« outubro 2008 | Entrada | dezembro 2008 »

novembro 25, 2008

Outra que devo ao YT



Boris Berezovsky and Brigitte Engerer play the adagio of Sleeping Beauty composed by Tchaikovsky and transcripted by Rachmaninoff for four hands. It was filmed during the recording of the new disc of Boris Berezovsky and Brigitte Engerer (Maio 2008).



Publicado por samartaime às 02:57 PM | Comentários (0)

novembro 21, 2008

Horowitz





Publicado por samartaime às 06:52 PM | Comentários (0)

novembro 19, 2008

As inóspitas maquinações temporãs

O nosso Super Star
eufórico, belo, perfumado e optimista,
em Maio de 2008 correu a Aljustrel a inaugurar
com grandes risos e foguetes e pela certa boa açorda de perdiz
uma novíssima fábrica daquelas de que o País precisa:
moderna, confiante e cantando e rindo pela planície alentejana
o esplendor da garantia de dez anos, Hermengarda,
perdão Herculano, digo Aljustrel,
de trabalho moderno, histórico,
para partir os dentes à infame crise alheia que nos invadiu!

Ai Aljustrel, Aljustrel que nem na tua mais rica feira
conseguiste sonhar d' além lá longe tal par de botas:
Novembro de 2008 e a opípara fábrica fechou.

E agora, Super Star?
Pino seduziu a dona com contrapartidas e quem casa é Aljustrel? !
Estou à espera do que dirá alguma lei de novo tipo:
nacionaliza-se, não se nacionaliza, partes tu ou baralho eu?

Publicado por samartaime às 11:45 AM | Comentários (0)

Bicabornato para a queda do cabelo

Contou o Sol que uma cidadã foi ao médico e descobriu que tinha dois polipos.
E que havia necessidade de os retirar.
Seguiu o conselho técnico e tratou da operação com traquilidade: tinha Seguro de Saúde.

Foi operada e retiraram-lhe UM polipo. E remeteram-na ao Hospital de Cascais,
para a extracção do desolado restante.
O precioso Seguro, afinal, só dava para UM polipo.

Agora, quando vou comprar sapatos, pergunto sempre se o preço inclui
os DOIS atacadores.


Publicado por samartaime às 10:55 AM | Comentários (0)

novembro 18, 2008

«Erros de palmatória»


Não percebo como José Sócrates caíu nesta querela com os professores.

Calhando esqueceu-se que a esmagadora maioria deles foram formados
pelo Técnico e pelas Universidades Públicas.



Publicado por samartaime às 11:30 AM | Comentários (0)

novembro 13, 2008

Proposta de emenda



Diz José Sócrates:

«Manuel Alegre nunca dá razão ao PS»

Talvez fosse melhor José Sócrates dizer

Já nem Manuel Alegre consegue dar razão ao PS

Publicado por samartaime às 10:40 AM | Comentários (0)

novembro 12, 2008

Ratio Studiorum



180px-Ratiostudiorum.jpg


“Nada deve ser mais importante nem mais desejável (…) do que preservar a boa disposição dos professores (…). É nisso que reside o maior segredo do bom funcionamento das escolas (…).”

“Com amargura de espírito, os professores não poderão prestar um bom serviço, nem responder convenientemente às [suas] obrigações.”

Recomenda-se a todos os professores um dia de repouso semanal: “A solicitude por parte dos superiores anima muito os súbditos e reconforta-os no trabalho.”

“Quando um professor desempenha o seu ministério com zelo e diligência, não seja esse o pretexto para o sobrecarregar ainda mais e o manter por mais tempo naquele encargo. De outro modo os professores começarão a desempenhar os seus deveres com mais indiferença e negligência, para que não lhes suceda o mesmo.”

Incentivar e valorizar a sua produção literária: porque “a honra eleva as artes.”

“Em meses alternados, pelo menos, o reitor deverá chamar os professores (…) e perguntar-lhes-á, com benevolência, se lhes falta alguma coisa, se algo os impede de avançar nos estudos e outras coisas do género. Isto se aplique não só com todos os professores em geral, nas reuniões habituais, mas também com cada um em particular, a fim de que o reitor possa dar-lhes mais livremente sinais da sua benevolência, e eles próprios possam confessar as suas necessidades, com maior liberdade e confiança. Todas estas coisas concorrem grandemente para o amor e a união dos mestres com o seu superior. Além disso, o superior tem assim possibilidade de fazer com maior proveito algum reparo aos professores, se disso houver necessidade.”


"I. 22. Para as letras, preparem-se professores de excelência
Para conservar (…) um bom nível de conhecimento de letras e de humanidades, e para assegurar como que uma escola de mestres, o provincial deverá garantir a existência de pelo menos dois ou três indivíduos que se distingam notoriamente em matéria de letras e de eloquência. Para que assim seja, alguns dos que revelarem maior aptidão ou inclinação para estes estudos serão designados pelo provincial para se dedicarem imediatamente àquelas matérias – desde que já possuam, nas restantes disciplinas, uma formação que se considere adequada. Com o seu trabalho e dedicação, poder-se-á manter e perpetuar como que uma espécie de viveiro para uma estirpe de bons professores.

II. 20. Manter o entusiasmo dos professores
O reitor terá o cuidado de estimular o entusiasmo dos professores com diligência e com religiosa afeição. Evite que eles sejam demasiado sobrecarregados pelos trabalhos domésticos."


Ratio Studiorum da Companhia de Jesus (1599).

Publicado por samartaime às 10:58 PM | Comentários (1)