os companheiros da blogoesfera (já tinha saudades vossas). Venham este fim-de-semana até ao Alandroal.

luis tata

Publicado por tata em 05:01 PM | Comentários (1)

ELOS

luisemanuela.jpg

Um beijo para a Holanda.

Publicado por tata em 04:29 PM | Comentários (0)

Comentários em destaque

We wish you and your family a very nice holiday. Our holiday has been finished, but we are glad to have your website. This way it is possible to be in Alandroal anytime, while being in Holland.
Gostamos muito de ver as fotos da familia, muitos beijinhos para todos.

fam.wolters@zonnet.nl

Publicado por tata em 04:10 PM | Comentários (1)