agosto 03, 2005

Investimentos? Quais investimentos?

Aproxima-se o Verão, e toca tudo a dizer disparates... Com medo que seja doença incuravel este blog vai fechar portas até finais de Agosto. De resto pouco há a comentar a não ser as ridículas indemnizações que se vão pagar na CGD, onde da remodelação que é feita permanece a competentíssima Cardona, ou as visitas apressadas de Soares a Sampaio com medo que Cavaco faça as manchetes dos jornais.

Há no entanto um assunto que me deixa preocupado, que é ver como este País gasta mal o seu (pouco) dinheiro.

Portugal importa 85% da energia que consome. Fica caro. E era importante fazer qualquer coisa contra isto numa altura em que o petróleo sobe em flecha sem nenhum indicador que alguma vez baixará. E o que faz Portugal? NADA....

Eu sei que houve uma anunciado "Plano Eólico", mas isso é tão pouco, tão pouco. Grécia tem usado energia fotovoltaica, com uma medida simples: cada casa nova tem de ter um acumulador no telhado.... Uma lei, sem custos para o Estado, que faz com que a Grécia nos dê tareia neste domínio.

Com esta medida, diminui-se importação de tecnologia, criam-se empregos e fomentam-se indústrias.

Portugal tem previsto o MAIOR parque fotovoltaico da Europa, no local com MAIOR exposição solar da Europa (Mora).... Só que somos o País com MENOR vontade de o fazer. Os industriais estrangeiros que já tinham vindo para Portugal, ficaram a saber que só em 2008 (?!) é que será possível integrar esta energia da REN.

Em Portugal não se pode avançar continuando a mandar para o lixo, o pouco que temos.... Não podemos continuar a construir Alquevas e a ver o Alentejo à seca porque alguem não quis dar dinheiro para os canais... Ou mandar prédios abaixo, que custam 16 Milhões de Euros em indemnizações, só porque sim.... Era preciso que alguém pegasse o toiro pelos cornos..... Sócrates nem parece saber onde anda o touro, preocupando com os apupos das bancadas.... Cuidado, nestas situações é normalmente é o touro quem sai a ganhar....

Publicado por cparis em agosto 3, 2005 03:14 PM | TrackBack
Comentários

E ainda lhe podes acrescentar o facto de sermos o país com o maior desperdício energético da Europa, com casas que terão uma eficiência energética abaixo dos 5%.

Afixado por: João André em agosto 5, 2005 02:18 PM