fevereiro 17, 2005

Sovenco

Lembro-me desta história, nao tenho a certeza se eram bem estes os protagonistas.... acho espantoso ninguém falar disto nem dos investimentos das Águas de Portugal no Brasil, nem de nada... apenas de mariquices....

"A Sovenco, criada em 1990, era uma Sociedade de Venda de Combustíveis.
A sua constituição: Armando Vara, Fátima Felgueiras, José Sócrates, Virgílio de Sousa.
Sócrates finge, agora, não se lembrar dessa sociedade que fez. E porque se tenta ele esquecer?
Porque: Armando Vara - condenado a 4 anos de prisão (pena suspensa); Fátima Felgueiras - foragida da Justiça, anda a monte no Brasil; Virgílio de Sousa - condenado a prisão por um processo de corrupção no Centro de Exames de Condução de Tábua..."

PS. Ler perfil de Sócrates publicado no DN

"Em 1990 os dois deputados [nda. Sócrates e Vara] do PS tornaram-se sócios da Sovenco - Sociedade de Venda de Combustíveis, com outros três parceiros, um dos quais, anos depois, havia de dar pano para mangas nos jornais Virgílio de Sousa, condenado a prisão por um processo de corrupção no centro de exames de condução de Tábua. A aventura empresarial de Sócrates foi curta (menos de um ano) e literalmente para esquecer: no ano passado, quando a revista Focus desenterrou esse episódio, o socialista jurou que estava a ouvir falar dessa empresa "pela primeira vez". Só após algum esforço de memória se lembrou que tinha sido sócio. "

Publicado por cparis em fevereiro 17, 2005 11:09 AM
Comentários

Essa história anda a ser vendida como um artigo da revista Visão mas no fundo trata-se apenas de um comentário que o RIAPA deixou no site da Visão, tal como deixou em outros sites.

Afixado por: Bruno em fevereiro 17, 2005 11:30 AM

A revista Focus revelou muito bem do que se tratou essa história toda, na qual Sócrates aparece em maus lençóis... Havia de ser bonito se fosse com o Santana??

Afixado por: Peixoto em fevereiro 17, 2005 08:37 PM

Passei pelo "Renas" e vim espreitar o teu Blog.
Curioso, essa da Sovenco, não sabia. Assim como é curiosa a forma de tratamento e abordagem, por todos os canais televisivos, das campanhas eleitorais em curso: Socrates é sempre filmado de baixo para cima (como um Deus grego), em recepções apoteóticas; o PSL como um "velho gaiteiro" e ridículo, que ainda sonha em ganhar; o Louçã como um homem íntegro, preocupadíssimo com os desfavorecidos e o Portas como um boneco inteligentemente programado, mas desprovido de humanidade (equiparado à classe empresarial, vista como uns "ladrões"). Porquê esta nítida preferência por Socrates? será amor,paixão... admiração pela sua capacidade intelectual é que não é, como já tantos o reconheceram. Mas palpita-me que o vamos saber daqui a uns tempos, da forma mais dolorosa: a pagar mais buracos orçamentais devido a subsídios e a injecções de capital em empresas públicas (como a RTP..).

Afixado por: TU em fevereiro 18, 2005 09:19 AM

*

Afixado por: Rui Diogo em fevereiro 22, 2005 02:04 PM

TU, capturaste bastante bem a essencia de Paulo Portas e Santana "fui expulso do PSD à meia hora atrás" Lopes

Afixado por: EU em fevereiro 22, 2005 03:41 PM

É incrivél como se diz tanta asneira. Sou sócio desde 1991 da Firma Sovenco, da qual disponho das varias escritoras, desde a sua fundação e nunca lá vi o nome da Sra Fatima Felgueiras. O Eng. Socrates foi realmente sócio dessa firma mas nunca o vi, que o representou foi sempre o Sr. Armando Vara. Aquando da saida do Eng Jose Socrates, Sr. Armando Vara e Virgilio de Sousa, foi eu e o meu irmão que compramos as respectivas cotas e passsamos a ser sócios juntamente com o nosso pai que foi a pessoa que criou esta firma. As escrituras estão a mão de qualquer pessoa por isso antes de falarem ou escreverem alguma coisa confirmem se é verdade ou mentira.

Afixado por: Vitor Simoes em fevereiro 28, 2005 11:30 AM

caro vitor simões,

transcrevi o que li em dois órgãos de comunicação social. registo contudo que se fala que Sócrates foi sócio em 1990 e menos de um ano depois saiu, enquanto que no seu caso só foi sócio em 1991... Além do mais a própria revista afirma que Sócrates se "lembrou" que tinha sido sócio. Por isso ou a revista mente (e acho que deveria ser denunciada) ou há algo que não bate certo com o que diz...

Afixado por: cparis em março 2, 2005 02:44 PM