outubro 06, 2003

Igreja plural

O que mais me surpreende em qualquer medida no Vaticano é a atenção que lhes é dedicada por uma Esquerda ansiosa de dar nas vistas. As críticas às últimas propostas de um projecto para a Congregação são disso exemplo. Críticas perigosas por eivarem inverdades e malícia na forma de expor a situação.

Primeiro há que perceber que a Igreja é plural, havendo nela lugar para diversas tendências e opiniões. É normal que um partido que se reúne todo numa garagem não sinta essas questões, mas tudo se torna diferente quando se pensa em um bilião de pessoas em cinco continentes distintos.

Segundo, o que surgiu foi uma proposta. Apenas e só isso. Recomendo que leiam Frei Bento Domingues, teólogo genial de uma simplicidade suprema:

Se a proposta da Cúria Romana for, de facto, aquela que foi noticiada, o caixote do lixo é o seu melhor destino.

Não há mais nada a discutir. Esperemos para ver.

Publicado por cparis em outubro 6, 2003 08:23 PM
Comentários