Main

maio 18, 2010

Quem terá escrito, em 1965, este panegírico a Salazar?...

(...)
nog1805a.jpg
nog1805b11.jpg
(...)

Em 1965, recém-licenciado em Direito, morria de amores por Salazar. Em 1969, quatro anos depois, Marcello Caetano chamou-o para o governo. O 25 de Abril apeou-o da manjedoura. Fez o luto que o decoro impunha, mas rapidamente se converteu à democracia. E, pouco tempo depois, regressava discretamente à manjedoura. Em dez anos, passou do salazarismo para o marcelismo e do marcelismo para a democracia-cristã. São estes os portugueses que, sentados quase sempre à mesa do orçamento e acumulando reformas, nos conduzem alegremente na senda do défice e que, de vez em quando, nos impõem, pela pátria, sacrifícios. Reconheceis o autor deste panegírico a Salazar? Claro que não reconheceis...

maio 13, 2010

Quem fará hoje de... "ponto"?...

bor1305.jpg

José-Augusto França, Zé Povinho 1875

maio 11, 2010

Poemas de Guerra Junqueiro para um Ratzinger qualquer... 3

jun1105.jpg

Guerra Junqueiro, A Velhice do Padre Eterno

maio 10, 2010

Já tenho editora!...

Um texto que Mário-Henrique Leiria teria, com certeza, dedicado a Ricardo Rodrigues, o deputado surripiador...

mhl1005.jpg

Mário-Henrique Leiria, Contos do Gin-Tonic

Quem terá escrito, em 1965, este panegírico a Salazar?...

(...)
nog1805a.jpg
nog1805b11.jpg
(...)

Era, na altura, um jovem, recém-licenciado em Direito, em Coimbra. Marcello Caetano, em 1969, chamá-lo-ia para o governo. O 25 de Abril apeou-o da manjedoura. Fez o luto que o decoro impunha, mas converteu-se, rapidamente, à democracia. E regressou, discretamente, à manjedoura. Estarei a falar de quem?...

Hoje, na sanita, tive uma ideia: vou publicar um livro de poesia em forma de rolo de papel higiénico...

hig0905.jpg

Se, nos últimos tempos, tenho andado a limpar o dito a equações (remeto-vos para a prova da imagem supra), por que não proporcionar aos portugueses e afins uma intimidade congénere com... poesia? Não sei quantos improvisos caberão num rolo de papel higiénico, mas tenho a certeza de que já produzi obra para várias edições. Só me falta encontrar uma... editora...

maio 06, 2010

Leitura que recomendo à bancada parlamentar do PS...

artefurtar.jpg

maio 02, 2010

"Os versos agrupam-se em estrofes" e "o monóstico pertence à estrofe (anterior ou posterior)"...

man0205d.jpg

man0205a.jpg
man0205b.jpg
man0205c.jpg
Ana Maria Mocho/Odete Boaventura, VOANDO... NAS ASAS DA FANTASIA

Sento-me ao lado do Henrique, o meu filho mais novo, que está a estudar (ou a fingir que estuda). Peço-lhe que me fale sobre o que está a ler. Em vez de falar sobre, começa a papaguear o manual (a página que reproduzi em cima). E eu... começo a irritar-me. Não com ele, mas com os autores dos programas e dos manuais (neste caso, de Língua Portuguesa). Só poderá ser mesmo gente frustrada do prazer da leitura e da literatura. Quem escreve que "os versos agrupam-se em estrofes" (escrevo poesia há quarenta anos e raramente agrupei os meus "versos" em "estrofes") e "o monóstico pertence à estrofe (anterior ou posterior)"... não regula bem. Mas é esta gente que conduz, diariamente, os alunos a odiarem a poesia (e a literatura, em geral). Que produz programas de ensinança, idiotas, e elabora manuais de estudo, aterradores e deprimentes. Digo-vos: hoje, domingo, tive vergonha de ser professor. E de escrever poesia, desestrofada...
Dos... monósticos, por pudor, não falo...

mon0205.jpg
Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

Uma espécie de arqueologia do futuro......

car0105a.jpg
car0105b.jpg

Expresso - World Press Cartoon (Os Autores)

abril 26, 2010

Ora que porra: a biologia não mudou...

egi2604a.jpg
egi2604b.jpg
egi2604c.jpg

egi2604d.jpg
_____________________________________________________________________________________

egi2604e.jpg
(...)

DN, 26.04.2010

E anda um espanhol a (perdoai-me o calão) foder a vista nos papiros... para isto...

abril 25, 2010

A capa já tenho, só me faltam os cromos...

pap2504a111.jpg
DN, 25.04.2010

papas2504a.jpg

bor2504c.jpg
bor2504a.jpg
bor2504b1111.jpg


abril 15, 2010

Se ele sabe quem é e se quem é sabe que ele sabe... por que não resolvem a pendência num duelo à antiga portuguesa?...

mst1504a.jpg

mst1504b.jpg
____________________________________________________________________________________________
mst1504c.jpg

Correio da Manhã, 15.04.2010

Padrinhos, certamente, não faltarão. A norte a a sul do equador...

abril 12, 2010

Uma extraordinária inovação!...

março 30, 2010

Já contou 59 segundos? Não desespere: os verdadeiros problemas começam agora!...

mud3003a.jpg

seg3003b.jpg
(...)
i, 29.03.2010

Mais ciência, menos ciência... anda meio mundo a tentar enganar o outro meio. Sim, claro, também há o efeito placebo...

março 24, 2010

Hoje, apetece-me continuar a embirrar com as... mulheres...

mul2403b.jpg

Pedro Chaves, Rifoneiro Português

Hoje, apetece-me embirrar com as... mulheres...

mul2403a.jpg

Pedro Chaves, Rifoneiro Português

março 23, 2010

Flores para Sócrates...

soc2303b.jpg
Correio da Manhã, 22.03.2010

flo2303a.jpg
Correio da Manhã, 23.03.2010

Hei-de emprestar este livro de Leonard Cohen a... José Sócrates. Traduzido, obviamente, em português...

hit2303a.jpg hitle2303bbb.jpg


Vou exigir uma percentagem nos negócios ao Professor Doutor Quintino...

Desde que publiquei este post que todas as semanas sou interpelado por alguém que me confunde com o Dr. Quintino. Já pensei em dedicar-me também ao aconselhamento conjugal e sexual dos indígenas e das indígenas. A burrice e a crendice, em Portugal, rendem. No mínimo, mereço uma percentagem. Vai, certamente, valer a pena...

março 19, 2010

Um livro...

mjm1903.jpg

A Maria José Meireles decidiu editar em livro os poemas que publicou neste blogue. Hoje, ofereceu-me um exemplar do livro, com uma dedicatória muito comovedora. Obrigado, Maria José!...

março 16, 2010

Eu prefiro Shakespeare no original: "There are more things in heaven and earth, Horatio, than are dreamt of in your philosophy." (Hamlet)

sena1603.jpg

É uma espécie de lema, divisa ou subtítulo de "Sinais de Fogo", o novo programa de Miguel Sousa Tavares, na SIC. Pena que esta frase de Jorge de Sena recrie ou replique a famosa apóstrofe de Hamlet...

março 07, 2010

É uma pulsão evangélica: os católicos, apostólicos, romanos... sempre adoraram chamar a si as criancinhas...

ped0603a.jpg

Correio da Manhã, 06.03.2010

ped0603b.jpg

Evangelho Segundo S. Mateus

março 05, 2010

Os livros são a verdadeira paixão deste piloto: não só dá "prémios" a escritores, como poupa à guilhotina os livros de Manuel Alegre...

leya0503b.jpg
Notícias Sábado, 27.02.2010

leya0503a.jpg

leya0503d2.jpg
(...)
leya0503d1.jpg

i, 05.03.2010


março 04, 2010

Posso garantir-vos que todos os livros são óptimos e são sábios, desde que nos limitemos a aplicar os seus ensinamentos à educação dos filhos... dos outros...

edu0403a.jpg
Público, 04.03.2010

Educar é hoje, mais do que nunca, um processo civilizacional. E a dúvida é a parteira de todos os avanços civilizacionais...
Ninguém educa (ou deseduca) sozinho.
Diz-me a que rebanho pertences e dir-te-ei como educarás (ou deseducarás) os teus filhos...

março 02, 2010

Deixa lá, José Luís, eu também fui guilhotinado!...

fer0203a.jpg
fer0203b.jpg
fer0203c.jpg

fer0203a2222.jpg

fer0203a11.jpg
fer0203e.jpg
fer0203g.jpg

Público, 02.03.2010

Depois de mais esta medida revolucionária em defesa da língua portuguesa, que destino darei aos dezoito volumes do meu Houaiss?!...

mot0103a.jpg
i, 01.03.2010


mot0103c.jpg
mot0103b.jpg
Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

"Alugavam quartos para encontros amorosos", eram hotéis "de alta rotatividade", informa o Houaiss, Deixarão de ser. A nomenclatura hoteleira quer-se actualizada. Passarão talvez a designar-se por "colmeias arquitectónicas de alcovas discretas ao pé da estrada para rapidinhas". Motel, de facto, era um termo equívoco e soez...

fevereiro 25, 2010

Um excerto mais de... "Sinais de Fogo"...

sin2502c.jpg
(...)
sin2502a.jpg
sin2502b.jpg
(...)

Jorge de Sena, Sinais de Fogo

fevereiro 24, 2010

Um excerto mais de... "Sinais de Fogo"...

fogo2402b.jpg
(...)
sin2402a.jpg
fogo2402c.jpg
(...)
Jorge de Sena, Sinais de Fogo

fevereiro 22, 2010

Um excerto mais de... "Sinais de Fogo"...

fogo2202a.jpg
(...)
sena2202aa1.jpg
(...)
Jorge de Sena, Sinais de Fogo

Um excerto pornográfico de... "Sinais de Fogo"...

sen2202a.jpg
(...)
sena2202b.jpg
(...)

fevereiro 16, 2010

No "inner circle" de Sócrates, não haverá alguém que lhe ofereça (ou empreste) este livrinho?...

men1602a.jpg

men1602b.jpg

A sabedoria derramada nas paredes de Maio..

lyc1602.jpg

Jean-Philippe Legois, Les Slogans de 68

fevereiro 15, 2010

PLANO INCLINADO: um monólogo (trágico) a quatro vozes...

pii1502a1.jpg

É uma espécie de remake sombrio da saudosa Noite da Má Língua. Com uma extraordinária singularidade: aqui não há lugar para a divergência coloquial, nem para o contraditório. Todos os paineleiros (os "residentes" , os "convidados" e o "moderador") afinam, monocordicamente, pelo mesmo diapasão. Se falassem em coro, ninguém notaria a diferença. É o pensamento único em formato de chicote. É a televisão como velório. Digo-vos: como Eça se divertiria a ver e a ouvir este monólogo a quatro vozes...

eça1502a.jpg
eça1502c.jpg
Eça de Queiroz, Uma Campanha Alegre

fevereiro 13, 2010

Um projecto editorial do Expresso claramente dirigido contra Sócrates...

ali1302a.jpg


ali1302g.jpg


ali1302h.jpg

Lewis Carroll, As Aventuras de Alice no País das Maravilhas (edição Expresso)


fevereiro 05, 2010

Já chegamos à Madeira?!...

par0502a.jpg
par0502b.jpg

Eça de Queiroz, Uma Campanha Alegre

Veremos, hoje, de que massa são feitos os deputados da nação, digo, da oposição!...

janeiro 31, 2010

Andam a escrever estas merdas, uns para os outros, há mais de 30 anos...

amf3001.jpg
Notícias Sábado, 30.01.2010

António Mega Ferreira é amigo de Luísa Costa Gomes. Luísa Costa Gomes é amiga de António Mega Ferreira. Ainda bem que são amigos e que ambos escrevem e se lêem com deleite...
O "eduquês", claro, a "paranóia pedagogista (...) activada em espaço de aula", o professor "destinado a assumir o papel de stand up comedian". Um mega romance, não é, Mega?!...

Programa dominical!...

pim3101a.jpg

pim3101b.jpg

Alberto Pimenta, Bestiário Lusitano

janeiro 30, 2010

Se soubesses o que custa mandar, VALTER, preferias obedecer toda a vida!...

vhm2901b.jpg
vhm2901a.jpg
(...)
vhm2901c.jpg
(...)

Sol, 29.01.2010

Conheço (e tenho replicado e partilhado com os meus alunos ) o poeta: não conheço e jamais conhecerei (por falta de tempo e de desejo literário) o romancista. Mas assino por baixo o que valter hugo mãe diz aqui sobre a família e os indivíduos. E sobre deus e sobre a pátria. Só lamento ter quase mais vinte anos do que ele...

janeiro 16, 2010

O Círculo de Giz Caucasiano...

jrs1501a.jpg

jrs1501c.jpg
jrs1501e.jpg

jrs1501b.jpg
(...)
DN, 15.01.2010

janeiro 09, 2010

Assim se escrevia, em bom português, em 1886; "os velhos abordôão-se", "os caracoes babão", "os brios quebrão-se", "os cheiros exhalão-se", "um discipulo applicado", "um alumno bem morigerado"...

com0901a.jpg
(...)
com0901b.jpg
(...)
com0901d.jpg
(...)
com0901c.jpg
(...)

Os monárquicos portugueses, patuscos ou não, deveriam coerentemente peticionar o regresso patriótico à ortografia pré-republicana...

janeiro 05, 2010

"Uma espécie de nó que todos, um por um, são chamados a desatar - e que cada um aperta mais"...

(...)
eça0501.jpg
(...)
Eça de Queiroz, Uma Campanha Alegre

janeiro 02, 2010

Quando a história não é escrita por bonzos...

olim0201.jpg
(...)
Oliveira Martins, História de Portugal


"Sua mãe"... "seu tempo"... "seu pai"... "seu marido": como continua a escrever-se tão mal na universidade portuguesa!...

ddd0201a.jpg

sph0101b.jpg
(...)

Um texto que não tenta seduzir os leitores, que, delicadamente, não lhes pisca o olho, é um texto prepotente. Quando, a noite passada, comecei a ler esta monografia, senti-me, como leitor, imediatamente maltratado. Se um aluno meu, em cinco linhas, usasse quatro pronomes... eu pedir-lhe-ia que reformulasse o texto. Quem escreve mal... raramente pensa bem. Desgraçadamente, a universidade portuguesa está cheia de gente que escreve muito mal...


dezembro 29, 2009

Literatura não recomendada a esposas inquietas e a maridos ingénuos...

woo2912b.jpg
(...)
woo2912a.jpg
(...)

dezembro 26, 2009

Esta é a principal razão, confesso, por que não frequento igrejas, nem seitas: tenho sempre receio de levar com um candelabro (ou um hissope) na cabeça...

all2612a.jpg
(...)
all2612b.jpg

Woody Allen, Para Acabar de vez com a Cultura

dezembro 20, 2009

Os machos que falam assim das "loiras" serão também, todos eles, idiotas?...

loi2012.jpg
Correio da Manhã-Domingo, 20.12.2009

dezembro 14, 2009

SLB prepara, com a contratação de Alan Kardec, a grande batota...

kar1412a.jpg

kar1412b.jpg
Correio da Manhã, 14.12.2009

kar1412c.jpg
Allan Kardec, O Livro dos Espíritos

Espero que a UEFA não autorize esta esotérica transferência: o SLB passaria a jogar com onze, mais não sei quantos espíritos. Já não lhe bastará ter Jesus no banco, digo, na cruz?...
Kardec, o grande Kardec, seria de mais...

dezembro 11, 2009

Tenho, patrioticamente, tanta pena deste ex-polícia!...

ama1112a.jpg

ama1112c.jpg
ama1112b.jpg
ama1112d.jpg
Sol, 11.12.2009

Como, enquanto polícia, não conseguiu sentar no banco dos réus o pai e a mãe da menina desaparecida, decidiu ajustar contas com eles, abandonando a PJ e publicando um livro em forma, segundo se diz, de libelo acusatório (que me recuso, higienicamente, a ler). As vítimas reagiram (como eu, no lugar delas, teria reagido) e o plano de enriquecimento literário do ex-polícia terá sofrido um revés considerável. Agora, coitado, diz-se na penúria. Eis mais uma prova de que o crime não compensa...


dezembro 06, 2009

Este rapaz deveria ser exibido no circo como adiantado sexual...

mex0512a3.jpg
(...)
mex0512a.jpg
mex0512b.jpg
(...)
mex0512c.jpg
Expresso-Única, 28.11.2009

Tem 36 anos e já diz coisas extraordinárias. Por exemplo, que "os homens gostam todos do mesmo nas mulheres". Que a verdadeira camaradagem só existe entre os "animaizinhos", entenda-se, os machos como ele. Que não consegue olhar para uma mulher (tirando as muito velhas) sem pensar que ela é uma fêmea, um objecto de desejo erótico. Será, talvez, uma espécie de priapismo mental...
Não é preciso ter lido Freud para perceber que este rapaz não conseguiu resolver a relação com a mãe. Está, por isso, fadado aos mais altos voos literários...

dezembro 01, 2009

1640: as armas e os barões assanhados...

(...)
640aaaaa3.jpg
640aaaa1.jpg

J. de Vilhena Barbosa, Exemplos de Virtudes Cívicas e Domésticas colhidos na História de Portugal

Cresci a ler estas ejaculatórias patrioteiras e grandiloquentes. Fiquei vacinado...

novembro 22, 2009

Quem não se recorda do... "miles y miles"? Portugal, 1974...

ska2111.jpg

ska2111b.jpg
(...)
Notícias Sábado, 21.11.2009

Alguns leitores terão conhecido o personagem. Havia quem suspeitasse que ele trabalhava para a CIA. Outros, que não passaria de um aldrabão e de um oportunista. Alojei-o em minha casa durante alguns dias. Naquele tempo, todos os chilenos expatriados eram, em Portugal, recebidos como heróis. Ouvi-lhe muitas estórias. Algumas, só percebi depois, não passavam de estórias da carochinha. Não sei se Skármeta conheceu a criatura. Sei, apenas, que certamente o inspiraria...

novembro 21, 2009

De vez em quando, o Estado português usa bem os impostos que nos cobra... *

tib2111a.jpg
Foto de Dario Silva (2009)
tib2111c.jpg
(...)
Ademar Ferreira dos Santos, Mosteiro de Tibães (1834-1864) : Trinta anos para perder o rasto a uma memória de séculos

tib2111b.jpg
Foto de Dario Silva (2009)

Visitei o Mosteiro de Tibães, pela primeira vez, nos anos sessenta. Tirando a igreja e a sacristia, era um montão de ruínas, a saque. Saí de lá profundamente envergonhado. Hoje, mais de quarenta anos volvidos, regresso sempre a Tibães com a alma em festa. Valeu a pena tudo o que foi feito para salvar e recuperar a antiga casa mãe dos beneditinos portugueses...

* Agradeço ao Dario Silva as fotos que inspiraram esta evocação...


Mais romântica do que nunca...

rom2011c.jpg
Sol-Tabu, 20.11.2009

rom2011a.jpg
rom2011b.jpg
(...)

Margarida Rebelo Pinto, O Dia em que te esqueci

Claro que me lembro, Margarida! Estava um calor de ananases e tu serviste-me abacaxi, lembras-te?!...


novembro 07, 2009

Infelizmente, a notícia não esclarece cabalmente se o livro é em prosa ou em verso...

vir0711a.jpg

vir0711b.jpg

vir0711c.jpg
Correio da Manhã, 07.11.2009

Não se trata, obviamente, de literatura comestível. Cheira mais a aperitivo...


novembro 06, 2009

Posso garantir-vos que não foi aqui que José Rodrigues dos Santos, Miguel Sousa Tavares, Rodrigo Guedes de Carvalho, Francisco José Viegas, Clara Ferreira Alves e "tutti quanti" aprenderam a escrever... ficção...

fic0611a.jpg

Personagens
. Técnicas de construção
. Formas de identificação
. Descrição
. Interação com pessoas e objetos
. Comportamento

E muitas outras dicas para criação de personagens inesquecíveis.

Diálogos
. Diálogo e perfil do personagem
. Mostrar entonação e velocidade
. Uso correto de marcadores
. Estabelecer o ponto de vista
. Emoções e subtexto

Escreva diálogos inteligentes que enriquecem a sua trama.

Sentidos e Emoções
. Uso de sons
. Cheiros e paladar
. Sensação térmica
. Conexão emocional com o leitor
. Faça rir e chorar

Diversas técnicas que farão o leitor entrar em sua história.

... e muito mais
. Exercícios para inspiração
. Inícios e finais impactantes
. Descrições de locais e objetos
. Cenas com suspense e lutas
. Revisão, publicação, mercado

Tudo o que você precisa para tornar seus textos interessantes.

Se quiser saber mais, espreite aqui.

Hoje, em Braga, na Centésima Página, a partir das 18:30 horas...

liv0611a.jpg

Apresentação do livro mais recente da minha irmã. Ver a notícia aqui...

novembro 02, 2009

Sempre que lhe perguntam por Portugal e pela literatura portuguesa, o planetário vendedor de chupas-chupas, invariavelmente, responde: "vivi um ano em Sevilha"...

dan0211c.jpg
dan0211d.jpg
(...)
dan0211.jpg
(...)
Expresso-Única, 31.10.2009

outubro 31, 2009

Porque hoje é sábado...

sar3110.jpg
Correio da Manhã, 31.10.2009

outubro 26, 2009

José Rodrigues Saramago dos Santos...

jrs2510a.jpg

jrs2510b.jpg
Correio da Manhã, 25.10.2009

outubro 24, 2009

Contrariando o "manual de maus costumes", torno público que este blogue pode ser lido por mulheres menstruadas...

...)
mensbb1.jpg
mensbb2.jpg
(...)
Levítico 16, 19-30


outubro 22, 2009

Qual Bíblia, qual quê! O Corão é que se vende, porra!...

jrs2210b.jpg

jrs2210a.jpg

jrs2210c.jpg
(...)
Visão, 22.10.2009

Isto é que é literatura! Da boa e da dura...
Saramago, a escrever sobre o Antigo Testamento, não passa de um maricas...

setembro 20, 2009

Para fomentar a leitura dos cafres e dos seus filhos... não há como editar, condensadas, "obras célebres" de "leitura obrigatória" e, muito especialmente, já "adaptadas ao ensino"...

fmp2009b.jpg

fmp2009.jpg

agosto 20, 2009

Um livrinho muito útil para candidatos em campanha...

liv2008a.jpg

julho 28, 2009

Três livrinhos que, de muito bom grado, eu emprestaria (para leitura de férias) a José Sócrates...

liv2707a.jpg

liv2707b.jpg

liv2707c.jpg

julho 26, 2009

Lamento desiludir os bairristas de Guimarães, de Viseu e de Coimbra, mas... D.Afonso Henriques nasceu em Braga, exactamente, há 900 anos ...

afo2507a.jpg
Notícias Sábado, 25.07.2009

afo2607b.jpg
(...)
Torquato de Sousa Soares, Dicionário de História de Portugal (direcção de Joel Serrão)

Sim, foi no dia 26 de Julho de 1109 (há, exactamente, 900 anos) que nasceu, em Braga, no velho Paço arquiepiscopal, aquele que viria a ser o primeiro rei de Portugal. É verdade que D.Teresa, uns dias antes (15 de Julho), provinda de Coimbra, passara por Viseu, a caminho do norte. Mas não foi em Viseu que pariu, mas em Braga, onde o esperava o pai da criança, D.Maurício Burdino, ex-bispo de Coimbra e, a partir de Janeiro de 1109, Arcebispo de Braga. Torquato de Sousa Soares, no Dicionário de História de Portugal, não errou por muito. De facto, foi em Coimbra, em finais de 1108, que D.Teresa e D.Maurício conceberam o tão aguardado filho varão do conde D.Henrique: não na Alcáçova, mas no Convento de Santa Cruz, onde D.Teresa estava então hospedada. E se D.Maurício, entretanto, não tivesse sido nomeado Arcebispo de Braga, é muito provável que D.Afonso Henriques, efectivamente, tivesse nascido em Coimbra. Mas não foi: foi em Braga. Esta é a verdade histórica, até hoje ocultada aos portugueses. Novecentos anos depois, reponho-a aqui...
Viva Portugal!...

julho 25, 2009

O Carlos promove o António, que promove o Miguel, que promove o Zé, que promove a Isabel, que promove o Eduardo, que promove o Carlos, que promove o Miguel, que promove o António, que promove o Zé, que promove a Isabel, que promove o Manel, que promove...

meg2507b.jpg
meg2507a.jpg
(...)
Público-ípsilon, 24.07.2009

A "crítica" literária à moda do Chiado é tão previsível como a horoscopia da taróloga Maya...

julho 14, 2009

A maior parte daquilo que me quiseram ensinar na escola... eu não aprendi (digo, tão rapidamente memorizei, como esqueci)...

jddddd09aaaa3.jpg
(...)
jddddd09aa5555.jpg
(...)
Jean-Charles, Humor de Calções

julho 13, 2009

Uma (fulminante) lição de história...

casernnnnn09aaa1111.jpg

Jean-Charles, Humor de Calções

QUINTOANNN09AA.jpg

Evidentemente, os jardins de infância e as escolas existem sobretudo para "socializar" (integrar no rebanho) as crianças, ou seja, domesticá-las e imbecilizá-las...

aniv509aaaa222.jpg
maggggn09aa1bbbb.jpg
(...)
Jean-Charles, Humor de Calções

QUINTOANNN09AA.jpg

julho 10, 2009

Ana Cristina Leonardo escreve, no Expresso, sobre "Ajudas-me a Morrer?"...

ajudddd09aa111.jpg

Ensaio
Uma católica reflecte sobre um tema polémico: o direito a decidir da sua própria morte. Ela é a favor.

De entre aquilo a que se convencionou chamar temas fracturantes, a eutanásia é aquele que mais dúvidas e polémica levanta. Laura Ferreira dos Santos, licenciada em filosofia e professora na Universidade do Minho, aborda o assunto num livro cujo título evita, precisamente, a expressão eutanásia: "Ajudas-me a Morrer? A morte assistida na cultura ocidental do século XX". Ao substituir o termo controverso, que remete, entre outros, para o programa nazi de eliminação de deficientes, a autora indicia uma posição favorável àquilo a que prefere chamar "morte assistida". A obra é, porém, muito mais do que uma simples defesa do direito de cada um a "morrer segundo as suas próprias convicções". Dá a conhecer a diversa legislação vigente nos países europeus onde a eutanásia já foi despenalizada (estendendo também o estudo à Colômbia e a vários estados norte-americanos), discute exemplos concretos, alguns particularmente mediáticos (como o caso recente da italiana Eluana Englaro), trata com minúcia da situação em Portugal, distingue terminologias, e não recusa reflectir sobre as implicações religiosas, filosóficas, éticas e políticas que o assunto obrigatoriamente levanta. Estamos perante um ensaio sereno e bem alicerçado que não convencerá os defensores da sacralidade absoluta da vida, nem eliminará todas as dúvidas daqueles que torcem o nariz a legislação permissiva em domínio tão sensível. Apesar disso, pela clareza e seriedade de exposição, o livro de Laura Ferreira dos Santos, uma crente que já havia surpreendido pela heterodoxia do seu "Diário de Uma Mulher Católica a Caminho da Descrença" (dois volumes), vem contribuir de forma significativa para um debate cada vez mais urgente.
Ana Cristina Leonardo

Dois poemas da Tininha do Seixal, retirados, sem maldade, do "Cancioneiro da Trafaria"...

medievvvv09aaa11111.jpg

medievvvv09aaa333.jpg

medievvvv09aaa222222.jpg

julho 09, 2009

Dicionário Político... (1)

diccccc09aa11111.jpg

Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

julho 05, 2009

Fórmulas de emerdecer poesia...

msb09aa111.jpg
msb09aaa222.jpg
msb09aaa4.jpg
Notícias Sábado, 04.07.2009

"intensidade imagética", "desdobramentos metafóricos", "um universo integrador do real e do irreal", "labirintos do verbo", "expressividade do verbo", "fluidez do discurso", "insondável harmonia", " entrelaça o misterioso e o telúrico"...
Há muitos anos que os "críticos literários" andam a escrever este tipo de merdas (dir-se-ia... telúricas) sobre a poesia de todos os autores...
Parecem-se tanto com a taróloga Maya, que, prevendo quase tudo, nunca acerta na chave do euromilhões!...


julho 02, 2009

Pode até não ser um grande escritor (e eu cá não tenho opinião formada, porque, simplesmente, me recuso a ler os autores televisivos), mas... vende-se bem, muito bem, em causa própria...

tavarrrr09aaa111.jpg
Visão, 02.07.2009

Claro que esta "longa" entrevista é, apenas, para promover o novo... "romance"...
Cada um faz o que pode pela vidinha...

julho 01, 2009

Para quem vive em Lisboa ou nas imediações e possa estar interessado(a)...

bul09aa11.jpg
bul09aaa2222.jpg

junho 30, 2009

Ou me engano muito ou ele ainda vai dizer que não disse o que dizem que terá dito...

eqqqqqq09aaaa4444.jpg
eqqqqq09aaa3333.jpg
eqqqqq09aaaa6666.jpg
eqqqqqquuuu09aaa77.jpg
eqqqqq09aaaa2222.jpg
(...)
24horas, 30.06.2009

Logo à noite, em Coimbra...

advogggg09aaa11111.jpg

advoggggg09aaa2222.jpg

junho 28, 2009

Infelizmente, o futebol é mesmo isto... e cada vez será pior...

fmendddd09aaa1111.jpg
fmendddd09aaaa2222.jpg

fmenddddd09aaa3333.jpg
24horas, 28.06.2009

Curiosa e sintomática a reacção do editorialista. Quem não o conheça minimamente... que o compre. Portugal, nas colunas de certos "jornais", cheira mesmo muito mal...

Um livro que Mourinho terá inspirado...

manualeeeee.jpg

Colocai o PS no lugar da rã e Sócrates no lugar do escorpião e vereis mais do futuro do que através de uma bola de cristal...

escorp09aa111.jpg

i-nós, 27.06.2009 (reproduzido de "Tertúlia de Mentirosos", de Jean-Claude Carrière)

junho 24, 2009

Ela, "por tudo o exposto", pediu-lhe "desculpas públicas" e foram felizes para sempre...

anaanessss09aaa1111a.jpg

murilllll09aaa2.jpg

ananes09aaa1111.jpg
Correio da Manhã, 24.06.2009

murilllll09aaa1111.jpg
João Murillo, Simbiose (reprodução retirada daqui)

anaaneessss09aaa2222.jpg

junho 23, 2009

Esta é, em todo o ano, a única noite em que, em Braga, para sobreviver, não saio de casa...

1909aaa1.jpg

1909aaaa2.jpg

1909aaa333.jpg

O S.João é um dos meus pesadelos de infância. Nem o lado solsticial da bárbara tradição me conforta. Fujo de todos os rebanhos em tropel, para não ser... atropelado... Esta é a noite em que todos batem em todos, todos insultam todos... e o pior do género humano se apossa das pessoas comuns...
Esta noite... coloco os auriculares, desço as persianas e espero, tranquilamente, que a barbárie se canse...

Um casal swing que deve ter lido (em excesso) José Rodrigues dos Santos...

sw09aaa111a.jpg
sw00aaa222a.jpg
(...)
sw09aaa333a.jpg
sw09aaa444aaa1.jpg
sw09aaa555a.jpg
i, 23.06.2009

"Literatura comestível" ou... o swing numa versão... chunga...

junho 19, 2009

Em Tchekhov, até o desejo é depurado, diria, fragmentário...

3irmas09aa111aaaaaaa.jpg

junho 18, 2009

Ainda é possível falar sobre a morte (assistida)... de uma forma bem disposta...

juuuu09aaa666a.jpg

juuuuuu09aaa333a.jpg

juuuuu09aaa444a.jpg

Há muito tempo que não acompanhava na televisão uma conversa tão descontraída e tão bem disposta sobre a morte. Tiro o chapéu a Júlia Pinheiro!...

Ao princípio da tarde, morte assistida e directivas antecipadas em análise, na TVI...

tardesdajjj09aa11.jpg

Quem quiser ver e ouvir a minha irmã, sintonize a TVI, a partir das 14:10...
Espero que ela consiga sobreviver a tanta viagem e exposição mediática...

ajudddd09aaa111aaa.jpg

junho 16, 2009

Sim, sim, os vinhos e os enchidos de Braga têm fama universal... Muito especialmente, os vinhos e os enchidos de Mesquita Machado...

fatimmmm09aaa1111a.jpg
fatilll09aaa222a.jpg
Correio da Manhã, 16.06.2009

Braga sempre teve os seus efémeros apaixonados. E cada crónica ou entrevista de alfacinhas sobre Braga é uma fonte de revelações para os indígenas. Este depoimento de Fátima Lopes sobre os "vinhos" e os "enchidos" de Braga transportou-me a 1986 e a uma célebre crónica de Jorge Listopad no Diário de Notícias, que, na altura, glosei nos seguintes termos.

list09aaa1111.jpg
listtt09aaa222a.jpg
listttt09aaa3333a.jpg
Henrique Barreto Nunes&Ademar Ferreira dos Santos, Entre Aspas (1984-1991)

junho 15, 2009

Uma lei, pelos vistos, filha de pai incógnito e mãe incerta...

alegggg09aaa2222.jpg

alegrrrr09aaa444.jpg

aleggg09aa1111.jpg

alegrrr09aaa3333.jpg

alegrrrr09aaaa5555.jpg

O Praça da Alegria, da RTP1, dedicou hoje cerca de 15 minutos à análise da lei recentemente aprovada (na generalidade) na Assembleia da República sobre o chamado "testamento vital" ou "directivas antecipadas". Como já sucedeu noutros debates, a lei foi minuciosamente zurzida por todos os participantes. Mais: ouviu-se mesmo Daniel Serrão, que não é propriamente suspeito de simpatizar com o Bloco de Esquerda, elogiar a crítica cerrada que o médico e deputado bloquista João Semedo fez à proposta de lei do PS no debate parlamentar. E, uma vez mais, não apareceu ninguém do PS a defender a lei, que parece filha de pai incógnito e mãe incerta. Como disse a minha irmã, a lei está mal elaborada, padece de várias imprecisões e contradições e, na prática, se não viesse a ser profundamente revista e melhorada na especialidade, deixaria os cidadãos tão desarmados e desamparados como estão hoje. Esta lei é bem o espelho do que tem sido a governação do PS: uma governação faz-de-conta, arrogante, auto-suficiente, pretensamente iluminada e oportunista. Quantos portugueses, pergunto-me, desejarão continuar a ser governados (até 2013!) por José Sócrates e por este PS, que sempre parece confundir o país com o teleponto?!...
Esta manhã, no Fórum da TSF, Ana Gomes, no rescaldo das eleições europeias, dizia que o problema do PS era, fundamentalmente... um problema de estilo (ou de método). As políticas seriam óptimas, o governo é que nem sempre tivera paciência para dialogar com as "vítimas", convencendo-as da suprema bondade das suas opções. Quando uma militante e deputada europeia razoavelmente esclarecida como Ana Gomes repete este tipo de baboseiras... imagine-se o que, no PS, pensarão e dirão os outros. Quem tinha razão, de facto, era Brecht: "é só porque toda a gente é tão estúpida que há necessidade de alguns tão inteligentes". O PS, sob a liderança de Sócrates, bateu no mais fundo de si próprio...

junho 14, 2009

"Crónica" em causa própria...

glorrr09aaa555a.jpg
glor09aaa111a.jpg
glorrr09aaa222a.jpg
glorrr09aaa333a.jpg
glorrr09aaa444aa.jpg
Público, 14.06.2009

Vasco tem razão: há mesmo coisas que não se explicam. Uma "crónica" como esta, por exemplo...

junho 13, 2009

Um livro que eu gostaria de ler em português...

pappap09aa111aaaaaa.jpg

Esta é a Escola e o Projecto Educativo que o PS (no Governo e na Câmara Municipal de Santo Tirso) se prepara para sufocar e extinguir...

es09aaaa111111.jpg

es09aaaa2222222222.jpg

es09aaa333333333.jpg

es09aaaaaaa444444444.jpg

es09aaaaa5555555.jpg

es09aaaa66666666.jpg

Nenhuma escola portuguesa é tão conhecida, tão estudada e tão admirada lá fora, como a Escola da Ponte. Todos os anos, são milhares os nacionais e os estrangeiros que a visitam. Inúmeras dissertações de mestrado e teses de doutoramento foram feitas sobre a Escola e o seu Projecto Educativo. Nada é, porém, bastante para o PS. E a Escola da Ponte, a não serem sustidas as ameaças que sobre ela impendem, irá morrer às mãos do partido que, ao longo dos anos, mais declarações de amor lhe dedicou. Miserere!...

junho 12, 2009

A partir de hoje, nas bancas...

lauuuuu09aaa111a.jpg

junho 08, 2009

Aprofundando, com Sócrates, a psicofoda...

plasticuuuu09aaa111.jpg
i, 08.06.2009
fooood09aa111.jpg
psicoooof09aaa111.jpg

junho 05, 2009

Uma notícia estúpida, com um título grosseiro...

digniii09aaa1111.jpg
Visão, 04.06.2009

A Dignitas, ao contrário do que se afirma na notícia, não facilita a "eutanásia" (a qual, de resto, não é legalmente consentida na Suiça), mas apenas o "suicídio assistido" (ou seja, ninguém mata ninguém; quem quer pôr termo à vida... pede e obtém ajuda para concretizar o seu intento suicidário, se preencher, para o efeito, determinados requisitos). A grosseria do título salta à vista. Quem redige e publica notícias deste jaez não merece ter uma carteira profissional de jornalista...
A propósito, publico alguns excertos do livro da minha irmã Laura que, no próximo 12, chegará finalmente às bancas...

digniii0077777.jpg
dignitttt09aaa6666.jpg
(...)
(...)
digniii09aaa2222.jpg
digniiii09aaaa33333.jpg
digniiii09aaa4444.jpg
(...)
Laura Ferreira dos Santos, Ajudas-me a Morrer? (A morte assistida na cultura ocidental do século XXI), Sextante Editora

capaaaalau09aa1111.jpg

junho 03, 2009

Ainda a propósito de comentários e comentadores... anónimos...

Todos os dias recebo comentários (de leitores "anónimos) que não publico, por serem grosseiramente insultuosos (para mim ou para outros). Este blogue não é uma parede onde cada um picha o que lhe apetece.
Hoje, na sequência deste "post" , recebi o seguinte comentário (obviamente, de um leitor "anónimo"):

"o enfoque.
Foda-se para professor vê lá se aprender a escrever em português
."

Registo aqui, excepcionalmente, o comentário, porque ele é bem ilustrativo do carácter que, geralmente, na blogosfera, anda associado ao... anonimato. Em Portugal, não há opinião mais definitiva e arrogante do que a dos ignorantes, que, cobardemente, atiram a pedra e escondem a mão. E já que a minha condição de "professor" é invocada pelo leitor anónimo, pedagogicamente, retribuo-lhe a ofensa, reproduzindo, simplesmente, a "bíblia" dos dicionários portugueses.

enfoq09aa1111.jpg
Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

maio 31, 2009

Irmãos em Cristo! Usai os buracos do nariz e das orelhas e agradecei a Deus por terdes um padre que, certamente, já experimentou de tudo e nem de tudo gostou, coitado!...

idio09aaaa55555.jpg
(...)
idio09aaaaa666666.jpg
idio09aaaa7777777.jpg
(...)
idio09aaa8888888888.jpg
(...)
idio09aaa33333333.jpg
idiot09aaa2222222222.jpg
idiot09aaaa11111.jpg
(...)
idio09aaaaa999999999999.jpg
Correio da Manhã-Domingo, 31.05.2009

maio 30, 2009

Proximamente, nas bancas...

livvv09aaaa11111.jpg

livvvv09aaaa33333.jpg

livvvvv09aa4444.jpg

livvvv09aaaa222222.jpg

maio 29, 2009

Este patusco jornalista do DN (João Céu e Silva) será "light" ou, apenas, "sexy"?!...

ligh09aa111.jpg
ligh09aaa2222.jpg
(...)
ligh09aaa44444.jpg
(...)
ligh09aaa33333.jpg
DN, 29.05.2009

jceusss09aa111.jpg
(...)
Sol-Tabu, 29.05.2009

maio 24, 2009

"Livros inspirados na vida real"...

escrittt09aaa1111.jpg
romanccc09aaa444.jpg

romancccc09aaa11111.jpg
(...)
romanccc09aaa33333.jpg
JN, 24.05.2009

Para ler e recitar todos os dias até às eleições legislativas... (44)

oraetlabora09aa11111.jpg

gastaooo09aaa1111.jpg

maio 18, 2009

Era assim que se devia fazer "educação sexual" nas escolas...

aniiii09aaa1111.jpg

Gilbert Delahaye&Marcel Marlier, Anita na Escola

maio 17, 2009

Nossa Senhora do Alívio...

que09aaa111.jpg
queccc09aaa2222.jpg
quecccc09aaa333.jpg
queccc09aaa4444.jpg
queccc09aaa44444444.jpg
queccc09aaa5555555555.jpg

monolll09aaa1111.jpg

Correio da Manhã-Domingo, 17.05.2009

Vi na anterior versão (solitária) de Guida Maria e...recomendo...

maio 12, 2009

SÓ DEZ POR CENTO É MENTIRA (o mais, claro, é invenção): um precioso documentário sobre Manoel de Barros que a Ana já viu (em Paris) e eu, não...

invvvv09aaa11.jpg
Manoel de Barros, Livro das Ignorãças


Depois de Fernando Pessoa, Manoel de Barros. São os dois grandes génios da poesia, em português. Manoel de Barros tem 92 anos e sempre se furtou à exposição pública. O realizador Pedro Cezar conseguiu o milagre de o convencer a entrar na personagem de si mesmo. O documentário que realizou, intitulado SÓ DEZ POR CENTO É MENTIRA, passou por estes dias em Paris, no Festival de Cinema Brasileiro. A minha amiga Ana Saraiva foi ver e adorou. Quando o veremos aqui?...


maio 08, 2009

Um banqueiro, obviamente, acima de qualquer suspeita, como todos os outros...

renddddd09aaa11111.jpg
Público, 08.05.2009

rennnddddd09aaa222222.jpg

maio 06, 2009

Esta é uma das poucas vaidades que eu respeito...

hhho09aaa1111.jpg
hhhho09aaa3333.jpg
hhhh009aaaa4444.jpg
hhhho09aaa2222.jpg
Público, 06.05.2009

José Pacheco Pereira tem ilustres antepassados. Ele não gosta muito de falar deles por causa, suponho, de... Inês de Castro. Duarte Pacheco Pereira assinava assim:
hhhho09aaa6666.jpg
Dicionário de História de Portugal (coordenado por Joel Serrão)

Um livro mais de Vergílio Rodrigues...

vergggg09aaa1111111.jpg

Quando nos conhecemos, há quase trinta anos, ele fazia de deputado (socialista) e eu... de jornalista. Simpatizámos imediatamente um com o outro. Tínhamos, em comum, a propensão para a ironia e a gargalhada fácil. Como morámos na mesma freguesia, continuámos a encontrar-nos de vez em quando e a rir, a rir sempre. O Vergílio é, provavelmente, o português mais "gentleman" que eu conheço (ao pé dele, João Carlos Espada não passa de um enchido de lacinho e paletó) e, ao mesmo templo, o mais "queirosiano". Com uma frase distraída, o Vergílio fulmina qualquer vaidade e fragmenta em cacos a mais lustrada reputação. Sempre que me cruzo com ele, é certo e sabido que vamos gargalhar. Há pouca gente neste país de tristes e fingidos que eu goste tanto de encontrar como o Vergílio...
Ontem, mandou-me um e-mail a anunciar a publicação de mais um livrinho. Hoje, de manhã, recebi-o. Comecei a folheá-lo. Ainda não é o livro de memórias que o Vergílio nos deve, mas ele promete não ficar por aqui. Continuarei à espera dos próximos...
Obrigado, Vergílio!...


verggg09aaa222222222.jpg
verggg09aaa2222.jpg

maio 05, 2009

O primeiro testamento de Miguel Torga (perdão, Adolfo Rocha)...

testammm09aa111.jpg
testammmm09aaa222222.jpg
testamm09aaa222.jpg
testammm09aaa4444.jpg
testammm09aaa5555.jpg

Adolfo Rocha, Pão Ázimo

maio 03, 2009

Eça de Queiroz e José Saramago: dois olhares radicalmente distintos sobre o 1º de Maio e a arruaça de que foi vítima Vital Moreira...

(...)
hortal09aaa111.jpg
(...)
Eça de Queiroz, Uma Campanha Alegre


sarammmm09aaa111.jpg
sarammm09aaa22222.jpg
(...)
DN, 03.05.2009Eça

abril 30, 2009

Um compositor pouco conhecido e injustiçado (Galuppi) que, porém, me deixa sempre, feliz, à porta de Veneza...

galupppp09aa111.jpg
Tomás Borba e Fernando Lopes Graça, Dicionário de Música I

abril 27, 2009

Manuela Ferreira Leite na esteira de Salazar (com dedicatória implícita)...

verddddd09aaa11111.jpg

verdddd09aaa2222222.jpg
António de Oliveira Salazar, Antologia

Dedicado à Ana Miguel (11 anos), que fulminantemente detectou Salazar num cartaz de propaganda do PSD...

De como Nun'Álvares, por amor à pátria, se obrigou a casar com uma viúva ainda virgem e como o Minho, em três anos, o predestinou à santidade...

(...)
olivmart09aaaaa1111111111.jpg
olivmart09aaa22222.jpg
(...)
Oliveira Martins, A Vida de Nun'Álvares

Uma prova mais da heroicidade e da santidade patriótica de Nuno Álvares Pereira (convirá dizer que a RTP esteve lá e transmitiu em directo)...

exxxx09aaa1111.jpg

(...)
beat09aaa1111.jpg
beatr09aaa2222.jpg
beatrr09aaa333333333333.jpg
beat09aaaaaa44444.jpg
beatr09aaa5555555.jpg
beatriz09aaaaaaaa6666666666.jpg
_______________________________________________________________

exxxx09aaa222222.jpg

abril 26, 2009

Estará à espera de um príncipe ou de um pénis encantado?!...

virgggg09aaa22222.jpg

virgggg09aaa111111.jpg
Público, 26.04.2009

A cada um e a cada uma... a sua patologia (e os seus fetiches). É um direito fundamental. Mas talvez esta virgem militante do indesejo retirasse algum benefício (e quiçá algum conforto espiritual) da leitura desta obra da minha irmã...

dessseee09aa1.jpg

Trinta anos depois... não terá envelhecido?...

nabuk09aaa111111.jpg
Correio da Manhã-Domingo, 26.04.2009

abril 20, 2009

Cuidado a quem estendeis a mão!...

algggg09aaa111.jpg
algggg09aaaa2222.jpg
World Press Cartoon - Os Autores

abril 19, 2009

O cão de água, genuinamente português, que Obama, esse ingrato, declinou... por que não o oferecem a Sócrates ou a Câncio?...

Francamente, já não sei quem lhes possa ser mais fiel...
(...)
caes09aaaaa333333.jpg
(...)
Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

(...)
caes09aaaa22222.jpg
(...)
caes09aaaa111111.jpg
(...)
Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira

abril 18, 2009

Imperdível (hoje, com o Expresso)...

carrrttt09aa222.jpg


cartttt09aaa1111.jpg
harca09aaa1111.jpg

A pretensiosa e mui "patriótica" ignorância de quem, hoje, dirige o Expresso...

alvarez09aaa1111.jpg
Expresso, 18.04.2009

Nos tempos em que o José Henriques Coimbra, meu querido e saudoso Amigo, fechava sobre a rotativa as edições do Expresso... uma calinada destas não teria sido, seguramente, publicada. Porque ele tinha lido Fernão Lopes (que reproduzo em baixo) e não estranharia a grafia coeva do apelido do Condestável: Allvarez ou Alvarez. O sufixo, como se sabe, sinaliza aqui a filiação paterna: Alvarez (depois Álvares), filho de... Álvaro. NunAllvarez Pereira era filho do prior da Ordem do Hospital, Álvaro Gonçalves Pereira. Daí o apelido Allvarez ou Alvarez (muito mais tarde "esdruxulizado" para Álvares).
Que os promotores da canonização do Condestável repitam a grafia original do apelido do filho do prior... até chega a ser divertido. Porque esta grafia remete ainda mais ostensivamente para a origem sefardita do nome. Não deixa de ser irónico que os herdeiros da Santa Inquisição se preparem para, com tanta pompa e circunstância, canonizar um judeu (cristianizado).
Era para isto que o Expresso, se não fosse tão pretensiosamente ignorante, deveria ter chamado a atenção...

(...)
fernaoo09aaa1111.jpg
(...)
fernaoooo09aaa2222.jpg

abril 12, 2009

A faca e o alguidar estão de luto!...

tellado09aaa111.jpg
tellado09aaa2222.jpg
JN, 12.04.2009

corintt09aaa2222.jpg


março 30, 2009

Queres de volta os livros que te apreendemos ilegalmente? Vem buscá-los!...

cnsu0'9aaa1111.jpg
censu09aaa22222.jpg
Correio da Manhã, 30.03.2009

Será que alguém ainda tem dúvidas de que Portugal é um país do caraças?!...

março 27, 2009

Elementar, meu caro Onfray!...

onf09aa1.jpg
(...)
onf09aa2.jpg
onf09aa3.jpg
(...)
Visão, 26.03.2009

março 24, 2009

Se as velhas e estafadas "soluções" nada resolvem (não é por haver muitos exames que a escola é melhor e os alunos aprendem mais), por que não experimentar outros caminhos, por mais absurdos que possam parecer?...

(...)
vestib09aaa2222.jpg
vestib09aa111.jpg
Gilberto Dimenstein&Rubem Alves, Fomos Maus Alunos

março 21, 2009

Não estaremos todos a ficar mortalmente cansados deste Portugal tão ao jeito e à medida de Sócrates, "o menino de ouro"?!...

maio09aaa222.jpg
maio09aaa111.jpg
maio09aaa4444.jpg
(...)
Público, 21.03.2009

março 13, 2009

Logo à noite, em Braga...

coaaa09aa1.jpg

coaaaaaaaaa09aaa222.jpg

Um reencontro de velhos amigos, com as gravuras do Côa em fundo...

março 11, 2009

A prova definitiva de que Manuela Ferreira Leite leu Fernando Pessoa...

interr09aa11.jpg

março 08, 2009

Mal sabe o cartoonista, coitado, que a primeira cópia do Decameron a entrar em Portugal foi trazida de Génova por um arcebispo de Braga...

tab09aaa1.jpg

tab09aaa222.jpg

(...)
decam09aaa111.jpg
decam09aaa2222.jpg
decam09aaa3333.jpg
Sol-Tabu, 07.03.2009

março 03, 2009

Dado que, ultimamente, muito se tem falado das mulheres de Salazar, sobretudo, das casadas, hoje apetece-me recordar aqui aquele que julgo ter sido o único homem, solteiro, da sua vida...

gril09aaa3.jpg

gril09aa1.jpg
gril09aaa22.jpg
Padre Moreira das Neves, O Cardeal Cerejeira

fevereiro 28, 2009

Não haverá, neste país, mais ninguém (com crédito de investigação e de experiência pessoal) que seja capaz de dar a cara pela morte assistida?!...

laur09aaaa5.jpg

laur09aaa111.jpg

laur09aaa222.jpg

laur09aaa444.jpg

laur09aaaaaaa9.jpg

Confesso que começo a ficar preocupado com a minha irmã. Eu sei que não haverá actualmente em Portugal quem, mais informadamente e convincentemente do que ela, defenda a causa da morte assistida (como a obra que, brevemente, virá a público com a chancela da Sextante demonstrará). Mas parece uma luta de David contra Golias: a minha irmã, quase só, contra a Ordem dos Médicos, contra a Igreja Católica e contra todos os preconceitos e tabus que a morte, há muitos séculos, convoca. Espero que outros apareçam no debate e que o debate, como hoje aconteceu na TVI 24, não seja apenas entre a Laura e a hipocrisia nacional. Ela merece, fora dos partidos, ser assistida nesta causa de todos nós...

fevereiro 26, 2009

Courbet à moda de Braga...

courb09aaa1.jpg
Sábado, 26.02.2009

fevereiro 25, 2009

Abençoada diplomacia portuguesa! Afinal, ainda há quem aplauda, em nome do "bom senso" (com hífen e sem ele), a investida "censória" da PSP, em Braga!...

FranciscoSeixasdaCosta.jpg

Os diplomatas, em geral, têm vidas excêntricas, vidas, aliás, que poucos gostariam de ter. Não se deve, por isso, estranhar que tenham também pensamentos excêntricos, tantas vezes enredados em discursos desconexos ou, até mesmo, patetas. Francisco Seixas da Costa, embaixador em Paris, não se distingue da tribo. Repare-se na acutilância e, ao mesmo tempo, na subtileza desta prosa:

Bom senso

Detecto muito de hipocrisia e de oportunismo em algumas das indignações, de cariz quase libertário, que por aí emergiram em face da decisão de mandar recolher, da venda indiscriminada ao público, exemplares de uma obra que, ao que li na imprensa, se apresentava na capa com uma famosa, bela e impúdica pintura de Courbet (coloquem a palavra "Courbet" no Google Images e logo a verão).

A esses espíritos tão sensíveis à preservação, sem limites, do direito de expor em todas as dimensões públicas e privadas, independentemente da idade dos que a elas têm acesso, todo o tipo de obras de arte, eu gostaria de perguntar se acaso têm sobre a mesa da sua sala, à vista das crianças da casa, os albuns desse fotógrafo de eleição que é Mapplehorpe. Ou se considerariam natural se certos poemas conhecidos de Bocage ou de António Botto fizessem parte das leituras postas à disposição dos seus jovens filhos.

Por princípio, não é muito saudável ver os poderes públicos arvorarem-se em juízes do que alguém pode ou não ver. Em regra, tudo deve estar acessível a todos e também começa a ser óbvio que o conceito daquilo que possa ser uma imagem chocante tem vindo a variar ao longo dos anos - com impacto nos critérios do seu acesso a determinadas faixas etárias.

Mas sejamos honestos: neste caso do quadro de Courbet, a questão não é do domínio da censura, mas apenas de mero bom-senso.

O "mero bom senso" (libertado do hífen) recomenda, se bem atinjo o ponto do senhor embaixador, que as autoridades estejam atentas (e vigilantes) ao que por aí se exibe. Nem tudo se pode expor (designadamente, na capa de um livro) e há impudicícias que o tal "bom senso" desaconselha que possam estar ao alcance da infância, da adolescência e, até, da juventude. Daí que se justifique - a dedução impõe-se - a intervenção das autoridades policiais, sempre que os limites do "bom senso" sejam, flagrantemente, ultrapassados. O "bom senso", presume-se, deve ser a medida da acção policial profiláctica. Salazar, verdadeiramente, não dizia coisa distinta, embora não chamasse "bom senso" aos "valores perenes da pátria", que, de resto, malandro, só ele sabia quais eram.
O argumentário do senhor embaixador conduz-me, porém, a uma angústia que não sei como resolver, no quadro, claro está, do "bom senso": como poderá a polícia controlar o que se exibe na internet, sabendo-se, por exemplo, que o governo da República, através do Magalhães, se prepara para colocar a internet à disposição de todas as criancinhas, onde quer que elas se encontrem? Como impedir que as criancinhas, imitando, de resto, o senhor embaixador, "coloquem a palavra "Courbet" no Google" e acedam, num ápice, às imagens dos quadros impúdicos do pintor? Francamente, não sei como responder a esta questão, que não é, obviamente, do domínio da "censura", mas, como se sabe, do "bom senso" (sem hífen).
Depois, sobra ainda a questão da substância do próprio "bom senso" (sem hífen). Sabendo-se que Portugal é um estado de direito e que não são as autoridades policiais que fazem a lei... como compatibilizar a norma, necessariamente, geral e abstracta, com o "bom senso" oponível a cada situação concreta?
Não tenho resposta para estas angústias. Talvez, por isso mesmo, é que eu não seja embaixador de Portugal em Paris. Com muita pena, aliás, da minha amiga Ana Saraiva, que todos os dias bebe do fino, digo, das luzes...

Isto não é apenas pornográfico, senhor intendente Machado! Isto é moralmente repugnante e está à venda, em Braga, na Feira do Livro em Saldo! Exijo que mande apreender esta porcaria, antes que eu promova um desacato...

ovidi09aa111.jpg

ovidi09aaa333.jpg

ovidi09aaa22.jpg

Seremos todos idiotas, só por termos nascido em Portugal?...

VERSÃO INICIAL (NO ENTUSIASMO DA GRANDE E PATRIÓTICA APREENSÃO)

PSP09AAA111111.jpg
Diário do Minho, 24.02.2009

VERSÃO REVISTA E ACTUALIZADA (PARA CONSUMO DOS INCAUTOS)

psp09aaa111.jpg
Correio do Minho, 25.02.2009

Abusam do poder, convertem o estado de direito num estado policial e ainda nos tentam aldrabar...


fevereiro 24, 2009

A PSP, afinal, irá devolver os livros apreendidos em Braga, porque, hélas!, descobriu que a imagem da capa não era pornográfica, mas a mera reprodução de uma "obra de arte". Ai se fosse!...

A notícia, carnavalesca, poderá ser lida aqui...

Atenção, bracarenses: este livro de Luiz Pacheco é (miseravelmente) pornográfico!...

libert09aa1.jpg
(...)
libert09aaa33.jpg
(...)

Atenção, bracarenses: este poema de António Botto é pornográfico!...

botto09aa1.jpg
botto09aaa5.jpg
Natália Correia, Antologia de Poesia Portuguesa Erótica e Satírica

Como hoje é terça-feira de Carnaval e não apenas em Torres Vedras, aqui exibo doze fotografias quase centenárias, para instrução básica do digníssimo Ministério Público, da PSP (à moda de Braga) e de Saraiva Martins, cardeal padroeiro das normalidades...

foto09aaa111.jpg

foto09aaa222.jpg

foto09aaaaaaaa666.jpg

foto09aaa333.jpg

foto09aaa444.jpg

foto09aaa666.jpg

foto09aaa888.jpg

foto09aaaaaaaaa77.jpg

foto09aaa0000.jpg

foto09aaaaa22.jpg

foto09aaaaaa55.jpg

foto09aaaaaaa333.jpg

1000 Nudes - A History of Erotic Photography from 1839-1939 (Uwe Scheid Collection)

fevereiro 23, 2009

Não é justo (nem misericordioso) que José Pacheco Pereira ridicularize Pedro Passos Coelho...

(...)
leitu09aa11.jpg
(...)
Pública, 22.02.2009

Pedro Passos Coelho, o eterno candidato não se sabe bem a quê, confessava ontem ao Público (perdão, à Pública) que, gostando de "coisas mais directas", lera na adolescência ou na juventude, antes de Kafka, Fenomenologia do Ser, de Sartre. José Pacheco Pereira, que nunca morreu de amores pela JSD, correu, desconfiado, ao Almanaque de Gotha do existencialismo e confirmou o que já pressentia: Pedro Passos Coelho terá lido, em muito bom tempo, um inédito de Sartre. Em vez, porém, de bater palmas, preferiu ironizar, colocando Fenomenologia do Ser no mesmo plano do extraordinário Concerto para Violino, de Chopin (uma das peças musicais preferidas de Santana Lopes). Pacheco Pereira, de certeza, não leu Verdade e Existência, de Sartre...

verd09aaa11.jpg
Denis Huisman, Dicionário das Mil Obras de Filosofia

janeiro 20, 2009

Isabel da Nóbrega e José Saramago ou... de como Mariana Amália se converteu em Blimunda...

saram09aa11.jpg
(...)
saram09aa1.jpg
saram09aa2.jpg
saram09aa6.jpg
saram09aa3.jpg
saram09aa10.jpg
saram09aa5.jpg
saram09aa8.jpg
(...)
Sol-Tabu, 17.01.2009

janeiro 16, 2009

Uma entrevista (e um livro) que recomendo...

gary09aa1.jpg
gary09aa22.jpg
comput09aa11.jpg
Sábado, 15.01.2009

janeiro 11, 2009

Ó Adolfo Luxúria Canibal: não traduzas assim, pá! (2)

heila09aa1.jpg
Vladimir Maiakovski - 33 Poesias (tradução de Adolfo Luxúria Canibal)

Hei-la cheia? Ah, cão!...

Ó Adolfo Luxúria Canibal: não traduzas assim, pá!...

cao09aa1.jpg
(...)
Vladimir Maiakovski - 33 Poesias (tradução de Adolfo Luxúria Canibal)

Cobriria-o de latidos? Ah, cão!...

janeiro 08, 2009

Poesia (também) para professores que se acobardam...

meod09aa1.jpg

dezembro 31, 2008

Que a felicidade, neste dia, vos perturbe, na graça de deus, do diabo, do espírito santo, das virgens eternas e de todos os sumos pontífices! ou... 12 sugestões de exercícios espirituais para todas as condições, orientações, aspirações e inspirações...

erot08aa1.jpg

erot08aaa3.jpg

erot08aaa8.jpg

erot08aa2.jpg

erot08aaa9.jpg

erot08aaa5.jpg

erot08aaa6.jpg

erot08aaa7.jpg

erot08aa11.jpg

erot08aaa12.jpg

erot08aa10.jpg

erot08aaa4.jpg

Gilles Néret, Erotica Universalis (Volume 1)

dezembro 20, 2008

Sexo lento...

sexo08aaa111.jpg

sexo08aaa222.jpg
sexo08aaa333.jpg
24horas, 20.12.2008

Espero que a TVI, depois de Equador, explore devidamente este enredo...

sexo08aaa44.jpg
Gilles Néret, Erotica Universalis - II

De como Santa Maria Filomena Mónica, patrocinada pela Colunex, perseguiu Bin Laden no Alhambra e não resistiu a um largo bocejo civilizacional...

filom08aa11.jpg
Sábado, 18.12.2008

Foi a minha leitura matutina, esta divertida reportagem de Filomena Mónica na Andaluzia (perdão: no Alhambra e na Mesquita, de Córdoba). Ainda há quem lhe pague para fazer estas cenas e ela, com almofada ou sem almofada, lá vai superiormente aquiescendo, na vã tentativa de civilizar os cafres e os indígenas, que somos nós. O resultado é uma mistela parida entre o bocejo e o preconceito que só põe a nu a consabida indigência mental da criatura.filom08aaa33.jpg
Filomena percebe pouco de quase tudo, ainda que finja voar sempre sobre as vulgaridades que tanto a indispõem com o universo. Se ela, antes de se instalar no Parador, de Granada, tivesse passado os olhos, por exemplo, pelo livrinho cuja capa, em baixo, lhe dou a cheirar, não teria certamente escrito a maior parte dos disparates que evacuou. E se tivesse querido mesmo encontrar-se com Bin Laden, em Granada, bastar-lhe-ia ter perguntado por ele em Albacin. Todos sabem onde ele se esconde...

filom08aa22.jpg

dezembro 13, 2008

Como a língua portuguesa facilita os maiores milagres...

teresa08aaa1.jpg

teresa08aaa2.jpg
Marsilio Cassotti, D.Teresa - A Primeira Rainha de Portugal

Não fora uma deficiente utilização do português e quase poderia dizer-se que Elvira Mendes, "trisavó da sua bisavó", foi neta de si própria. Ou bisneta? Ou trineta? Como assim se comprova, desde as origens que Portugal estava fadado ao milagre...

dezembro 10, 2008

Declaração Universal dos Direitos Humanos (10.12.1948)...

Assinala-se hoje o sexagésimo aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Em 1998, a minha escola (Secundária Camilo Castelo Branco-Vila Nova de Famalicão) tomou a iniciativa de editar em livro a Declaração, ilustrada, artigo a artigo, por alguns estudantes do Curso de Artes. Já lá vão dez anos e não sei o que é feito desses jovens. Mas, certamente, neste dia, eles gostarão de ver aqui recordados alguns dos seus trabalhos. E a Ana Granja, a Aurora Marques, a Cristina Abreu e a Gabriela Couto, professoras que asseguraram a coordenação da obra, também...

dec08aaa1.jpg
Autoria: Cristina Oliveira

dec08aaa2.jpg
Autoria: Tiago Amorim

dec08aaa4.jpg
Autoria: Ludgero Ribeiro

dec08aaa3.jpg
Autoria: Sérgio Correia

dec08aaa5.jpg
Autoria: Marta Veloso

dec08aaa8.jpg
Autoria: António Ângelo Barbosa

dec08aaa6.jpg
Autoria: Ana Dejanira Carmo

dec08aaa7.jpg
Autoria: Eva Amorim

dec08aaa10.jpg
Autoria: Hernâni Miranda

dec08aaa9.jpg
Autoria:Nuno Castro

dec08aaa11.jpg
Autoria: Elisabete Ferreira

dec08aaa12.jpg
Autoria: Ângelo Almeida

dec08aaa13.jpg
Autoria: Ricardo Costa

dec08aaa14.jpg
Autoria: Ana Dejanira Carmo

dec08aaa15.jpg
Autoria: Marta Veloso

dezembro 08, 2008

E as crianças, senhor, sobreviverão elas a mais uma desilusão?!...

veloso08aa11.jpg
Público, 08.12.2008

Pires Veloso sempre foi um pândego. Ele é que é o herói...

dezembro 07, 2008

Morreu o menos ateu dos existencialistas portugueses (se é que os houve)...

alçada08aaa.jpg

Era um tipo decente, o que, em Portugal, nunca será coisa pouca. Foi peregrinar interiormente para outro lado. Ele, pelo menos, deveria acreditar nisso...

O livro que deixarei no sapatinho de Sócrates...

callo08aa.jpg

dezembro 06, 2008

Aprenderemos algum dia com a história?!...

afeg08aaaa3.jpg
afeg08aaaa4.jpg
(...)
afeg08aaa1.jpg
afeg08aaaa2.jpg
(...)
Público-Ípsilon, 05.12.2008

afeg08eeee5.jpg
afeg08eeee1.jpg
afeg08eeee2.jpg
(...)
Eça de Queiroz, Cartas de Inglaterra

Mais de cem anos separam estes dois testemunhos. Tente descobrir as diferenças...

dezembro 05, 2008

Para quando a edição da obra completa de Dinis Machado?...

req08aa1.jpg

Uma página de Fernando Pessoa...

ensai08a.jpg

Fernando Pessoa, Ensaios Políticos - Ideias para a Reforma da Política Portuguesa

dezembro 01, 2008

Notas (triviais) de leitura de um dicionário... (2)

dicio08xxx1.jpg
dicion08xxx5.jpg
dicion08xxx3.jpg
dicion08xxx4.jpg
dicion08xxx6.jpg
(...)
Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Portiguês

Quando, na abertura de A Cena do Ódio, grita: "Ergo-Me Pederasta apupado d'imbecis, Divinizo-Me Meretriz, ex-líbris do Pecado, e odeio tudo o que não Me é por Me rirem o Eu!" (...), estará Almada a proclamar "o Culto da Pederastia e do Pecado"? Este é um excelente exemplo da escrita demencial de Fátima Inácio Gomes, nesta entrada do Dicionário de Fernando Pessoa consagrada à... sexualidade. Um chorrilho de patetices, que Almada, se fosse vivo, vergastaria sem dó, nem piedade. Vou ter que rever, um a um, todos os poemas que já escrevi, antes que uma Fátima qualquer neles descortine vestígios de pederastia. Ou de "horror ao sexo"...

cenadoodio08aa.jpg
(...)
José de Almada Negreiros, Poemas

novembro 30, 2008

Notas (triviais) de leitura de um dicionário... (1)

heter08aaa1.jpg
(...)
Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português

Primeira desilusão. São oito páginas e três entradas consagradas à heteronímia pessoana. Não encontro nelas respostas para perguntas muito simples. Existirá um inventário, ao menos cronológico, dos heterónimos pessoanos? Afora os mais conhecidos (Alberto Caeiro, Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alexander Search, Bernardo Soares, António Mora, Thomas Crosse), que outros nomes nos legou Pessoa? Em que circunstâncias os criou? E que vida e obra lhes concedeu, se não são apenas nomes?...
Crê-se que Fernando Pessoa terá inventado mais de 70 outros nomes. Teresa Rita Lopes, por volta de 1990, terá contado exactamente 72. Quais?...
Eu julgava que este Dicionário me daria as respostas. Parece, afinal, que vou ter que as procurar noutro lado...

novembro 29, 2008

De como Maria de Lurdes Rodrigues, em três anos, conseguiu inverter a mitologia...

agres08aaa1.jpg
agres08bbb.jpg
Correio da Manhã, 29.11.2008

Artemisa já não castiga cruelmente, como outrora, quem lhe falte ao respeito: leva, simplesmente, porrada. Este país, com esta ministra da educação, não é para professores...

artemis08aa.jpg
(...)
Jean Chevalier&Alain Gheerbrant, Dicionário dos Símbolos


novembro 28, 2008

Tinha saudades de folhear lentamente um livro como este...

diciofp08.jpg

Comprei-o hoje. Espero não desiludir-me...


novembro 25, 2008

Tempos difíceis para Francisco Pinto Balsemão, o Expresso, a SIC e o mais que couber na enxurrada do BPP...

bpp08ddd44.jpg
Público, 25.11.2008

A minha expectativa é a de Francisco Pinto Balsemão, o maior accionista singular (com 6,02%) do Banco Privado Português: "Veremos quem cai, quem fica de pé e quem se transforma". João Rendeiro acaba de lançar um livro em que conta como... venceu nos mercados...

rendei08aaa.jpg


novembro 15, 2008

Há muito tempo que não via, numa sala de cinema, um filme tão pretensioso e tão detestável...

cegueir08aaaa.jpg
cegueira08bb.jpg

cegueir08fff.jpg
(...)
cegueir08fffff.jpg

cegueir08ggg.jpg
(...)
cegueir08eee.jpg
Expresso-Actual, 15.11.2008

Ver o que mais ninguém consegue ver... pode ser, ainda, uma forma de cegueira...
Blindness (não confundir com Ensaio sobre a Cegueira, de Saramago) parece uma prova de aptidão profissional (falhada) de um cineasta estagiário... Este Meirelles não se recomenda...


novembro 03, 2008

Um verdadeiro carácter diplomático...

aristi08bbb.jpg

arist08aaa.jpg
Expresso-Actual, 01.11.2008

Há expressões e apreciações que dizem tudo sobre o carácter de um...

outubro 27, 2008

Uma espécie de onanismo paroquial...

jud08cccccc.jpg
jud08ddd.jpg
judi08aaa.jpg
judi08aaaaa.jpg
Público, 26.10.2008

Júdice é cronista do Público. Júdice reuniu em livro algumas das crónicas que publicou no Público. Que faz o Público? Numa parceria com a Rádio Renascença e a RTP2, entrevista o autor, por sinal, seu colaborador. E Júdice, como é habitual, diz coisas extraordinárias, que nunca escreveu nem escreveria nas crónicas.
Isto é o melhor da paróquia...

outubro 26, 2008

Por que não oferecem o livro às criancinhas com o Magalhães?!...

olivro08aaa.jpg
olivro08bbb.jpg
Público, 26.10.2008

A paróquia anda muito excitada com o novo Sopro literário do moço. Isto ainda vai acabar em orgasmo colectivo...

outubro 24, 2008

Calma, leitores! Ainda que possa parecer, o que ides ler não é a introdução da novela que roubaram a Miguel Sousa Tavares!...

aaa08aaa.jpg

aaa08ggg.jpg

aaa08bbb.jpg
aaa08ccc.jpg
aaa08ddd.jpg

(...)

A sabedoria ao alcance de todos: do livre-câmbio à troca de casais...

sw08ggg.jpg

sw08ccc.jpg

sw08ddd.jpg

sw08fff.jpg

sw08aaa.jpg

A cada um... o seu fado canalha...

saga1a.jpg

saga2a.jpg

saga3a.jpg

saga4a.jpg

Inimigo Público, 24.10.2008

O exibicionismo convida sempre à ironia e ao sarcasmo...

outubro 22, 2008

E assim fez deus a Mulher, para auxiliar adequadamente o homem...

mul08aa.jpg
mul08bbb.jpg

Antigo Testamento, Génesis

O novo Mercador de Veneza...

apelo08mst.jpg
24horas, 22.10.2998

Manchete no 24horas, uma página inteira no Público. Não sei se conseguirei dormir nas próximas noites...

outubro 21, 2008

Miguel Sousa Tavares na esteira de Luís Vaz de Camões...

miguelt08aaa.jpg
24horas, 21.10.2008

outubro 19, 2008

Os dois maiores feitos atribuíveis a portugueses no ano da graça de 2008: a espectacular gravidez de Fátima Lopes e o extraordinário primeiro livro de versos de Paulo Teixeira Pinto!...

ptp08aaaaaa.jpg
Expresso-Única, 18.10.2008

Eu já não aguento mais: se não é a gravidez de Fátima Lopes, é o primeiro livro de versos de Paulo Teixeira Pinto. Abro um jornal, desfolho uma revista... e lá está um deles, senão os dois. Já cheguei a imaginar que a gravidez dela tivesse alguma correspondência com o livro dele...
Há dias, na FNAC, cruzei-me com LXXXI Um Poema Teorema (81=9x9). Comecei a folhear. Comecei a rir. Depois receei vomitar. Nenhuma editora publicaria aquilo, se o seu autor não fosse Paulo Teixeira Pinto... ex-membro do Governo de Cavaco, ex-presidente do BCP e ex-Opus Dei. Eu escrevia poemas assim quando tinha... 13/14 anos (já lá vão mais de 40). Depois cresci e deitei-os fora. Burrice a minha: seria hoje um poeta consagrado!...
Portugal é isto: um imenso cenário de sombras e de vaidades pacóvias. E de vigarices, incluindo "literárias", de toda a espécie...
Confesso: acho muito mais poética a gravidez de Fátima Lopes...

outubro 12, 2008

Vale tudo!...

val08aaa.jpg
val08bbb.jpg

val08ccc.jpg
Público, 11.10.2008

Das duas, uma: ou o livro foi combinado com Valentim e o autor está a mentir ou não foi... e o ex-assessor está a comportar-se, eticamente, como um escroque. Nuno Nogueira Santos não faz ideia do que seja ou possa ser o... sigilo profissional. Espero que ninguém mais lhe dê emprego como... assessor...

outubro 11, 2008

Um ex-banqueiro que venceu a crise de vocação pela poesia e pela paixão...

ptp08aa.jpg
24horas, 11.10.2008

ptp08bbb.jpg
ptp08ccc.jpg
ptp08ddd.jpg
Público, 10.10.2008

O Público, diário de referência, dedicava ontem, na página 14, uma coluna inteira à apresentação do primeiro livro de versos (calibrados) de Paulo Teixeira Pinto. Em quase 20 anos de existência do jornal, não me recordo de nada assim. Um ex-banqueiro é sempre um ex-banqueiro. Se Paulo Teixeira Pinto, em vez de um livro de versos, tivesse publicado um livro de receitas gastronómicas, o Público dedicar-lhe-ia, provavelmente, a primeira página. Critérios editoriais, está-se mesmo a ver...

outubro 01, 2008

Leya, sim, mas devagar!...

lei2008.jpg
Público, 01.10.2008

Pais do Amaral? Falta de material, falta de material!...

setembro 24, 2008

Solferino e a felicidade tão perto!...

solfer0009a.jpg
Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira

solfrino008.jpg
Público, 24.09.2008

O Público anda há dias a promover a "sua" Enciclopédia do Estudante, "actualizada conforme o Programa Escolar Português do 7º ao 12º ano", seja lá isso o que for. E vai divulgando em página inteira perguntas a que os estudantes portugueses poderão passar a responder se tiverem ao alcance das mãos e dos olhos a dita Enciclopédia. Hoje, a pergunta (formulada, aliás, num português equívoco, atendendo ao tempo dos verbos) respeitava à batalha de Solferino. Confesso que chumbava. Corri à Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira para suprir a minha patética ignorância. Agora, sinto-me um sábio. Já sou capaz de papaguear uma resposta e de fazer um brilharete no Trivial Pursuit.. O conhecimento deve ser isso...

Nota quase de rodapé
E diz a Ana Saraiva a partir de Paris, depois de ler o que escrevi antes: "Solférino é a estação de metro onde me apeei pelo fim da tarde. Solfejo, sol ferrinho, soledad cantada!"

setembro 21, 2008

Fala quem pode: dois ou três meses, no máximo!...

q008yy.jpg
qu008uu.jpg
24horas, 21.09.2008

Eu estou sempre a aprender com o Dr. Quintino, o celebrado autor de "O Amor é uma Carta Fechada - 10 regras a cumprir para alcançar a felicidade no amor". Espero vê-lo em breve à frente de uma Câmara Municipal. Seria, pelo menos, um candidato imbatível...

amor99.jpg
24horas, 21.09.2008

setembro 20, 2008

Um país refém de um grupo editorial...

leya08a.jpg
Correio da Manhã, 20.09.2008

Professores já avisaram que vão passar a marcar faltas, presumo, que de "material". A quem? A Pais do Amaral, o dono da Leya? A causa dos professores deveria ser outra: acabar de vez com os manuais de adopção obrigatória. E libertar as escolas, os alunos e as famílias do sequestro das editoras escolares...

setembro 12, 2008

Espero que conte também até que idade fez xixi ou chichi na cama!...

ermiddd.jpg
Sábado, 11.09.2008

Este também não devia falhar o novo concurso de Teresa Guilherme...

setembro 09, 2008

A moral democrática de qualquer sistema financeiro: 90% de endividados a pagarem para os restantes 10...

michaelh.jpg

10%? Tantos?...


setembro 07, 2008

Querelle: "Each man kills the thing he love"...

querel1.jpg

querel2.jpg

É o filme póstumo de Rainer-Werner Fassbinder (1945-1982) e talvez a sua obra mais controversa, pela homossexualidade despojada e agressiva e por toda a transgressão que o atravessam. Sobre uma novela de Jean Genet, Fassbinder faz um filme absolutamente deslumbrante, em que as personagens, a narração, os diálogos, as luzes, os planos, as sequências e a música constroem algo muito próximo da perfeição. Revi-o a noite passada e voltei a maravilhar-me. A filmografia de Fassbinder tem outras obras exemplares, como aquelas, por exemplo, que integram a caixa que está à venda em Portugal e que reproduzo em baixo. Mas Querelle é uma síntese do melhor de Fassbinder e uma espécie de cofre mitológico. A humanidade também se distingue por ser capaz de produzir estas grandezas...

fassb2b.jpg
fassb82.jpg

agosto 25, 2008

António Martinho Baptista: um amigo, um blogue...

amb08.jpg

Este é António Martinho Baptista, pré-historiador de arte, um dos portugueses mais ilustres e mais cultos que eu conheço. A descoberta das gravuras do Côa levou-o para longe de Braga, onde, durante muitos anos, mantivemos um convívio intenso. Foi ele que me introduziu aos mistérios e à poesia da arte pré-histórica. Digo mistérios, porque ele via o que os meus olhos não alcançavam. E os dedos das suas mãos pareciam despertar uma espécie de erotismo elementar nas pedras mais antigas e silenciosas. E eu ficava sempre fascinado a vê-lo e a ouvi-lo. O António era, para mim, uma espécie de feiticeiro: ele lia nas rochas poemas com milhares de anos, como se recentemente tivessem sido publicados em livro e numa língua que todos pudessem e devessem entender...
Dedicou os últimos anos ao estudo e à divulgação das gravuras do Côa. Não conheço, em Portugal, quem estivesse mais bem preparado e motivado para o fazer. Uma pequena parte do seu trabalho está reflectido no blogue DA FINITUDE DO TEMPO. Quem quiser saber mais deste meu Amigo... visite-o!


agosto 24, 2008

Um testemunho de facto impressionante: "Artur, vai pró caralho! Vai para a puta que te pariu. Eu não te admito uma coisa destas. Vai falar com o caralho. Comigo nunca mais falas."

oct44.jpg

oct67.jpg
oct69.jpg
oct77.jpg
Expresso-Única, 22.08.2008

O Expresso antecipa a publicação de alguns excertos do livro desse grande escritor chamado Octávio Machado (uma espécie de Carolina Salgado, antes da depilação). Pela amostra, o livrinho não passa de um vomitório de insinuações mais ou menos canalhas e de impropérios. E assim vai o Expresso, que já foi um semanário de referência, competindo com os tablóides e resvalando para a sarjeta...


agosto 14, 2008

De cedência em cedência... até ajoelharmos...

momeeem.jpg
Sábado, 14.08.2008

Foi ontem a enterrar, na Cisjordânia, o grande poeta da Palestina: Mahmoud Darwish...

darw21.jpg

darw45.jpg

Mahmoud Darwish (1941-2008)

(poema reproduzido de "Rosa do Mundo - 2001 Poemas para o Futuro")

agosto 08, 2008

Uma página de José Rodrigues Miguéis...

jrmigueis11.jpg

ONDE A NOITE SE ACABA (1946), O Chapelinho Amarelo

agosto 07, 2008

Livros que se vendiam em Portugal há mais de cem anos...

liv67.jpg
Ilustração Portugueza, 04.06.1906

agosto 06, 2008

Os livros que, em férias, eu já estou a ler, apaixonadamente!...

livros99.jpg
livros98.jpg
(...)
livros97.jpg
(...)
Expresso, 02.08.2008

agosto 05, 2008

Já tenho título para o próximo livro de poesia...

t21.jpg
t22.jpg

Mas haverá mesmo alguma editora interessada em publicar... mil poemas pelo preço de um?...

agosto 03, 2008

Um computador, um livro, um autocolante, prémios para os melhores alunos: qualquer dia, todas as crianças do planeta hão-de querer ser portuguesas!...

magal33.jpg
maga67.jpg
Público, 03.08.2008

Juro que não sei que 2009 será ano de eleições!...

julho 27, 2008

Por que não escrevem também um livro?!...

jn2008.jpg
JN, 27.07.2008

Estes polícias do Entroncamento que se deixaram cercar, desarmar e espancar pelo gangue que perseguiam... têm toda a minha simpatia e solidariedade (eu tive sempre um fraquinho pelos anti-heróis). Se eles quiserem, até os ajudo a escrever um livro...

Abaixo os franceses! ou... as férias com que sempre sonhei...

e56.jpg
349.jpg

(...)
e51.jpg
Expresso, 26.07.2008

julho 24, 2008

Para que não digais que nunca me esqueço da lista de compras...

lista55.jpg
lista44.jpg

João Habitualmente, Notícias do Pensamento Desconexo

julho 23, 2008

Para que não me (mal) julgueis cosmopolita...

mus33.jpg

João Habitualmente, Notícias do Pensamento Desconexo

Para que não possais dizer que nunca morrerei...

funerrr.jpg

João Habitualmente, Notícias do Pensamento Desconexo

Para que não digais que nunca falei de fadas...

fadas21.jpg
fadas22.jpg

João Habitualmente, Notícias do Pensamento Desconexo

julho 20, 2008

Uma boa imprensa (nem que seja a dizer mal) ajuda sempre...

alforreca44.jpg
alforreca33.jpg
Pública, 20.07.2008

MRP já percebeu uma coisa: o mérito e a qualidade literárias não vendem. Por isso, vende-se a ela própria o mais que pode. Quatro páginas na Pública, mesmo sem capa, são um bom negócio. A reportagem exemplifica até à náusea a vacuidade da autora e a superficialidade da mulher. Que importa? Com alguma promoção, tudo se vende...
E MRP, justiça lhe seja feita, sabe vender-se...

julho 19, 2008

O quinhão de verdade a que todos temos direito...

biog22.jpg
Expresso, 19.07.2008

Eis um triângulo perfeito, quase uma divina ménage à trois: Jardim Gonçalves, Zita Seabra e Luís Osório. O incenso, como sabeis, é um poderoso afrodisíaco...

julho 17, 2008

Quem vem lá?!...

calmaa.jpg
Disney, Branca de Neve e os Sete Anões

As infantilidades do Público...

pedregulho.jpg
Público, 17.07.2008

De vez em quando, o Público parece-me feito por... estagiários. Esta "citação" de Nuno Álvares Pereira, apresentado ridiculamente como "general", não passa de uma brincadeira. Toda a gente sabe (pelo menos, a gente que tem a obrigação de saber) que NAP não deixou obra publicada, nem é citável nestes termos. O que se "sabe" sobre ele é o que dois autores escreveram sobre ele: Fernão Lopes, na Crónica de D.João I, e, muito especialmente, o "anónimo", a quem ficámos a dever a Crónica do Condestabre. Oliveira Martins, que esceveu a obra mais interessante sobre Nuno Álvares Pereira, socorreu-se das duas referidas crónicas quatrocentistas.
Serve isto para dizer que Nuno Álvares Pereira não disse, nem escreveu o que o Público, hoje, lhe atribui. Não tive tempo para confirmar, mas a frase... ou é uma invenção de Fernão Lopes, ou do autor da Crónica do Condestabre. O Público esqueceu-se de identificar a fonte e o putativo narrador...

nap45.jpg

nap33.jpg

nap55.jpg
napleggg.jpg
Dicionário de História de Portugal, V

julho 15, 2008

"Somos todos uma cambada de autistas"...

aut43.jpg
aut44.jpg
JN, 13.07.2008

Um dia, uma amiga muito querida perguntou-me: "achas que sou autista"?...
A pergunta não era retórica. A minha amiga tinha consciência de que, em diversas circunstâncias, se comportava como se fosse, efectivamente, portadora de alguma espécie de autismo...
Frequentemente, parecia alhear-se de tudo e de todos. Era capaz, por isso, de se concentrar, durante horas, dias, na realização de uma tarefa muito precisa que a ocupasse absolutamente por inteiro, com quase prejuízo de tudo o mais. Por vezes, parecia mesmo incapaz de comunicar e era quase inútil, nesses períodos, tentar arrancar-lhe uma palavra ou um gesto dialogante. Muitas vezes, as suas reacções eram... imprevisíveis e desconcertantes.
A diferença (a invulgaridade) sempre me atraiu. As pessoas comuns, banais... tendem a cansar-me muito depressa. Porque, simplesmente, se repetem, como se o universo fosse redutível a um único padrão de comportamento humano dominante. As pessoas qualitativamente diferentes tocam e soam noutra escala. E exigem-nos sempre, para que possamos entendê-las ou simplesmente percebê-las, o máximo aperfeiçoamento dos sentidos e uma argúcia superior.
A minha inteligência, valha ela o que valer, adora ser desafiada...


julho 13, 2008

A crítica da alforreca...

alfo4.jpg
alfor3.jpg
alfor6.jpg
Expresso-Actual, 12.07.2008

Margarida Rebelo Pinto é, literariamente falando, uma grosseria para pacóvios. Tentei ler um dos primeiros livrinhos dela e fiquei esclarecido. Parece que ainda vende, como vende Tony Carreira ou lá como se chama o cantor dito "popular". Como vende Fátima. Mas a mocinha escreve muito mal e narra pior. As personagens parecem sempre saídas de uma telenovela da TVI. É "literatura light", para analfabetos literários. Mas a mocinha fica bem nas vitrinas e o marketing faz o resto. Qualquer merda que ela publique... tem crítica no Expresso. A crítica até pode ser demolidora, mas... promove. E vende...
Dói-me ver as páginas do Expresso ocupadas com as alforrecas de produção desta mocinha. Um jornal que se respeite não pode descer tão baixo. Nem que seja para pôr a ridículo...

alfor9.jpg
Expresso-Actual, 12.07.2008


Um livro que lerei nas... férias...

donateresa.jpg
Notícias Sábado, 12.07.2008

Nasci a poucos metros da Sé de Braga, onde estará sepultada D.Teresa. Muitas vezes, em criança, espreitei o túmulo da... primeira rainha de Portugal. Na altura, ainda não sabia latim para decifrar o epitáfio que reproduzo em baixo, mas nunca deixei de me interrogar por que Afonso Henriques era sempre apresentado como o primeiro rei de Portugal... e não a mãe. E por que a data fundadora do estado português, finalmente "independente", tinha que ser associada à Conferência de Zamora (1143) e à circunstância trivial de um acordo de paz entre primos desavindos. Confesso que preferia que a História de Portugal tivesse, à cabeça, uma rainha e não um rei. E confesso também que partilho com Marsilio Cassoti um grande e antigo fascínio pela figura de D.Teresa, a rainha-mãe. A minha vizinha...

epit111.jpg
Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, Tomo 31

julho 11, 2008

Como já não tenho crédito para comprar um IPhone, satisfaço-me com os brindes eróticos do Correio da Manhã...

sexoAZ.jpg

Alicia Gallotti, a autora, não deve entender por que o seu nome não aparece na capa da versão portuguesa deste tão utilíssimo e divertido dicionário erótico...
Ao folheá-lo, e como sou Ademar, dei comigo a pensar que, para tirar completo proveito deste dicionário (SEXO de A a Z), precisaria de encontrar uma mulher com nome começado por Z. Ocorreu-me, porém, imediatamente um nome: Zita...
Fiquei bloqueado. Não, Zita não!...
Prefiro antes acariciar, em pensamento, o IPhone...


julho 06, 2008

Como os machos, coitados, penam diante do cronómetro!...

ejaccc.jpg
Notícias Sábado, 05.07.2008

Um minuto? Isto já só vai lá de cronómetro, manipulado e controlado, naturalmente, pela fêmea!...
59 segundos? Ela anota: "mais uma ejaculação precoce"...
E ele corre para o especialista. Perdão: para a especialista...
Ou relê Peter Handke...

hand33.jpg

julho 03, 2008

Quem leu certos livros nunca estranhará certas notícias...

vatt22.jpg

orlll.jpg
Sábado, 03.07.2008

julho 02, 2008

No estado em que se encontra, Portugal só podia mesmo ser... um país de meninos...

men111.jpg
José Sócrates, O Menino d'Oiro


men11.jpg
Pedro Santana Lopes, O Menino Guerreiro


Já depois de afixado o "post", um leitor mais atento alertou-me para uma hipotética troca de legendas. Vim confirmar e respirei de alívio: afinal, apenas trocara as fotografias. Fica assim: ninguém mais há-de notar...

junho 26, 2008

Uma dupla de Pintos que promete...

dupp.jpg
Sábado, 26.06.2008

junho 25, 2008

Não estranheis, nos próximos tempos, o aparente relaxamento dos leitores do Correio da Manhã...

mastcapa.jpg

mast22.jpg

mast33.jpg


Ontem, recebi de brinde com o Correio da Manhã (gentileza da Cofina) esta científica e utilíssima publicação intitulada "Jogos Eróticos e Sexo", de Elena Cervantes. Por sinal, eu já folheara, algures na Andaluzia, a edição original, em castelhano, desta obra. Chegou agora a Portugal e fará, certamente, a felicidade (discreta) de muita gente. E os glúteos das leitoras do Correio da Manhã, assim como os prepúcios deles, agradecerão...

junho 21, 2008

A maldição de um adjectivo...

edurommm.jpg


Quando, em 2000, organizei e prefaciei este livro (que reunia 40 artigos e crónicas de Rubem Alves, originariamente publicados no Brasil), propus ao autor um título provocatório: "Por uma Educação Romântica - Brevíssimos Exercícios de Imortalidade". O Rubem achou graça e deu o seu aval. E a edição portuguesa lá saiu com esse título.
Dois anos depois, a editora brasileira Papirus decidiu retomar a obra e lançá-la também no Brasil. O título foi abreviado e ficou só "Por uma Educação Romântica".
Estávamos longe de imaginar, eu e o Rubem, que o adjectivo iria pegar de estaca em Portugal para qualificar a pedagogia, essa arte suspeita de ser, com o chamado eduquês, a causa de todos os males do mundo. Nos últimos anos, tornou-se mesmo moda em Portugal abjurar a pedagogia, adjectivando-a de "romântica" para acentuar ainda mais a sua perversa e anquilosada... imprestabilidade.
Hoje, os alunos e os educandos em geral já não precisariam mais de pedagogos, mas de ensinadores ou técnicos de ensino, transmissores de conhecimento. E, independentemente das capacidades e dos ritmos de aprendizagem de cada um, independentemente dos conteúdos, dos contextos relacionais e dos métodos utilizados, eles aprenderiam.
Claro que os professores e os educadores com experiência pedagógica sabem que não é assim. Mas que importa isso, se alguns fazedores de opinião e treinadores de bancada já decretaram a morte ou a inutilidade da pedagogia?!...
Cumpra-se então o decreto, a bem da Nação!...


contracapa.jpg

junho 19, 2008

Viva o Dantas, viva! Pum!...

judant22.jpg
Ilustração, 16.08.1934

junho 18, 2008

O livro que emprestarei a Cristiano Ronaldo...

domina.jpg

junho 17, 2008

Um romancista promissor...

nem10.jpg
nem44.jpg
nem46.jpg
Ilustração, 01.12.2007

junho 15, 2008

O Quarto Pastorinho de Fátima desvenda aos saloios, em directo, o seu Segredo...

ns10.jpg
NS, 14.06.2008

booooob.jpg
24horas, 14.06.2008


junho 14, 2008

A eterna sedução do conto do vigário...

segred.jpg
Sábado, 11.06.2008

Já pensei em escrever um livro de auto-ajuda. Mentalmente, até, já está escrito. Até já tenho, para ele, um título em carteira:

aauto.jpg

Seria (posso garantir-vos) um... best-seller. Alguém quererá editá-lo?...

junho 13, 2008

Pela pátria e por penhor da raça, eles fazem tudo!...

CONDEEE.jpg
tirarrrr.jpg
Correio da Manhã, 13.06.2008

Ele faz de conta, perdão, de conde, enquanto ela diz que tira a roupinha, não se sabe bem para quê. Cheira-me a vertigem de coador...

junho 11, 2008

Uma biografia muito prematura...

jss.jpg
Sábado, 11.06.2008

A Sábado antecipa hoje aquela que será a primeira biografia em livro de José Sócrates, da autoria de Eduarda Maio. Não tenho nada contra a jornalista biógrafa, mas... que mais nos irá acontecer?...

Disparates imperdoáveis...

barr20.jpg

Os Anos de Salazar é uma obra interessante, graficamente bem cuidada, mas... cheia de disparates. Hoje, abri ao acaso o 16º volume e esbarrei logo com este: a Barragem de Vilarinho da Furna (assim se designava, no singular, a aldeia que Jorge Dias estudou e a água submergiu) não fica localizada (como o mapa sugere) no rio Lima, mas no rio Homem e próxima da fronteira da Portela. Aliás, a Barragem de Vilarinho da Furna, ao contrário do que indicia a legenda, não aparece sequer assinalada no mapa. Estas grosseiras incorrecções dizem muito, infelizmente, sobre o rigor da obra...

barra10.jpg
barra15.jpg

maio 07, 2008

A Joaninha que voltou, para mim, a voar...

Ando a comprar poucos livros. O universo é finito e quase tudo já foi escrito. Compro ainda poesia e alguma história. O mais aborrece-me. Começo mesmo a entrar no ciclo de ir oferecendo simplesmente muitos dos livros que, desde a adolescência, fui, inutilmente, acumulando. De vez em quando, empresto um ou outro aos meus alunos, na esperança de que leiam e na expectativa (inconfessável) de que não devolvam. A minha casa é um dormitório de literatura: já não cabe na cama mais ninguém...
De vez em quando, porém, não resisto a comprar ainda mais um livro. Como este.

capaj.jpg

Tive a sorte de ser educado até aos onze anos (idade que eu tinha quando ela se casou) por uma prima mais velha, que os meus pais tinham adoptado como filha precoce ou irmã mais nova (nunca cheguei a perceber). Como ambos já morreram, posso agora escrever isto, sem temer magoá-los. Era a Bela e não a minha mãe que me contava estórias. Era a Bela e não a minha mãe que me fazia festinhas e me abraçava. Era a Bela e não a minha mãe que me protegia dos pesadelos, diurnos e nocturnos. Era a Bela e não a minha mãe que aconchegava a minha cabeça ao travesseiro da cama e me dava um beijo para adormecer. Era a Bela e não a minha mãe que cantava e ria para mim. A Bela foi, afectivamente, a mãe que eu não cheguei a ter...
A Bela sabia muitas lengalengas que partilhava, quase em segredo, comigo. Uma delas, que nunca mais esqueci, era esta:

Joaninha voa voa
Que o teu pai está em Lisboa
A tua mãe no Moinho
A comer pão com toucinho

Joaninha voa voa
Que o teu pai está em Lisboa
Com um rabinho de sardinha
Para comer, que mais não tinha

Uma lengalenga não se entende: ouve-se e repete-se, como numa espécie de ritual mágico. Há jogos de palavras que não são para entender, mas para jogar, simplesmente. E eu jogava: aprendi com a Bela a jogar com as palavras. E voava com a Joaninha para Lisboa, sem saber que Lisboa não existia...
Eis por que o título deste livro de Ana Cristina Leonardo, jornalista do Expresso, me cativou tanto. A Joaninha da minha infância também não queria ser gente e, muito menos, voar em direcção ao pai que estava em Lisboa. Fiz com a Joaninha do livro o percurso inverso...

joani.jpg

Mais uma sugestão de leitura...

lauratt.jpg

laurapp2.jpg
laurapp3.jpg
laurapp4.jpg
Público, 07.05.2008

Publicado o segundo volume do Diário, é hora, Laura, de terminares o Ensaio sobre a Eutanásia, antes que certas propostas legislativas, talvez precipitadas, avancem!...

maio 05, 2008

Eu também gostaria de acreditar...

lfs22.jpg
Público, 05.05.2008

É assim, desta forma tão comovedora, que termina o depoimento da Laura na edição de hoje do Público. As pessoas melhores inventam sempre os melhores deuses...

A ler, hoje, no Público...

lfs12.jpg
Público, 05.05.2008

Não é por ser a minha irmã, mas por ser a Laura: a autora deste incrível Diário. Quando acabei de ler as palavras recolhidas por António Marujo (disponíveis aqui), enxuguei os olhos molhados...

abril 30, 2008

Duas imagens com endereço...

franebaix.jpg

Janeiro de 1995. Aveleda. O Francisco e o Baixinho. O Francisco tem hoje 15 anos. O Baixinho teria um pouco mais, se ainda existisse. Não sei se a Laura conhece esta fotografia. Se o Segundo Volume do Diário fosse ilustrado, esta imagem teria de lá estar. Em vários momentos. Há Diários que têm mais vida dentro do que a maior parte dos romances...

fran12.jpg

Julho de 1995. Aveleda. Ainda o Francisco. À direita, estava a Laura, que não aparece na fotografia. A memória extravasa sempre o olhar...


março 27, 2008

Cinco fotografias para a Laura, em dia de aniversário...

Esta é a forma mais simples de, publicamente, te dar hoje os parabéns... Presumo que não vias, há muito, estas fotografias. Podia ter escolhido outras: escolhi estas. Não saberia dizer porquê. Talvez tu saibas. Tens sempre uma explicação racional para tudo...

laume1.jpg
Esta fotografia, tirada na Póvoa de Varzim, está datada pelo punho do nosso pai: 23.07.1961. Muitas vezes foi assim nas nossas vidas: eu sorria, enquanto tu choravas. Os cancros que te visitaram (eu sei e tu sabes) são lágrimas que erraram a alma...

laume2.jpg
No segundo volume do Diário escreves sobre o Baixinho. Este, no teu colo de adolescente, é o Tzara, um cão surrealista. Ao fundo, uma ponte centenária que já não existe. Sobre ela, como atestam outras fotografias, tinham namorado os nossos pais. À distância, como na época se impunha. A mesma distância, aliás, a que sempre nos guardaram...

laume5.jpg

Eu tenho o hábito de não datar as fotografias que faço, como se, afinal, aspirasse a que o tempo não entrasse por elas. Este é um pormenor de uma fotografia tirada pouco antes do 25 de Abril, num estádio que ainda se chamava 28 de Maio. Um ano depois, derrubada a ditadura, passaria a... 1º de Maio. Lembras-te das palavras cínicas e sábias de Tomasi di Lampedusa? É preciso que alguma coisa mude para que tudo fique na mesma...

laume4.jpg

Diante desta mesma coluna, na Aveleda, posaram quase todos, os velhos e os novos (como na sequência final de um filme de espectros). Como diante do espigueiro, que aliás já não existe. A eternidade das coisas não está em nós, mas nelas próprias. Esta fotografia sobreviver-nos-á...

laume6.jpg

Este é o "menino" a que te diriges, comovedoramente, no segundo volume do Diário. A fotografia é de Agosto de 1993: tinha então o Francisco 7 meses. Passaram 15 anos. As partituras voam agora sobre o piano...

março 23, 2008

Alguns livros e uma revista não recomendáveis a professores especialmente sensíveis ao... eduquês...

neill18.jpg

neill17.jpg

neill16.jpg

neill14.jpg

neill24.jpg

neill12.jpg

Alguns livros não recomendáveis a professores especialmente sensíveis ao... eduquês...

neill9.jpg

neill11.jpg

neill8.jpg

neill5.jpg

neill4.jpg

neill3.jpg

neill2.jpg

neill.jpg

março 13, 2008

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (explicação talvez desnecessária)...

diario2.jpg

A Laura é a minha (única) irmã. Quase sete anos mais nova do que eu. Ainda me lembro do dia em que ela nasceu. Foi um dia de festa lá em casa, porque nesse dia pude brincar com os meus primos mais chegados no quintal, enquanto a minha mãe, ajudada pela irmã Ramona e pela parteira, dava pela segunda vez à luz... a primeira menina da família, que herdaria o seu nome: Laura.
Somos iguais e diferentes em tudo. Iguais, na compulsão interior com que vivemos e nos amarramos desesperadamente à vida, através das palavras e da música. Iguais, na impaciência com que enfrentamos a estupidez e a canalhice. Diferentes, no modo como lidamos com a memória que nos projecta no espelho de nós. Diferentes, também, na exigência com que cuidamos do que somos.
Ela não sabe, mas eu sempre a admirei. E se, como ela, eu acreditasse num deus qualquer, agradecer-lhe-ia a generosidade de me ter presenteado com uma irmã assim.
Hoje, recebi das suas mãos um exemplar do volume segundo do Diário, que amanhã será lançado em Coimbra (e, depois, em Braga e em Lisboa). Não é um livro que eu consiga ler de fio a pavio, como um romance policiário. É um livro que me dói, porque me toca. Os excertos que partilhei convosco são estilhaços de uma vida que também me pertence e questiona. A mãe de cuja doença e morte ela fala... é a minha mãe. O pai e o avô e a prima que ela invoca... também são meus. L. é o meu cunhado. AV., o nosso primo. O menino a que ela se dirige... meu filho. E o Baixinho... correu também muitas vezes atrás de mim...
Entendereis que tenha deixado de fora as referências à universidade, à investigação académica, à igreja católica e às religiões, ao feminismo. Apenas vos digo (e peço desculpa por poder parecer suspeito) que é uma obra de leitura viciante, como se publicam poucas em Portugal. Lede, se quiserdes, e vereis...

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (8)

lau20.jpg
lau21.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (7)

laura9.jpg
lau12.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (6)

lau9.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (5)

lau5.jpg
lau6.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (4)

lau4.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (3)

lau8.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (2)

lau2.jpg
Laura Ferreira dos Santos, Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença II

Excertos do Segundo Volume do Diário da Laura... (1)

diario3.jpg
lau1.jpg

março 05, 2008

Segundo Volume do "Diário de uma Mulher Católica a Caminho da Descrença"...

laurafs1.jpg

O lançamento, em Braga, de mais um livro da minha irmã. Ainda não é o tão esperado e desejado ensaio sobre a eutanásia. Por ora, é apenas o Segundo Volume, do Diário.
Depois de Coimbra (14) e Lisboa (provavelmente, 15), seguir-se-á a apresentação em Braga. Lá estarei, para ouvir também Frederico Lourenço.
Parabéns, mana!...

fevereiro 17, 2008

Um rasgão na capa de um romance delicado...

moderato.jpg

Foi o primeiro romance que li de Marguerite Duras. Há muito que não sabia do paradeiro do livro. Descobri-o hoje, ocasionalmente, escondido entre outros livros de maior porte. Folheei-o lentamente, como um romance tão delicado merece ser folheado. Naquele tempo, escreve Marguerite algures, as pessoas tinham tempo. E mesmo nas cidades pequenas acontecia sempre qualquer coisa. Agora, não. Agora o tempo parece voar, entre nada e coisa nenhuma. Como se a vida tivesse entretanto adquirido dimensões que anteriormente desconhecia. Ilusões de óptica...

fevereiro 13, 2008

fern1tr.jpg

Capas (deliciosas) de dois livros de Santos Fernando, um autor hoje quase completamente esquecido no país em que nasceu e que tão mal o tratou. Os Cotovelos de Vénus (1963) e Tempo de Roubar (1964) mereciam ser reeditados. Fica aqui a sugestão...

fevereiro 07, 2008

Em vez de uma espingarda, livros...

aspa.jpg

Esta obra foi editada há 30 anos, pela ASPA. Deveria ser reeditada e colocada à venda em S.Frutuoso. Para que os visitantes, se quiserem, possam ficar a saber um pouco mais sobre aquele monumento nacional, que parece completamente abandonado e esquecido...
De resto, literatura sobre S.Frutuoso não falta
...

janeiro 29, 2008

3b.jpg
Diário do Minho, 29.01.2008

Três livros, três cargos. Melo serve a Deus com três livros, num mútiplo orgasmo editorial. Lino serve a Pátria com três cargos: na administração de dois hospitais públicos (Braga e Barcelos) e na regência de uma disciplina, na UM. Este é o Portugal que mexe, que cria, que se desdobra e que espanta.
Melo, para além de escrever e publicar em catadupa, ainda zela pela preservação das boas práticas futebolísticas, no Sporting Clube de Braga.
Lino, para além de assegurar a sobrevivência de dois hospitais e uma universidade, ainda carrega o fardo de ser irmão do eterno presidente da Câmara de Braga, Francisco Mesquita Machado.
Esta gente, definitivamente, não vê Braga por um canudo...

outubro 20, 2007

A compita (ou a compota) entre Miguel Sousa Tavares e José Rodrigues dos Santos...

capas.jpg
Notícias Sábado, 20.10.2007

Em três dias, Sábado, Visão, Única, Notícias Sábado, 4 capas pelo menos. Repito: quem tem boa imprensa (e, ademais, pertence à agremiação)... vende. Escreva o que escrever. Com as mãos ou com os pés...

abril 23, 2007

Livros (corrigenda)...

tratadof.jpg

Afinal, estava enganado... Este Tratado deve ser o livro mais antigo, digo, mais idoso, da minha caótica biblioteca. É de 1686... Mas confesso que não me excita tanto como "A Religiosa em Solidão"...

Livros...

arelig.jpg

Não sendo propriamente um bibliófilo, nem um coleccionador de raridades bibliográficas, adoro livros com pátina (geralmente escreve-se "patine", à francesa). Este, "A Religiosa em Solidão", editado em 1746, será provavelmente o livro mais antigo da minha biblioteca. Já não sei quanto paguei por ele, mas livros destes não têm preço. Acresce que "A Religiosa em Solidão" é, no género, uma obra prima. Poucas leituras me têm divertido tanto...