« dezembro 2007 | Entrada | fevereiro 2008 »

janeiro 30, 2008

Portugal ainda vai... velejando!

Uma Biblioteca Feliz , a Municipal de Viana do Castelo!

... clique na foto e veja este livro de Siza Vieira segundo Paulo Pimenta :

bibnova3.jpg


Publicado por samartaime às 10:13 PM | Comentários (0)

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.


Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond Andrade.jpg

Publicado por samartaime às 06:31 PM | Comentários (0)

janeiro 29, 2008

Misha Gordin

Confession.jpg

Sheptun3.jpg

crowd25a.jpg

crowd18a.jpg

Sheptun5.jpg

Mais sobre Misha Gordin

Publicado por samartaime às 10:32 AM | Comentários (0)

janeiro 25, 2008

KUSTURICA, o fabuloso

Kusturica_live_redblue.jpg

Emir Kusturica - Le Temps des Gitans - punk opera

Kusturica - Time of the Gypsies (do filme)

Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra - Unza Unza Time

Emir Kusturica & No Smoking Orchestra - Bubamara

Kusturica_band.jpg

Kusturica na net

Kusturica no You Tube

Publicado por samartaime às 06:49 PM | Comentários (0)

janeiro 23, 2008

HANDEL

handel.jpg
Quatro duetos de amor, de Handel

interpretados pela «Europa Galante»
gallante.jpg

de Fábio Biondi.
Biondi-Fabio-4.jpg

Cantam :
piaushorthair.jpgSandrine Piau - soprano

Banditelli-Gloria-3.jpgGloria Banditelli - contralto


Ma come amar? (Muzio Scevola)


Per le porte del tormento (Imeneo)


Se il cor ti perde ( Tolomeo)


Il fuggir, cara mia vita (Armínio)


Informação complementar disponível na net:


Handel - Haendel - Hendel


Fabio Biondi


Europa Galante


Sandrine Piau


Gloria Banditelli


Que o fim de semana vos seja... galante! rsrsrs

Publicado por samartaime às 11:32 PM | Comentários (0)

Tribunal Europeu condena França por negar adopção a lésbica

Diário de Noticias, 23 de Janeiro de 2008


FERNANDA CÂNCIO

Com base no artigo 14º da Convenção Europeia dos Direitos Humanos - que proíbe a discriminação -, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado francês por ter recusado a possibilidade de adoptar a uma mulher que vivia em união de facto lésbica e obriga-o a pagar uma indemnização de 10 mil euros por danos morais. É uma decisão sem precedentes - nenhum dos 47 Estados fora até agora condenado por discriminação em função da orientação sexual num caso de adopção - e teve a assinatura de um juiz português, Ireneu Cabral Barreto. Este votou a favor da condenação ao lado dos seus colegas da Grécia, Suécia, Holanda, Reino Unido, Dinamarca, Bélgica, Áustria, Noruega e Sérvia. Contra votaram os juízes francês, esloveno, cipriota, turco, geórgio, lituano e de San Marino.

O tribunal considerou que a pretensão de adoptar que a queixosa, uma professora francesa de 45 anos, manifestou em 1998 nos serviços competentes do seu país, assumindo o facto de viver desde 1990 em união de facto com outra mulher (uma psicóloga), fora tratada de forma "diferente", e que essa diferença de tratamento se baseou exclusivamente em considerações sobre a sua orientação sexual, o que constitui uma discriminação à luz da Convenção. As alegações dos serviços de adopção, depois assumidas pelos tribunais franceses e até pelo Conselho de Estado em 2002, de que a professora deveria ser excluída como candidata por "inexistência de referentes de identificação devido à ausência de uma imagem paternal de referência" e pela "natureza ambígua do compromisso da mulher com quem vivia em relação ao plano e adopção", foram consideradas como não sendo fundamento aceitável para a rejeição. Tanto mais que, como frisa o tribunal, a lei francesa admite a adopção por uma pessoa singular e portanto não faz sentido questionar a ausência de uma figura masculina, se se trata de uma candidata, ou vice-versa.

"Seja como for, teriam de ser apresentadas razões muito convincentes e ponderosas para justificar tal diferença de tratamento", diz o tribunal, concluindo: "e essas razões não existem no caso presente porque a lei francesa admite a adopção por pessoas singulares, admitindo, portanto, a adopção por uma/um homossexual."

Esta decisão do Tribunal Europeu não tem, como frisa António Marinho Pinto, o bastonário da Ordem dos Advogados, consequências práticas imediatas. "O único efeito é moral. E cria jurisprudência que pode levar a efeitos legislativos." Certo é que em Portugal, como em França, não é admitida a adopção por casais de pessoas do mesmo sexo (permitida na Holanda, Espanha, Bélgica, Suécia, Reino Unido, Andorra, Islândia e outros países não europeus) mas permite-se a adopção singular.

Questionada sobre quais são as orientações dos serviços em casos semelhantes ao julgado, a secretária de Estado da tutela, Idália Moniz, não é taxativa. Frisando que a uma pessoa singular que deseja adoptar ninguém perguntará a orientação sexual ("isso não faz sentido nenhum", comenta), a governante considera, no entanto, que no caso de uma mulher que vive com outra, mesmo que só uma delas se candidate à adopção, se trata de "uma situação de união de facto". Implícito nesta asserção está o facto de a lei das uniões de facto, de 2001, excluir a adopção para os casais do mesmo sexo. O que deverá levar a crer que os serviços da Segurança Social portuguesa tenderiam a fazer aquilo que fizeram os franceses. Ou seja, a discriminar, segundo a apreciação do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos e do juiz português que o integra.

Uma acusação que as associações de defesa dos direitos dos homossexuais não têm dúvida em fazer. E que reiteram face à afirmação, feita por Moniz, de que o decreto regulamentar sobre as famílias de acolhimento publicado na passada semana exclui os unidos de facto do mesmo sexo, apesar de o texto legal ser omisso quanto a essa exclusão.|


Comunicado da Associação Ilga Portugal de 18 de Janeiro de 2008


Texto integral do Decreto-Lei n.º 11/2008 de 17 de Janeiro


Publicado por samartaime às 05:52 PM | Comentários (0)

janeiro 19, 2008

APOIO À CAMPANHA PELO HOSPITAL DE DONA ESTEFÂNIA - PATRIMÓNIO DA MÃE E DA CRIANÇA


Pode ler e assinar aqui

Publicado por samartaime às 10:18 PM | Comentários (0)

« e pur... se muove! » (*)

O sr. Presidente da República atreveu-se, imaginem, a aludir discreta e sensatamente às discrepâncias salariais portuguesas e logo se levantaram os usuais prós e contras em gastos de tinta, papel e teleopiniões.

Os pensadores mais informados e ousados lembraram, até, o mérito e demérito implícitos na prosaica «retribuição salarial»: que, num País de rústicos, obviamente a genialidade paga-se por assalto à mão armada de lei.

Não apreciando muito a conversa, os rústicos assobiaram para o lado e foram à vidinha, esperando do sr. Presidente que os represente numa mais viva prática e meta os génios e afins na ordem: a usual delegação de poderes e fé na esperança de milagre, próprios dos brandos costumes rústicos.

Estávamos todos neste remanso quando o sr. Governador, do Banco de Portugal, nos vem esclarecer da possivel existência de presumíveis factos paralelos para já inomináveis que, a querer uma colagem mínima à verdade pressentida, nos leva a ter de acrescentar à «retribuição salarial à mão armada de lei» dos génios também a «retribuição salarial à mão desarmada de lei » desses e de outros génios.

Ora, a ser como se diz nas tvês e jornais, «os trabalhadores», neste particular os bancários portugueses, têm um altíssimo índice de produtividade, capaz mesmo de envergonhar muito sheik das arábias! Esperemos agora que isto da alta glória produtiva da banca acabe com o moderno sistema de sol a sol regressado aos horários . Que, pelo menos, algum ousado génio não se lembre de multar os bancários por excesso de zelo posto na alta glória da produtividade dos banqueiros.

Infelizmente, quem diz da «produção» dos banqueiros, diz da de industriais, de comerciantes, da alta administração pública, etc., - que esses sim, se tiverem unhas, definem, traçam e decidem estratégias e rumos da produtividade - não «os trabalhadores». Que «os trabalhadores», por aqui, continuam a não ser muito mais do que um ocasional bom ou mau recrutamento de hipotéticos departamentos ou secções de «recursos humanos», consoante o porte «empresarial». E tudo isso muito ao sabor do apetite voraz (e bilateral) da Srª Dona Cunha.

Mas desta vez ninguém falou de produtividade.
Nem da falta de formação, sequer da insufîciência das escolas.
Nem do incomensurável peso da justiça.
Nem de chicos-espertos.
Que o respeito ao carcanhol é uma coisa bonita - se queres os teus trocados.

Mas o futuro é que já não é como era: desiludam-se.

(*) «Contudo, ela move-se!», Galileu.

Publicado por samartaime às 05:59 PM | Comentários (0)

janeiro 18, 2008

OXALÁ !...

HPIM0604.jpg

Será hoje?... Oxalá!

Beijos à Nina, à Lu e à Maria!

Publicado por samartaime às 10:45 PM | Comentários (0)

janeiro 15, 2008

Moçambique - Música

«tradicionais»

«Utemdene», Conjunto Ndzumbe de Bairro Inhagoia
«Essifa Zonhipiti», Grupo Beira Mar
«Chihire», Grupo Nyanga de Moixange

uns mais «clássicos» e outros mais «modernos»
mas todos fazendo quanto podem pela música de Moçambique.
E até os mais estrangeirados revelam saber quanto «a cantiga é uma arma»!
Ouçam-nos primeiro, falem depois.

«Georgina», Fanny M'Pfumo

ghorwane_7.jpg Ghorwane
ghorwane_6.jpg Ghorwane
«Majurugenta», Ghorwane

«Na Ku Randza», Gito Baloi


anita_01.gifAnita
Anita Macuacua, «Zhulane»
Anita Macuacua, «Wansati»


Avelino Mondlane, «nakurandza»


Dama do Bling, «Cala-te boca»


dimas_01.gifDimas
Dimas, «Txotxoloza»


eyuphuro_10_small.jpgEyuphuro
Eyuphuro, «ethuila exeni»


Djaaka_1.jpg Djaaka
djaaka, «tambalale»

kapadech_01.jpg Kapadech
Kapadech, 02track 2
Kapadech, 01track 1


Electro Base, «Transformação»


kakana_03_small.jpgKakana Banda
Kakana, 03track3demo

mabulu_08a.gifMabulu
Mabulu, «Maria Rosa» (no Festival de Jazz de Montreux, 2005)


Há muito mais para ouvir e conhecer!
Para os mais interessados, deixo o principal da informação coligida:

logo1a.gifMozambique Music Magazine

Africa database

Mooziko

Publicado por samartaime às 01:32 PM | Comentários (1)

janeiro 09, 2008

Centenário do nascimento de Simone de Beauvoir

Simone de Beauvoir (9:JAN:1908 - 14:ABR:1986)


«On ne naît pas femme, on le devient. »

beauvoir.jpg


Simone de Beauvoir- 50º aniversário de «Le Deuxième Sexe »

Simone de Beauvoir in «The Internet Encyclopedia of Philosophy»

Publicado por samartaime às 06:41 PM | Comentários (0)

janeiro 03, 2008

Tudo como dantes: quartel general em Abrantes - que tem boa palha!

Por entre as espirais de fumo inóquo do fogo de artifício do ano novo, entrou em vigor o novo Acordo Ortográfico - apesar da cândida moratória de dez anos.

Registei ainda que os portugueses retomaram velhos costumes de bufaria e se apressaram a denunciar o chefe da ASAE afoitamente entregue ao vício da cigarrilha.

Continuo a aguardar pela proibição da morte, já que é ela a principal responsavel pelo genocídio da vida.

Publicado por samartaime às 05:18 PM | Comentários (0)