« 2009: O ANO DARWIN | Entrada | O Beagle Avista Portugal »

janeiro 02, 2009

"Creation"

O ano começa com uma excelente notícia, vem ai em 2009 “Creation”, uma grande produção sobre a vida de Charles Darwin. O filme tem como ponto de partida o livro “Annie’s Box” de Randal Keynes. Keynes trata dos conflitos provocados pelas idéias revolucionárias de Darwin no seio da sua própria família, especialmente com sua mulher, Emma, detentora de fortes convicções religiosas. Keynes é um descendente directo de Darwin (bem como de outro génio, o economista John Maynard Keynes), e sua obra apresenta uma visão muito pessoal. O título do livro refere-se a uma caixa que Keynes encontrou com vários objetos de uma das filhas de Darwin, Annie, inclusive uma mecha dos seus cabelos e o mapa da sua campa. A morte precoce de Annie, aos 10 anos, é considerado por muitos biógrafos o evento que mais profundamente abalou a fé cristã de Darwin.

Desde sua volta da viagem do Beagle em 1836, Darwin tinha já a certeza de que uma interpretação literal da Bíblia era incompatível com os factos não só da biologia, mas também da geologia. Mas nada disto impugnava a sua crença na benevolência divina, ainda que esta agisse por meio de Leis Naturais, e não pela intervenção directa e constante por via de milagres. Era um deísmo científico comum na sua época, e mesmo antes- Newton reconhecê-lo-ai imediatamente.

Muitos argumentos justificam uma expectativa positiva para “Creation”, mais o mais forte deles é que o filme trará Jennifer Connely no papel da senhora Darwin. Sobretudo ela dá credibilidade ao dilema Darwiniano (“publish and be damned”). Qualquer um hesitaria em publicar qualquer coisa para não deixar esta senhora triste.

jennifer_connelly1.jpg

Ah, sim, parece que também há um gajo qualquer como Charles Darwin- antes conhecido como u, dos mais importante cientista dos últimos séculos, explorador, escritor, pai de muita Biologia, mas que doravante será mais frequentemente lembrado como o marido da Jennifer.

Publicado por tentilhão às janeiro 2, 2009 12:12 PM

Comentários

Comente




Recordar-me?