maio 25, 2004

Congressos

Sempre achei interessante acompanhar os congressos do PSD. Este ano não. Não havia nada a discutir, nenhuma corrente a tentar ganhar protagonismo, nada. Essa foi a primeira vitória de Durão: marcar um congresso para uma data sem polémica.

Depois a saída do ministro. Foi uma péssima escolha de Durão, e era a única coisa possível de ser feita. Para limpar-Lhe a honra e dar espaço ao próximo, demitiu os secretários de Estado, sendo que ao mais importante garantiu-Lhe um lugar no Partido.

Paulo Pereira Coelho, sai de presidente da CCR-C para o lugar de Miguel Relvas. Escolha aplaudida por muitos, uns porque reconhecem competência, e outros poque vêm vagar um lugar apetitoso. A CCR-C está livre e candidatos não faltam. O jornal aponta Álvaro Amaro que está a fazer um belíssimo trabalho em Gouveia, ou Nuno Freitas (sendo esta hipótese mais remota). Se fosse eu, juntaria o nome de José Manuel Alves, conhecido pelos autarcas da Região e com capacidade de liderança.

Mas este é o próximo desafio de Durão: garantir que o PSD não se vai canibalizando na procura de lugares de topo. Garantir que sempre um ministro caia, não haja nas fileiras do PSD gente contente da vida, porque vê hipótese de progredir na carreira. Foi isso que ajudou a matar Guterres.

Publicado por cparis em 11:31 AM | Comentários (0)

maio 22, 2004

Realeza

Aqui há uns dias foi notícia em Portugal o facto de se ter falado no nosso país durante uma reportagem que passou na CNN. Hoje o casamento de Felipe passou na íntegra e em directo em tão distinto canal. Vê-se o reconhecimento que uma das melhores monarquias europeias tem para lá do Atlântico.

Triste figura faz a nossa primeira-Hospedeira.
Ansiosa de aparecer nas revistas cor de rosa, deixou fotografar o vestido que ia usar. O mesmo foi falado nas televisões e dada a exposição que teve, a senhora mais não pode do que usar outro.
Na prenda também não foi feliz (ou competente). Centro de mesa de prata de design moderno e português. Aliás, qualquer pessoa que olhe para ele percebe que é design português. Em comparação, o Duque de Bragança optou por uma Fruteira de prata, lavrada com símbolos portugueses. Ainda bem que vai alguém a representar Portugal.

Publicado por cparis em 06:20 PM | Comentários (1)

maio 14, 2004

Tratamento prisional

Parece que Bush recomendou a Rumsfeld que este copiasse o sistema prisional de Cuba, verdadeiramente exemplar uma vez que com 100.000 presos não se conhecem fotografias ou vídeos de abusos à comunidade prisional.

Mais ainda, não há nenhuma entidade internacional que se indigne com o que lá se passa dentro. Isto tudo porque Fidel adoptou a mais democrática medida: proibir a presença de todo e qualquer ONG. Aliás, os americanos já fazem isso em Guantanamo com óptimos resultados...

Publicado por cparis em 03:31 PM | Comentários (3)

Diga ao manel

Posso dizer que simpatizo com o personagem... que achei que ele foi mal aconselhado na saída do PP... Mas agora fruto dos conselhos, o resultado é no mínimo ridiculo.

Publicado por cparis em 03:24 PM | Comentários (0)

maio 13, 2004

Champalimaud

Sem palavras.... Sempre fiquei intrigado com este homem e a sua família. Rico, poderoso e discreto... Com a sua morte uma notícia que reflete a sua maneira de ser - generosidade e humildade.
A tendência dos homens é a de se perpetuarem na morte... Champalimaud até isso recusou, mostrando na sua morte a sua humildade. Se havia alguém a ser lembrado esse alguém seriam os seus pais.
Ou seja, ao contrário de outros que criam fundações com o seu nome (ainda em vida), de modo a usarem isso como autopromoção, Champalimaud cria uma fundação, alimenta-a (400 milhões de euros?) com mais de 30% da sua fortuna e como nome, singelamente o nome da sua mãe e do seu pai.

Publicado por cparis em 12:48 PM | Comentários (1)

maio 11, 2004

Cabala europeia

"Ministros das Finanças retiram Portugal da lista de países com défice excessivo"

Como foi por unanimidade, deve ser uma cabala contra Ferro Rodrigues que diz que o défice era quase 5%. Claro que ele agora ataca o Governo, não pela obra feita mas pelas previsões da OCDE... Sublime... é o que se chama jogar em antecipação

Publicado por cparis em 05:57 PM | Comentários (0)

Diz-me com quem andas ...

Ver a FenProf num comício com Carvalho da Silva, foi algo que me deixou profundamente desgostoso... Mas não devo ter sido o único.

Acho que ainda hoje o líder da FenProf., deve estar verde ao recordar-se da teoria da conspiração do líder da CGTP. Segundo ele, os erros no Ministério da Educação são mais do que erros: são uma política concertada para abater o ânimo dos professores... Será que não há Óscares do Ridículo?

Publicado por cparis em 05:48 PM | Comentários (1)

Democracia e Império

Oportuno o tema escolhido por TERESA DE SOUSA... E elucidativo porque revela como pessoas inteligentes gostam de ver a realidade com os seus olhos, desprezando algumas evidências.

A primeira é o erro que se vai acumulando sob a palavra democracia... Usada até à exaustão pela esquerda como salvadora das sociedades, carece de uma definição actual... mas afinal o que é democracia? É que convinha estudarem um pouco e perceberem que a democracia dos gregos, aos olhos de hoje, era tudo menos "democrata".

O segundo erro é o achar-se que para se ser democrata tem de se ser frouxo. Diz Teresa de Sousa:
Donald Rumsfeld, [...] é o rosto mais simbólico desta estratégia, assente [...] na dispensa arrogante dos aliados, no desprezo pela opinião pública internacional.

Quais são os aliados que faltaram? Os países de influência comunista? Ou a França cujo interesse no petróleo se caracteriza numa enorme subserviência relativamente ao mundo árabe... Os aliados que interessavam estavam lá e disseram sim. Felizmente vi Portugal a juntar-se a esse número.

Quanto à opinião pública internacional o que era que esta dizia relativamente ao 11 de Setembro? Nada!... E o que propunha? Nada...

Do Iraque, Teresa de Sousa não diz o mais importante: Os Estados Unidos já marcaram a sua posição: Qualquer ditador pensará duas vezes antes de albergar terroristas que ataquem tão forte e deliberadamente a América. Agora a solução é simples: sair do Iraque e deixar forças da Paz no terreno trabalharem... A posição de Zapatero parece-me mais difícil de explicar e a sua última visita a Portugal foi apenas uma das muitas cambolhatas que vai ter de fazer....

Quanto ao resto, batatas... abusos na prisão? são uma vergonha e quem cometeu deve ser punido. ponto final.

Publicado por cparis em 05:41 PM | Comentários (0)

maio 10, 2004

Briooooooooosa

Ontem foi festa da Briosa... Venceu o Estrela e manteve-se na Liga de Honra... Fora o objectivo atingido há duas ou três semanas atrás, e não teriam estado mais de 24 mil pessoas no Estádio.... Pessoas que só se lembram do clube na última jornada e que vão motivadas pelo resultado e não pelo jogo em si.... Daí que o dirigente de sucesso é aquele que deixa tudo para a última correndo o risco de às vezes as coisas correrem mal... como aqueles do Rio Ave que, por desleixo ou incúria, não inscreveram a equipa a tempo de ir à Europa.
Por Coimbra aproxima-se uma Assembleia Geral para analisar contas do ano passado (marcada para depois de se saber a boa notícia) e uma outra porque há um grupo de sócios que acha que se deve manter a equipa B, apesar de não haver ninguém na direcção que ache que se deva pagar para ter jogos com 50 espectadores...
Quanto ao resto a emoção da Briosa vai entrar de férias.... Daí a uns tempos virão as parangonas com transferências de jogadores, mas jogos só lá para finais de Agosto....
No entretanto, a hora é de aproveitar a mão cheia de eventos que convidam a sair de casa: amanhã é o cortejo, à noite música e cerveja convidam; no desporto o campeonato nacional de rugby está quase.... para quem quiser vir a Coimbra: www.gocoimbra.com .

Publicado por cparis em 07:03 PM | Comentários (0)

maio 07, 2004

Contas reais

O Luis Humberto Teixeira resolveu fazer contas para traduzir em euro-deputados o barómetro (até os autores têm vergonha de chamar sondagem) da MarkTest.

O Luís quer concluir que o PP sai beneficiado em 2 lugares. Caro Luis, as conclusões são suas, mas uma coisa Lhe digo: o PP sempre foi um partido com um discurso forte em termos europeus... olhando para as campanhas que existem acreditar que, podendo fazer campanha, o PP não conseguia ter mais de 7% é ser irrealista... Conseguiria os dois? Talvez não.... Mas quem perderia seria a coligação que entraria numa campanha uma contra a outra. Quanto ao resto, a esquerda sempre sonhou ver o PP com 2%. Foi assim nas últimas europeias, e foi assim nas últimas legislativas. O povo, que não vive nas redacções dos jornais tem demonstrado o contrário.

Publicado por cparis em 01:08 PM | Comentários (3)

maio 05, 2004

Contas europeias

Enquanto o Causa Nossa anda a interpretar sondagens, misturando os seus sonhos mais intimos com a realidade (PP ao nível do BE?), o Luis Humberto Teixeira fez-me o favor de deixar um comentário que muito agradeço:

Mais de 715 mil portugueses votaram em vão nas Legislativas 2002, pois os seus votos não foram convertidos em mandatos na AR.
E a média de todas as Legislativas em Portugal desde o 25 de Abril (11 ao todo) é superior a 770 mil votos ignorados por eleição!

São coisas da estatística que os nossos amigos do Causa Nossa deviam olhar e perceber que o facto de a Esquerda ter mais de 50% dos votos significa pouco no resultado final. Traduzam isso em eurodeputados e já percebem o que eu quero dizer.

Publicado por cparis em 11:31 AM | Comentários (2)

maio 04, 2004

Eleições europeias

Vem aí a temporada mais chata de todo o panorama político português - as eleições europeias. Deputados que ninguém sabe o que fizeram vêm agora tentar convecer-nos que eles defendem melhor os nossos interesses do que os outros... os outros que nós também não soubemos o que fizeram.... alguém me sabe dizer quantas vezes o PS votou de maneira diferente que o PSD no Parlamento Europeu?

Publicado por cparis em 05:13 PM | Comentários (1)

Trapalhada

Uma bestial trapalhada no programa informático do Ministério da Educação fez com que todo o processo tenha de ser repetido. Sendo a Educação o pilar da sociedade, estas trapalhadas no seu ministério revelam ou incompetência ou desinvestimento.
Mas se do lado governativo, a trapalhada não tem desculpa, do lado dos sindicatos há uma tacanhez atroz. Primeiro ao pedirem a demissão do ministro. Segundo ao afirmarem que um erro cometido em Abril vai colocar em causa o começo do ano lectivo em Setembro. ABSURDO...

Publicado por cparis em 03:57 PM | Comentários (1)